Abraham Weintraub é o novo ministro da Educação » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 06-06-2020 » Coronavírus no país | TCU cogita passar a consolidar os dados da covid-19 em horário fixo 06-06-2020 » Em 'A Favorita' | Jackson Antunes lembra agressão por papel: 'Tive trombose' 06-06-2020 » Ricardo Feltrin | TVs religiosas e comerciais 'passam pires' no governo 06-06-2020 » Deputada federal | CNN e Record exibem mesma denúncia 'exclusiva' sobre Joice 06-06-2020 » Na zona norte | Vídeo mostra agressor usando martelo em ataque a médica no Rio 06-06-2020 » 'Você não parece trans' | Frases que pessoas trans não aguentam mais escutar 06-06-2020 » Ex-jogadoras de vôlei | Isabel critica Ana Paula: 'Você presta desserviço no combate ao racismo' 06-06-2020 » Foto foi alterada | Bolsonaro publica meme com corintiano morto e revolta família 06-06-2020 » Queda de prédio no Recife | Caso Miguel: homicídio doloso não pode ser descartado, afirma OAB-PE 06-06-2020 » Gerou crise na Saúde | Aumento de risco de estupro durante pandemia motivou nota técnica 06-06-2020 » Monitoramento em MG | Coronavírus é encontrado em 88% das amostras de esgotos de BH e Contagem 06-06-2020 » Atos contra o racismo | Policiais que empurraram idoso em protesto nos EUA são acusados de agressão 06-06-2020 » Avanço do coronavírus | SP: com covid-19 em ascensão, cidades recuam em abertura no interior 06-06-2020 » Manifestações no Brasil | Polícia Civil diz que lutadores de artes marciais planejam 'guerra' na Paulista 06-06-2020 » Pandemia pelo país | Abin fez alerta ao governo Bolsonaro sobre caos em cemitérios 06-06-2020 » Opinião | Chico Alves: Eduardo Pazuello, o general que cumpre ordens absurdas 06-06-2020 » Aos 90 anos | Morre cantora Dulce Nunes por complicação decorrente da covid-19 06-06-2020 » Loteria | Mega-Sena tem prêmio estimado em R$ 2,5 mi hoje; veja como apostar 06-06-2020 » Fim do vínculo fixo | Reservada para novela, Vera Fischer deixa a Globo após 43 anos 06-06-2020 » Notícias | Protestos espalhados pelo mundo apoiam movimento 'Black Lives Matter'
Publicidade
8 de abril de 2019

Abraham Weintraub é o novo ministro da Educação

Foto Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) anunciou, na manhã desta segunda-feira, 8, o economista Abraham Weintraub como novo ministro da Educação. Próximo ao chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM), de quem era secretário-executivo, Weintraub faz parte da equipe de Bolsonaro desde novembro, quando foi formado o gabinete de transição. Graduado em Economia pela Universidade de São Paulo (USP) e mestre em Administração pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), Weintraub é professor da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Diferentemente do que foi dito por Bolsonaro no Twitter, o novo ministro da Educação não informa em seu currículo oficial possuir doutorado. Posteriormente, o presidente corrigiu a informação. “Comunico a todos a indicação do professor Abraham Weintraub ao cargo de ministro da Educação. Abraham é doutor, professor universitário e possui ampla experiência em gestão e o conhecimento necessário para a pasta. Aproveito para agradecer ao Prof. Vélez pelos serviços prestados”, escreveu o presidente. Abraham e seu irmão, o advogado Arthur Weintraub, foram alguns dos primeiros acadêmicos a abraçarem os planos presidenciais de Jair Bolsonaro. A aproximação ocorreu ainda em 2017, quando Bolsonaro ainda não tinha sequer migrado do PSC para o PSL. Na época, foram os responsáveis por um texto em que o então pré-candidato defendia a independência do Banco Central. Abraham Weintraub é mais um ministro da Educação com simpatia pela obra do ideólogo Olavo de Carvalho, considerado “guru” do presidente Jair Bolsonaro. Em dezembro, durante a Cúpula Conservadora das Américas, evento organizado pelo deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), Weintraub defendeu o uso das teorias de Olavo para “derrotar a esquerda”. Segundo a coluna Radar, o novo ministro defendeu ser “preciso vencer o marxismo cultural nas universidades e trabalhar para que o país pare de fazer bobagem”. O novo ministro da Educação passou a maior parte da sua carreira, no entanto, longe do mundo universitário. Entre 1994 e 2014, ele atuou no mercado financeiro, tendo passado pelo banco Votorantim e por uma corretora de investimentos. Nos últimos anos, já como professor da Unifesp, se debruçou especialmente sobre o tema da Previdência, tendo dirigido o Centro de Estudos sobre Seguridade (CES), grupo que pesquisa o tema. Abraham Weintraub é entusiasta do sistema conhecido como capitalização, em que cada um possui uma conta individual, com a qual contribui ao longo da sua trajetória profissional. A adoção da capitalização no Brasil faz parte da proposta de reforma da Previdência apresentada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. Hoje, no país, vigora a repartição, na qual a geração da ativa sustenta a aposentadoria da geração anterior.


VOLTAR