Ações do Facebook se recuperam após escândalo e batem recorde » Rede Acontece
Últimas
15-11-2018 » Assista ao gol | Cruzeiro bate por 1 a 0 Corinthians, que vê risco de ir à Série B 15-11-2018 » Ação sobre sítio de Atibaia | Lula diz não crer que Marisa pediu obras: 'Fácil falar nome dela' 15-11-2018 » Brasileirão | Palmeiras vence Flu por 3 a 0 e pode ser campeão domingo; veja gols 15-11-2018 » Mais Brasileirão | Sport e Vitória ficam no 0 a 0 na Ilha do Retiro; veja os lances 15-11-2018 » Veja único gol do jogo | Atlético-MG põe fim em jejum, bate Paraná e abre vantagem no G-6 15-11-2018 » 2 a 1 | De virada, Bahia vence Ceará e se afasta do Z4; assista aos gols 15-11-2018 » Opinião | No Salão de SP, Volks é a marca com atrações mais relevantes 15-11-2018 » Caso Daniel | Polícia pede prisão de gêmeo suspeito de envolvimento no crime 15-11-2018 » Mauricio Stycer | Após Edir e Silvio, sócio da RedeTV! declara apoio a Bolsonaro ? 15-11-2018 » Relação com mundo árabe abalada | Fala de Bolsonaro afeta até negócio de escovas progressivas brasileiro 15-11-2018 » São Paulo | Abrigo vira campo de batalha entre moradores de rua e venezuelanos 15-11-2018 » Profissional está no Brasil há 20 anos | 'No Nordeste, às vezes o cubano é o 1º médico”, diz Eduardo Rodriguez 15-11-2018 » Futuro ministro da Casa Civil | 'Continua indicado, ainda', diz Bolsonaro sobre Onyx após delação sobre caixa 2 15-11-2018 » Embaixador em Roma? | Não há nada nesse sentido, diz Bolsonaro sobre embaixada a Temer 15-11-2018 » Programa de saúde | Sem cubanos, governo avalia Mais Médicos com recém-formados do Fies 15-11-2018 » Cotada para educação | Viviane Senna diz não ter planos para virar ministra 15-11-2018 » Ernesto Araújo no Itamaraty | Diplomatas reagem mal à indicação por 'quebra de hierarquia'
Publicidade
20 de junho de 2018

Ações do Facebook se recuperam após escândalo e batem recorde

Imagem Reprodução

As ações do Facebook se recuperaram das perdas registradas após o estouro do escândalo da Cambridge Analytica e se aproximam do patamar de US$ 200 nesta semana. O Facebook abriu capital e passou a ser listado na Bolsa de Nova York em 2012. Na segunda-feira, os papéis da companhia fecharam na máxima histórica de US$ 198,31, mas cederam para US$ 197,49 nesta terça – o dia foi de perdas nos principais mercados de risco do mundo, com o agravamento da tensão comercial entre Estados Unidos e China.

O recorde alcançado apenas três meses após a revelação de que dados pessoais de milhões de usuários da rede social foram utilizados pela consultoria Cambridge Analytica para interferir nas eleições americanas de 2016 contraria todos os prognósticos apocalípticos feitos.

À época, especialistas disseram que o Facebook precisaria mudar seu modelo de negócio, baseado na venda de publicidade direcionada aos usuários da rede, e grandes investidores pediram mudanças no comando da companhia.

Fundador do Facebook, Mark Zuckerberg acumula os postos de presidente executivo e presidente do conselho de administração da empresa. A recuperação das ações do Facebook não é, no entanto, um movimento isolado: os papéis das gigantes de tecnologia americanas Amazon, Apple, Google e Netflix também vêm batendo recordes de alta nos últimos pregões.


VOLTAR