Aretha Franklin é velada com caixão de ouro e salto alto vermelho » Rede Acontece
Últimas
20-01-2019 » Campeonato Paulista | Na Arena, Corinthians marca no último lance e empata com São Caetano 20-01-2019 » Funcionários fantasmas | Assembleias Legislativas de 16 estados são alvo de investigações 20-01-2019 » Campeonato Carioca | Fla sai atrás após falha de R. Caio, mas vira e bate Bangu por 2 a 1 20-01-2019 » Movimentações atípicas | Caso de Flávio Bolsonaro "não tem nada" a ver com governo, diz Mourão 20-01-2019 » Músico morreu aos 53 | Corpo de Marcelo Yuka é enterrado em cemitério no Rio 20-01-2019 » "Podem ser diferentes" | 1º encontro com aliens será chocante, aposta astrofísico de Harvard 20-01-2019 » istambul basaksehir | Com Robinho, time de 'velhinhos' provoca revolução na Turquia 20-01-2019 » Campeonato Gaúcho | Fora de casa, Grêmio goleia Novo Hamburgo por 4 a 0 em sua estreia 20-01-2019 » Campeonato Mineiro | Ricardo Oliveira brilha, marca 3, e Atlético-MG goleia Boa Esporte por 5 a 0 20-01-2019 » Presidente flexibilizou posse | "Estado não está obrigando ninguém a adquirir armas de fogo", diz delegada 20-01-2019 » Carolina Ligabue conhece elite do país | Ela tuitou traições e bastidores de ricos e famosos e viralizou 20-01-2019 » Nutricionista falou no VivaBem Talks | Luta contra efeito sanfona na dieta? Confira essas 5 dicas de Veronica Laino 20-01-2019 » Queloides inflamadas no corpo | "Levei 16 anos para achar solução para as cicatrizes que me abalavam muito" 20-01-2019 » 'Temos uma cota pessoal' | Deputados do PSL montam estratégia contra parlamentares do PT e PSOL 20-01-2019 » Delação premiada | Palocci diz que Lula pediu R$ 30 mi para Delfim e Bumlai em obra de Belo Monte
Publicidade
29 de agosto de 2018

Aretha Franklin é velada com caixão de ouro e salto alto vermelho

Foto Reprodução

Fãs de Aretha Franklin se organizam em longas filas na última terça-feira (28) para homenagear a cantora americana, que é velada com em caixão aberto na cidade de Detroit. É o início de uma cerimônia que durará quatro dias. Amada por milhões de pessoas em todo o mundo, a chamada rainha do soul morreu em 16 de agosto, depois de uma carreira 60 anos que a transformou em uma das artistas mais célebres dos Estados Unidos, também reconhecido por sua militância pelos direitos civis. Nesta terça-feira (28), um cortejo de homens de luvas brancas levou um caixão de ouro com a artista ao Museu de História Afro-americana Charles H. Wright, onde fãs acamparam a noite toda para dar o último adeus a Franklin, segundo informou a imprensa local. Para a cidade no estado americano de Michigan, viajaram fãs de todas as partes, que esperavam sua vez do lado de fora do museu, sob um sol escaldante, alguns com camisetas de Aretha. Na última quinta (30), Stevie Wonder faz um show em homenagem a Aretha, no Greater Grace Temple, onde também se apresentará Jennifer Hudson. Personalidades como Smokey Robinson, Jesse Jackson e o ex-presidente americano Bill Clinton também devem comparecer ao velório. A cantora de gospel, soul e R&B, que morreu aos 76 anos, influenciou gerações de cantores com sucessos como “Respect” (1967), “Natural Woman” (1968) e “I Say a Little Prayer” (1968). Em 2005, recebeu a medalha presidencial da liberdade, a maior honra para um civil nos Estados Unidos, das mãos do então presidente George W. Bush. Em 2010 sofreu graves problemas de saúde, mas continuou se apresentando até o ano passado. Seu último show aconteceu em novembro de 2017, em Nova York, para arrecadar fundos para a fundação de luta contra a Aids de Elton John. Franklin morreu em decorrência de um câncer no pâncreas.


VOLTAR