Ataque a mesquitas na Nova Zelândia deixa ao menos 49 mortos » Rede Acontece
Últimas
24-03-2019 » 1.373 pessoas a bordo | Navio de cruzeiro que estava à deriva chega a porto na Noruega 24-03-2019 » Morto aos 82 anos | Opinião: Domingos Oliveira foi farol de inteligência na arte 24-03-2019 » Passou por 3 países | Sobe para 750 número de mortos após ciclone atingir sul da África 24-03-2019 » Deputado David Miranda | Substituto de Jean Wyllys comemora adoção com marido 24-03-2019 » Reuniu celebridades | Após polêmica, Baile da Vogue se reinventa e dá espaço à diversidade 24-03-2019 » Em meio à crise política | Joice critica colegas do PSL e diz que Congresso é um "zoo sem jaulas" 24-03-2019 » Campeonato Paulista | VAR é aprovado por FPF, mas revolta palmeirenses 24-03-2019 » Baixada Fluminense | Vereador de Japeri (RJ) é encontrado morto em carro 24-03-2019 » Jogo duro de Zak Brown | Chefe da McLaren pede mudanças e cogita saída da equipe da Fórmula 1 24-03-2019 » Articulações para reforma | Bolsonaro recebe líder do governo na Câmara para tratar de "aproximação" 24-03-2019 » Operação que prendeu Temer | Delator diz à PF que empresário detido era próximo a Eunício 24-03-2019 » "Prioridade é Previdência" | Após atritos, Maia exclui pacote anticrime de Moro da agenda da Câmara 24-03-2019 » Eles odeiam os pequenos | Mães contam como a aversão de estranhos a crianças afeta seus filhos 24-03-2019 » Entrevista | "Se você avaliar muito o Brasil, dá uma pirada", diz Bebel Gilberto 24-03-2019 » Método é mais eficiente | Oslo será a primeira cidade a recarregar táxis elétricos pelo ar
Publicidade
corretora de seguros
INTERSORFT 100 MEGA
15 de março de 2019

Ataque a mesquitas na Nova Zelândia deixa ao menos 49 mortos

Ataque a mesquitas na Nova Zelândia deixa ao menos 49 mortos-REDE ACONTECE

Foto Reprodução

Ao menos 49 pessoas morreram e outras 48 ficaram feridas durante dois ataques a mesquitas em Christchurch, na Nova Zelândia, nesta sexta-feira (15). A informação foi conformada pela primeira-ministra Jacinda Ardern. Até o momento, quatro pessoas foram detidas suspeitas do atentado, sendo três homens e uma mulher. “Esse tipo de violência não tem lugar na Nova Zelândia”, afirmou Ardern. Em uma das mesquitas, o atirador usou um rifle automático contra os cerca de 300 fieis que lotavam o tempo religioso, localizado no subúrbio de Linwood. O criminoso, que usava capacete, óculos e um casaco em estilo militar, transmitiu toda a cena pela internet, ao vivo. Outra mesquita atacada foi a de Masjid Al Noor, ao lado do Parque Hagley. Relatos indicaram novo tiroteio no local. A polícia confirmou, conforme o portal G1, que localizou um carro-bomba estacionado na Strickland Street, a cerca de 3 km do Hagley Park. [Notícia em atualização]


VOLTAR