Após instalação de radares, número de mortes caiu 21,7% em rodovias federais » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 29-02-2020 » Em Roraima | Deputado usa motosserra e quebra corrente que protegia terra indígena 29-02-2020 » 1ª morte em SP por sarampo no ano | Caso envolve uma criança da capital, segundo Secretaria Estadual de Saúde 29-02-2020 » Caso Daniel | Réus vão a júri, mas Cris Brittes se livra de acusação de homicídio 29-02-2020 » Moeda está cara | Você precisa comprar dólar? Confira dicas 29-02-2020 » Covid-19 | Bolsonaro entrega protagonismo contra coronavírus a ministro 29-02-2020 » Crise entre poderes | Maia e Alcolumbre não compraram briga com Bolsonaro para não impulsionar atos 29-02-2020 » Fim da picada | Pílula inteligente que substitui injeção tradicional passa por testes em humanos 29-02-2020 » Autoexilada | Marcia Tiburi diz em aula na Dinamarca que 'estão naturalizando o horror' no Brasil 29-02-2020 » Investigação no Congresso | Facebook diz que só repassa dados à CPMI das Fake News com ordem de juiz dos EUA 29-02-2020 » Eleições nos Estados Unidos | Primária na Carolina do Sul é chance de Joe Biden mostrar que segue competitivo 29-02-2020 » Expressão gerou debate | O que é apropriação cultural, tema que repercutiu no Carnaval 29-02-2020 » Ministra de Bolsonaro | 'É o momento de a igreja ocupar a nação', diz Damares Alves 29-02-2020 » Ministério do Meio Ambiente | Diplomata ficará a cargo de combate a mudanças climáticas, diz Salles 29-02-2020 » Adriano da Nóbrega | Ex-PM trabalhava para bicheiro quando foi 'herói' de Bolsonaro, diz depoimento 29-02-2020 » Nomes da TV em eleições | Janaina rejeita apoio a Huck ou Datena e vê direita em areia movediça em SP 29-02-2020 » Policiais rodoviários | Grupo de PMs de SP é suspeito de vender escolta para contrabandistas 29-02-2020 » Motim de policiais | Pressão de governadores faz Planalto manter ação do Exército no Ceará 29-02-2020 » Linchada em 2014 | Família de mulher morta após fake news perde ação 29-02-2020 » 'E o Zico?' | Edmundo questiona recorde de Gabigol no novo Maracanã 29-02-2020 » Ameaça mundial | Risco de covid-19 pode suspender Campeonato Inglês, diz jornal
Publicidade
15 de abril de 2019

Após instalação de radares, número de mortes caiu 21,7% em rodovias federais

Foto Rede Acontece

Um levantamento feito pela Folha apontou que, após a instalação de radares de fiscalização, o número de mortes em rodovias federais caiu 21,7%. Os dados apontam ainda para uma redução de 15% nos índices de acidentes depois que os equipamentos foram instalados. A pesquisa surge pouco depois de o presidente Jair Bolsonaro anunciar que os radares serão retirados das estradas conforme seus contratos de operação terminem. O governo federal deveria estar assinando os novos contratos dos radares que substituem as antigas contratações. Após a declaração do presidente, alguns trechos de estradas ficaram sem controle de velocidade, segundo as empresas do ramo. Na quarta-feira (10), uma liminar da Justiça Federal determinou que nenhum radar fosse retirado de rodovias federais e que o governo prorrogasse por 60 dias os contratos perto de expirar. A decisão diz que não há dados técnicos que justifiquem o fim do serviço. Na avaliação de especialistas, a retirada dos radares aumentará a insegurança em um país em que já morrem 37 mil pessoas no trânsito por ano. O cálculo da Folha sobre a eficácia dos equipamentos considerou os acidentes e mortes registrados pela Polícia Rodoviária Federal entre 2007 e 2018 nos quilômetros de estradas que até o fim do ano tinham radares.


VOLTAR