APLB perde prazo e justiça nega Mandado de Segurança para suspender as aulas no Corpus Christi » Rede Acontece
Últimas
20-08-2018 » Brasileiro ainda não jogou | Com Vinicius Júnior no banco, Real bate Getafe na estreia no Espanhol 20-08-2018 » Números de um jeito descontraído | Jovem youtuber cria canal com dicas para popularizar matemática 20-08-2018 » Atlético-MG vence Bota por 3 a 0 | Luan celebra gol e alfineta: "Não me reconhecem às vezes" 20-08-2018 » Bateu na grade de proteção | Forte acidente na Indy destrói carro e leva piloto ao hospital 20-08-2018 » Cruzeiro empata com Bahia | Barcos reconhece má fase no Cruzeiro: "Preciso melhorar muito" 20-08-2018 » Inteligência artificial | Google promete identificar doença ocular melhor que médico 20-08-2018 » Pó de macaco | A droga que faz as pessoas pularem de prédios 20-08-2018 » Após saída de Mara | Feltrin: Fofocalizando pode perder ainda mais 20-08-2018 » Fã do casal | Fernanda Souza pede filho para Bruna e Neymar 20-08-2018 » Ritmo baladão | Dança dos Famosos tem Danton na liderança 20-08-2018 » "Estava congelada" | Faustão ironiza período de Rafaela Mandelli na Record 20-08-2018 » Não saíram do 0x0 | Flu e América abusam dos erros e ficam no empate 20-08-2018 » Crise migratória | Governo vai enviar 120 soldados da Força Nacional a RR 20-08-2018 » "Faz falta em qualquer time" | Felipão cita bom ambiente e elogia Deyverson 20-08-2018 » Brasileirão | São Paulo vence a Chapecoense e encerra 1º turno na liderança; veja gols 19-08-2018 » 1% mais rico | Se aprovado, reajuste do STF irá intensificar desigualdade 19-08-2018 » Futuro obscuro | Fome, guerra e ditadura: como filmes e séries 'previram' 2018 19-08-2018 » Após ligação de Tite | Gabriel Jesus promete mudar estilo para voltar à seleção brasileira 19-08-2018 » Tecnologia | Reduza o consumo de dados no WhatsApp com estas 4 dicas 19-08-2018 » Ranking de Eficiência | Nos estados, PMs se aposentam antes dos 50 anos de idade
Publicidade
centro medico sao gabriel clinica master lab laboratorio intersorft
30 de maio de 2018

APLB perde prazo e justiça nega Mandado de Segurança para suspender as aulas no Corpus Christi

Foto Rede Acontece

A Vara Cível, Comercial e Fazenda Pública da Comarca de Brumado, negou na última terça-feira (29), ao Sindicato do Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB), um Mandado de Segurança, impetrado pelo sindicato, apontando como autoridades coatoras o “município de Brumado” e a Secretaria Municipal de Educação. Em resumo, o impetrante argumentou que em 24 de maio de 2018, recebeu informação, via telefone, da secretária de educação, que no dia 31/05/2018 (quinta-feira, dia de Corpus Christi), haverá normal expediente, e, mesmo sendo dia de paralisação em todo o país, daria falta e instauraria processo administrativo em face dos servidores que faltarem ao serviço. Relatou que no calendário municipal há ressalva apenas para o dia 01/05 (dia do trabalho), sendo que no dia 31/05/2018 não há qualquer ressalva. Alegou que o Município de Brumado será o único Ente Federativo que não reservou o dia de Corpus Christi, obrigando os trabalhadores e alunos a abdicarem de suas manifestações, cultos e demais atos religiosos para irem às escolas, razão pela qual exige-se intervenção urgente do Judiciário. Entende que a autoridade coatora, considerando o dia de Corpus Christi como dia letivo, obrigando todos os alunos e professores, estaria desrespeitando a religião professada pelos servidores. Sob sua ótica, os católicos estariam impedidos de exercer seu direito fundamental à religiosidade. Ao final pugnou pela concessão da liminar, visando determinar que a autoridade apontada como coatora garanta aos profissionais de educação o gozo do feriado relacionado ao dia 31/05/2018 (Corpus Christi), com liberação do trabalho, sob pena de multa diária. No mérito, pugnou pela procedência do pedido. Na decisão do juiz Genivaldo Guimarães, verifica-se que o ato apontado como ilegal e coator é datado de 08/01/2018, sendo regulamentado pela Resolução nº 001/2018, do Conselho Municipal de Educação, conforme calendário municipal juntado aos autos (evento nº 12670514 pág.1/2). Inequivocadamente, desde janeiro de 2018 o impetrante teve ciência do mencionado calendário. Considerando o lapso decorrido desde a edição da Resolução mencionada, nota-se que ocorreu a decadência do direito de impetrar o Mandado de Segurança, nos termos do art. 23, da Lei 12.016, de 07 de agosto de 2009, in verbis: “Art. 23.  O direito de requerer mandado de segurança extinguir-se-á decorridos 120 (cento e vinte) dias, contados da ciência, pelo interessado, do ato impugnado.”. Ausentes os pressupostos autorizadores, indefiro o pedido de Assistência Judiciaria Gratuita AJG. Custas pelo impetrante, que não comprou a impossibilidade de pagamento das despesas processuais. Transitada em julgado, façam-se as anotações de estilo e arquivem-se os autos.


VOLTAR