Em 9º mês seguido, BA perde 18.968 postos de trabalho em dezembro » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 11-08-2020 » Campeonato brasileiro | Clubes dividirão R$ 219 mi em contrato internacional 11-08-2020 » Disputa em SP | Datena tem que deixar TV e rádio hoje se quiser vice de Covas 11-08-2020 » O motoboy e o racista | Por que o racismo, além de tudo, é ruim para a economia? 11-08-2020 » R$ 59 mil | União terá que pagar Dallagnol por ofensas de Gilmar Mendes 11-08-2020 » Caso Luan | Grêmio cobra Corinthians por atraso e dívida em negócio 11-08-2020 » Direito ao esquecimento | É possível deletar o passado de alguém na mídia? 11-08-2020 » Sul-Americana | 'Melhor que Godín', brasileiro cogita se naturalizar uruguaio 11-08-2020 » Reviravolta em GO | Polícia descarta ação de padrasto em morte de criança de 7 anos 11-08-2020 » Morto em ação em SP | 'Estou destruída e querendo a morte', diz esposa grávida de PM 11-08-2020 » Márcia Kambeba | Sociedade é que tem que se integrar a indígenas, diz escritora 11-08-2020 » Após suspensão no Iphan | Blogueira assume cargo de coordenação na Funarte 11-08-2020 » Aposentadoria antecipada | Articulador político do governo, Ramos tira férias para se despedir do Exército 11-08-2020 » Deixou 220 mortos em Beirute | Presidente e premiê do Líbano foram alertados em julho sobre risco de explosão, mostra relatório 11-08-2020 » Pandemia pelo país | Com restrições, Porto Alegre flexibiliza hoje as atividades econômicas 11-08-2020 » Reforma Tributária | Arrecadação de CPMF não banca todas as promessas de Guedes 11-08-2020 » Nickollas sentiu a falta de jogos | Palmeiras devolve alegria ao garoto na pandemia e o ajuda nos estudos 11-08-2020 » Pandemia da covid-19 | Rússia registrou primeira vacina contra o coronavírus, afirma Putin 11-08-2020 » Universa | É preciso estar atento? Como negros podem cuidar da saúde mental quando há racismo por tudo? 11-08-2020 » Mov | 'Política não é só Lula e Bolsonaro', diz Fábio Porchat no 'Cá Entre Nós' 11-08-2020 » Carros | Territory encara rivais Compass e Equinox; veja qual é o melhor
Publicidade
22 de janeiro de 2016

Em 9º mês seguido, BA perde 18.968 postos de trabalho em dezembro

FOTO REDE ACONTECE

FOTO REDE ACONTECE

Os dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) nesta quinta-feira (21) mostram que a Bahia perdeu 18.968 postos de trabalho com carteira assinada no mês de dezembro de 2015. O saldo negativo é a diferença entre o total das admissões, que ficaram em 39.424, e o de desligamentos, 58.392. De acordo com a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), que fez a análise dos dados, com o saldo negativo, dezembro é o nono mês seguido de perda no emprego de carteira assinada. Em 2015, a perda foi de 75.286 postos de trabalho celetista, com 697.449 admissões e 772.735 desligamentos. Em dezembro de 2015, o saldo negativo foi registrado em sete de oito segmentos da economia, são eles construção civil (-5.561 postos), serviços (-4.534 postos), agropecuária (-4.235 empregos celetistas), indústria de transformação (-3.263 postos de trabalho), comércio (-1.439 postos), extrativa mineral (-105 postos), e serviços industriais de utilidade pública (-33 postos). Apenas o setor da administração pública (+202 postos) ampliou o contingente de trabalhadores com carteira assinada, informou a Sei.Se somado todo o ano passado, a construção civil (-34.249 postos) também apresentou recorde de saldo negativo, seguido dos setores do comércio (-9.566 postos), indústria de transformação (-8.133 postos), agropecuária, extração vegetal, caça e pesca (-3.110 postos), serviços industriais de utilidade pública (-935 postos) e extrativa mineral (-209 postos). Novamente, administração pública (+482 postos) apresentou saldo acumulado positivo. A Bahia ficou na nona posição na região nordeste e na 20ª posição no país em relação ao saldo de postos de trabalho. Todos os nove estados do nordeste tiveram saldo negativo, indica a Sei: Bahia (-18.968 postos), Pernambuco (-16.031 postos), Ceará (-10.120 postos), Maranhão (-7.324 postos), Paraíba (-4.487 postos), Rio Grande do Norte (-4.359 postos), Piauí (-3.252 postos), Sergipe (-2.250 postos) e Alagoas (-1.216 postos). Do total de 18.968 postos de trabalho negativo na Bahia, foram fechados 12.063 na região metropolitana e 6.905 cargos em outras regiões do interior baiano. Entre as cidades, Salvador foi a mais afetada (-5.780 postos), acompanhada de Juazeiro (-1.882 postos) e Feira de Santana (-1.111 postos). No entanto, três cidades se destacaram na geração de emprego formal: Porto Seguro (+583 postos), Dias D´Ávila (+457 postos) e Mata de São João (+428 postos). (G1)


Tags:
VOLTAR