Apuração da eleição em 2018 poderá ter “retardo”, alerta presidente do TRE-BA » Rede Acontece
Últimas
21-02-2019 » Audiência no Senado | Damares critica ativismo e rebate ministro do STF sobre questão de gênero 21-02-2019 » Desastre em Brumadinho (MG) | Bombeiros acham almoxarifado soterrado; há indícios de corpos 21-02-2019 » Texto entregue ao Congresso | Oposição tranca pauta na Câmara em protesto à reforma da Previdência 21-02-2019 » Marcelo Antônio, do Turismo | Ministro pede para STF suspender apuração de laranjas do PSL em MG 21-02-2019 » Tema em discussão no STF | Fachin defende criminalizar homofobia e aplicar Lei de Racismo 21-02-2019 » Crise no país vizinho | Nicolás Maduro manda fechar a fronteira da Venezuela com o Brasil 21-02-2019 » Impasse | Sem acerto, direção do Corinthians se irrita com postura de Romero 21-02-2019 » Novo smartphone | Confira sete novidades do Galaxy S10 da Samsung 21-02-2019 » Caso tríplex | Ministro do STF nega mais um pedido de liberdade a Lula 21-02-2019 » SUV 'acupêzado' | Renault Arkana é registrado no Brasil e deve sair até 2021 21-02-2019 » Impasse continua | Globo aceita exibir parceiros da Conmebol apenas na TV paga 21-02-2019 » Caso Daniel | Audiência tem risada de réu e acenos da família Brittes; advogado faz críticas 21-02-2019 » Em São Bernardo | Governo de SP diz que buscará comprador para fábrica da Ford 21-02-2019 » Antimusa do Carnaval | Lívia Andrade rejeita ser 'certinha': 'Empoderada? Minha vida me fez assim' 21-02-2019 » Mulheres em profissões 'invisíveis' | 'Se some algo, sempre suspeitam de quem faz a limpeza'; leia relatos 21-02-2019 » Buscas continuam em Brumadinho | 'Quanto mais tempo passa, mais difícil', diz bombeiro símbolo de MG
Publicidade
16 de julho de 2018

Apuração da eleição em 2018 poderá ter “retardo”, alerta presidente do TRE-BA

Foto: Reprodução

O presidente do TRE-BA, desembargador José Edivaldo Rocha Rotondano, destacou em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (16) que a Justiça Eleitoral está se debruçando para evitar possíveis problemas durante a condução do pleito marcado para o dia 7 de outubro. Indagado sobre defeitos que poderão ser registrados no sistema eletrônico durante a votação, sobretudo na questão da biometria, ele admitiu que contratempos poderão ocorrer.

“É uma preocupação do TRE e do TSE a necessidade do sistema está funcionando a contento e demasiadamente bom para atender [o eleitorado]. Então, nós acreditamos que haja um certo retardo na conclusão da apuração das eleições. Esperamos que não, mas isso é uma previsão. O TSE tem se debruçado constantemente sobre esse problema para que o processo eleitoral, no dia eleição, se desenvolva da melhor forma possível”, disse.

Ele lembrou que os eleitores de Salvador que não fizeram o recadastramento biométrico já tiveram o título cancelado. “Esse eleitor só poderá reascender à condição de eleitor se forem submetidos à revisão extraordinária, a partir do dia 5 de novembro”, explica.


VOLTAR