5G vem aí e internet pode ficar 50 vezes mais rápida que no 4G » Rede Acontece
Últimas
19-04-2019 » Articulação no Congresso | Governo deve ter de 37 a 48 votos para aprovar Previdência na CCJ 19-04-2019 » Pagamentos por cartões | Cade investiga Itaú e Rede por nova política de taxas em máquinas de cartão 19-04-2019 » Censura no STF | Em decisão, Moraes cita argumentos de Mello sobre 'limitações' à liberdade 19-04-2019 » Pressionada pela Lava Jato | CCR decide pagar R$ 71 mi para demitir executivos e transformá-los em delatores 19-04-2019 » Criada há mais de uma década | A ascensão da Okaida, facção criminosa com 6.000 'soldados' na PB 19-04-2019 » Incêndio no monumento francês | Notre-Dame destruída: o antes e depois da famosa catedral 19-04-2019 » União de MCs faz a força | Gerações do rap nacional se trombam e viram "cypheiros" 19-04-2019 » Campeã do BBB 19 | Paula é indiciada pela Polícia Civil por intolerância religiosa 19-04-2019 » Relato de general | 'Sou comunista', disse Boechat ao saber de medalha no Exército 19-04-2019 » Quer ficar no Brasil | Médico cubano faz vaquinha para poder ir buscar seu diploma 19-04-2019 » Acidente em SP | Piloto morto era subestimado nas pistas por excesso de peso 19-04-2019 » Investimento pessoal | Por que você deve sair da poupança e ir para o Tesouro Direto 19-04-2019 » Presidente falou nas redes | Bolsonaro defende manter passaporte diplomático de Edir 19-04-2019 » Diesel e tabela do frete | Associações dizem que caminhoneiros estão 'insatisfeitos' e 'enfurecidos' 19-04-2019 » Direitos de transmissão | Globo aceita pagar R$ 100 mi em luvas, mas Palmeiras quer mais 19-04-2019 » Chefe de arbitragem da CBF | Gaciba: Novas regras do futebol entrarão em vigor desde o início do Brasileirão 18-04-2019 » Mônica Bergamo | Supremo autoriza entrevistas com ex-presidente Lula na prisão
Publicidade
INTERSORFT 100 MEGA
corretora de seguros
25 de junho de 2018

5G vem aí e internet pode ficar 50 vezes mais rápida que no 4G

Foto: Reprodução

Agora o mundo todo terá 5G, uma vez que os detalhes que faltavam para padronizar todas as redes foram liberados pelo consórcio global da indústria envolvida no desenvolvimento e comercialização de produtos de telefonia (3GPP). Segundo o Tech Tudo, as discussões já se arrastavam por 34 meses e o processo promete uma velocidade 50 vezes maior que a rede 4G, de até 5 Gb/s em condições ideais. Tais definições são consideradas como a última etapa no sistema de estruturação da tecnologia rumo à sua implementação comercial. Seu início nos Estados Unidos deve ocorrer ainda em 2018. A novidade no 5G complementa outra regra técnica da tecnologia divulgada pela 3GPP em dezembro de do ano passado. Previamente, o consórcio referia-se às especificações técnicas necessárias para que fabricantes criassem modens, dispositivos de transmissão e outros equipamentos.
A nova padronização coloca um fim no processo de desenvolvimento, pois determina as especificações finais das redes de quinta geração.

Assim como ocorreu na transição entre o 3G para o 4G, a expectativa é de que o 5G substitua o 4G de forma progressiva, convivendo com a tecnologia antiga por algum tempo. Isso quer dizer que não é somente a área de cobertura que será envolvida, mas também os dispositivos: os celulares, tablets e até notebooks com suporte a redes 5G serão compatíveis com padrões antigos.

No Brasil, as redes de quinta geração dependem de faixas de frequência de rádio. Tal qual aconteceu com o 4G e o 3G, é preciso que governos eventualmente desobstruam o espectro. A partir daí, as operadoras deverão investir para implementar a tecnologia no país.


Tags:
VOLTAR