A Bahia perdeu R$ 260 milhões com greve dos caminhoneiros, diz secretário da Fazenda » Rede Acontece
Últimas
17-11-2018 » Mensagem circulando nas redes é falsa | Não é verdade que cédulas de US$ 100 perderão o valor em 2019 17-11-2018 » Estilo agrada Bolsonaro | Brasil tem condições de adotar a política externa agressiva de Trump? 17-11-2018 » Caravana tenta entrar nos EUA | O dia em que 12 mil migrantes chegaram à Cidade do México 17-11-2018 » Resgate ainda não foi definido | Localização de submarino argentino deixa parentes de tripulantes 'chocados' 17-11-2018 » Fogo avança nos EUA | Incêndios na Califórnia deixam mais de 70 mortos e 1.000 desaparecidos 17-11-2018 » Mandou suspender pagamento | Decisão de Gilmar sobre planos econômicos é alvo de petições no STF 17-11-2018 » A partir de R$ 80 mil | Salão de SP: como é dormir no Mitsubishi L200 Motorhome? 17-11-2018 » Foco total | 36 aviões por hora: a rotina na torre de controle de Congonhas 17-11-2018 » Falou de Bolsonaro | Silvio não sabia da participação de Lula no Teleton 2008, diz SBT 17-11-2018 » Procurando emprego? | Currículo que funciona é enxuto, em tópicos e sem nenhum enfeite 17-11-2018 » Apresentador na ESPN | Luciano Amaral já foi "herói do Tetra" e pioneiro de eSports 17-11-2018 » Novo governo | Culto e 2 cerimônias: o que já se sabe sobre a posse de Bolsonaro 17-11-2018 » Programa fica sem cubanos | Será difícil repor 10 mil vagas, diz ex-chefe do Mais Médicos 17-11-2018 » Equipes fazem escoramento | Prefeitura de SP reduz risco de desabamento de viaduto que cedeu 17-11-2018 » Amistoso Brasil x Uruguai | Neymar repete com Cavani e Suárez afagos e rusgas da vida pessoal
Publicidade
20 de junho de 2018

A Bahia perdeu R$ 260 milhões com greve dos caminhoneiros, diz secretário da Fazenda

Foto Rede Acontece

A greve dos caminhoneiros provocou impacto de R$ 260 milhões na arrecadação do estado da Bahia, segundo anunciou o secretário da Fazenda, Manoel Vitório, nesta terça-feira (19). Ao apresentar o balanço fiscal do governo no primeiro quadrimestre, Vitório afirmou que as perdas com a arrecadação própria chegaram a R$ 210 milhões em função da paralisação. Além disso, o governo registrou R$ 50 milhões a menos em repasses da União em 2018, devido à renúncia da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) no diesel, já que parte da arrecadação com esse tributo federal é transferida para os estados. No total, o prejuízo chegou a R$ 260 milhões. “A economia já não vinha correspondendo às expectativas de que poderia tomar impulso em 2018, e os impactos da paralisação podem manter por mais tempo o quadro de estagnação que se verifica desde o ano passado”, avaliou o secretário.Ele ainda afirmou que a arrecadação própria do estado cresceu 8,06% entre os meses de janeiro e abril em relação ao mesmo período de 2017, enquanto as transferências correntes da União aumentaram 2,52%. Já a despesa, segundo Vitório, reduziu-se em 0,12% no primeiro quadrimestre deste ano.


VOLTAR