“A fidelidade de Deus não é para ser explicada”, diz Bretas » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 28-03-2020 » Ações sobre aeroportos | Alvo de Bolsonaro, Drauzio foi usado pelo governo em processo sobre coronavírus 28-03-2020 » Para ficar em quarentena | Tecnologia 'convence' idosos a socializarem online 28-03-2020 » Sem trabalho e sem escola | Nas favelas em SP, moradores passam fome e começam a sair às ruas 28-03-2020 » No Amazonas | Com 49 anos, vítima de covid-19 passou 6 dias pensando estar resfriado 28-03-2020 » Covid-19 no mundo | Passa de 10 mil número de mortos por coronavírus na Itália 28-03-2020 » Para evitar propagar covid-19 | Gilmar Mendes mantém recomendação do CNJ por soltura de presos 28-03-2020 » Ignoradas pelo poder público | 'Nós somos invisíveis': trabalhadoras sexuais são afetadas pela pandemia 28-03-2020 » Farmácias | Além de álcool gel, termômetros estão em falta 28-03-2020 » Dificulta higiene | Periferia de SP sofre com a falta d'água durante pandemia 28-03-2020 » Grupo de risco | 'Não sei de onde tiro ar', diz asmática com sintomas da covid-19 28-03-2020 » Evite sair de casa | Ida ao supermercado ou farmácia exige cuidados; veja quais 28-03-2020 » Só teste indica | Coronavírus, resfriado ou gripe? Compare os sintomas 28-03-2020 » Sintoma da covid-19 | Quando a tosse é preocupante? É pior com catarro ou seca? 28-03-2020 » Coordena combate ao vírus | Com covid-19, infectologista David Uip relata medo e diz sofrer com falta de ar 28-03-2020 » Alexander Hilsenbeck Filho | Análise: Bolsonarismo aposta no discurso da morte e do caos 28-03-2020 » #OBrasilNãoPodeParar | Após divulgação em canal oficial, planalto diz que campanha nunca existiu 28-03-2020 » F1 | Há 27 anos, Senna via Prost errar e vencia pela última vez no Brasil 28-03-2020 » Maurão compara com gringos | 'Brasileiro rico não é solidário, nem o jogador' 28-03-2020 » Paulistão paralisado | Globo ainda precisa pagar R$ 62,5 mi em cota de transmissão 28-03-2020 » Competiu no Rio | Nadador olímpico vira médico no combate ao coronavírus
Publicidade
29 de junho de 2019

“A fidelidade de Deus não é para ser explicada”, diz Bretas

Foto: Fernando Frazão

Cotado para ocupar a vaga de “ministro evangélico” no Supremo Tribunal Federal, o juiz da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, Marcelo Bretas, não se intimida em compartilhar a sua fé através das redes sociais. Constantemente ele usa o Twitter para falar sobre sua confiança em Deus e incentivar os seus seguidores a manterem a fé inabalável. “A fidelidade de Deus não é para ser explicada, mas sim vivida. Quem já provou sabe como é bom estar sob a proteção do Senhor”, tuitou o juiz, que é membro da Comunidade Evangélica Internacional da Zona Sul. O nome do juiz ganhou força para uma possível indicação ao STF depois do presidente da República, Jair Bolsonaro, questionar se não estaria na hora de a Corte ter um ministro evangélico. A declaração foi dada durante Convenção da Igreja Assembleia de Deus Ministério de Madureira, em Goiás. Desde a declaração, o nome de Bretas passou a ser citado constantemente como um forte candidato, principalmente pela capacidade técnica do magistrado, que é responsável pela Operação Lava Jato no Rio de Janeiro. Foi Marcelo Bretas quem mandou prender o ex-presidente Michel Temer. “O inimigo planeja, arma o circo e inicia o ataque. Parece que não há solução, que o socorro não chegará a tempo. Num cenário desse, adverso, mantenhamos a fé, pois Aquele que começou a grande obra é fiel e justo para finalizá-la”, comentou o juiz em outra ocasião.


VOLTAR