Amigo do ex-presidente Michel Temer é procurado pela Polícia Federal » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 12-08-2020 » Ator | Marcos Caruso revela que é bissexual e que tem tesão no 'olhar' 12-08-2020 » 'Não desejo a ninguém' | Vivi Brunieri diz que ganhou R$ 500 mil para fazer filme pornô 12-08-2020 » Surpreendeu o casal | Alok e Romana: chá revelação tem fumaça no prédio vizinho 12-08-2020 » Jogo da Champions | Alê Oliveira volta a transmissões da TNT após desgaste e veto 12-08-2020 » Visual do ex-BBB | Victor Hugo faz harmonização facial e diz ter perdido 15 kg 12-08-2020 » Ex-BBBs na Playboy | Natália confirma temperatura elevada em ensaio com Fani 12-08-2020 » Tati Bernardi | O real da paixão é a impossibilidade 12-08-2020 » Reinaldo Azevedo | Dallagnol acusa STF, mas se quer intocável! 12-08-2020 » Sandra Caselato | Precisamos reconhecer que somos imperfeitos 12-08-2020 » Flávio Dino | Emprego: Brasil precisa de gestos de grandeza 12-08-2020 » M. C. Trevisan | Bolsonaro só confirma racismo seu e do governo 12-08-2020 » Entendendo Bolsonaro | Como narrativa bolsonarista ganhou palco 12-08-2020 » Chico Alves | A vida do contador do Bolsonaro não é fácil 12-08-2020 » Luciana Bugni | Deborah Secco e seios: há idade pra biscoitar na rede? 12-08-2020 » Ricardo Cavallini | Novas tecnologias: é preciso de regra antes de problema 12-08-2020 » Josias de Souza | Guedes sonegou aos microfones o essencial 12-08-2020 » Nizan Guanaes | Novena de Santa Terezinha na web tem 1.100 haters 12-08-2020 » H. Schwartsman | Renda do povo e centrão: Bolsonaro tem futuro? 12-08-2020 » Rafael Capanema | Um pouco de poesia a um vírus sem solução 12-08-2020 » Pablo Ortellado | Empatia promove a intolerância política, diz estudo
Publicidade
21 de março de 2019

Amigo do ex-presidente Michel Temer é procurado pela Polícia Federal

Foto Reprodução

O coronel aposentado João Baptista Lima Filho, amigo do ex-presidente Temer é procurado pela PF.A polícia aponta desde o ano passado Lima como um intermediário de propina do emedebista. Uma das empresas do coronel, a PDA Projetos, se tornou conhecida justamente por causa da Engevix. Um executivo chegou a dizer, em uma proposta de delação premiada, que havia pago R$ 1 milhão ao coronel Lima. O dinheiro teria sido repassado por meio de uma subcontratada, a Alúmi. O coronel Lima já foi alvo duas vezes de operações da PF. Em março do ano passado, chegou a ficar preso por alguns dias. Ele também foi alvo da polícia após a delação da JBS, quando foram encontrados documentos ligados a uma reforma na casa de Maristela, uma das filhas de Temer.


VOLTAR