Wagner é hostilizado em restaurante de Brasília com gritos ‘Fora, PT’ » Rede Acontece
Últimas
21-02-2019 » Audiência no Senado | Damares critica ativismo e rebate ministro do STF sobre questão de gênero 21-02-2019 » Desastre em Brumadinho (MG) | Bombeiros acham almoxarifado soterrado; há indícios de corpos 21-02-2019 » Texto entregue ao Congresso | Oposição tranca pauta na Câmara em protesto à reforma da Previdência 21-02-2019 » Marcelo Antônio, do Turismo | Ministro pede para STF suspender apuração de laranjas do PSL em MG 21-02-2019 » Tema em discussão no STF | Fachin defende criminalizar homofobia e aplicar Lei de Racismo 21-02-2019 » Crise no país vizinho | Nicolás Maduro manda fechar a fronteira da Venezuela com o Brasil 21-02-2019 » Impasse | Sem acerto, direção do Corinthians se irrita com postura de Romero 21-02-2019 » Novo smartphone | Confira sete novidades do Galaxy S10 da Samsung 21-02-2019 » Caso tríplex | Ministro do STF nega mais um pedido de liberdade a Lula 21-02-2019 » SUV 'acupêzado' | Renault Arkana é registrado no Brasil e deve sair até 2021 21-02-2019 » Impasse continua | Globo aceita exibir parceiros da Conmebol apenas na TV paga 21-02-2019 » Caso Daniel | Audiência tem risada de réu e acenos da família Brittes; advogado faz críticas 21-02-2019 » Em São Bernardo | Governo de SP diz que buscará comprador para fábrica da Ford 21-02-2019 » Antimusa do Carnaval | Lívia Andrade rejeita ser 'certinha': 'Empoderada? Minha vida me fez assim' 21-02-2019 » Mulheres em profissões 'invisíveis' | 'Se some algo, sempre suspeitam de quem faz a limpeza'; leia relatos 21-02-2019 » Buscas continuam em Brumadinho | 'Quanto mais tempo passa, mais difícil', diz bombeiro símbolo de MG
Publicidade
7 de março de 2016

Wagner é hostilizado em restaurante de Brasília com gritos ‘Fora, PT’

Foto: Urandi Acontece

Foto: Foto Acontece

O ex-governador da Bahia e ministro da Casa Civil, Jaques Wagner (PT), foi hostilizado nesse domingo (6) em um restaurante de Brasília, onde almoçava com a esposa Fátima Mendonça. No momento em que o ministro deixava o restaurante de comida japonesa uma mulher gritou na direção do petista: “Fora PT”. Outros clientes aderiram aos ataques e gritaram “Fora!”. O ministro, irritado, respondeu: “Seu mal­educado, fascista”. A discussão foi rápida. O ministro chegou a ensaiar uma volta, mas sua mulher o levou para fora do restaurante. Segundo jornal Folha de S. Paulo, o incidente foi um ato de intolerância. “É preciso ter educação democrática: conviver com as diferenças sem discriminar ou ofender gratuitamente”, apontou o petista. Em São Paulo, outros petistas já foram hostilizados, entre eles os ex­ministros Guido Mantega (Fazenda) e Alexandre Padilha (Saúde). Rui Falcão, presidente do PT, também já foi hostilizado em Brasília.


VOLTAR