Bahia e São Paulo lideram casos de assalto a carros-fortes » Rede Acontece
Últimas
21-02-2019 » Audiência no Senado | Damares critica ativismo e rebate ministro do STF sobre questão de gênero 21-02-2019 » Desastre em Brumadinho (MG) | Bombeiros acham almoxarifado soterrado; há indícios de corpos 21-02-2019 » Texto entregue ao Congresso | Oposição tranca pauta na Câmara em protesto à reforma da Previdência 21-02-2019 » Marcelo Antônio, do Turismo | Ministro pede para STF suspender apuração de laranjas do PSL em MG 21-02-2019 » Tema em discussão no STF | Fachin defende criminalizar homofobia e aplicar Lei de Racismo 21-02-2019 » Crise no país vizinho | Nicolás Maduro manda fechar a fronteira da Venezuela com o Brasil 21-02-2019 » Impasse | Sem acerto, direção do Corinthians se irrita com postura de Romero 21-02-2019 » Novo smartphone | Confira sete novidades do Galaxy S10 da Samsung 21-02-2019 » Caso tríplex | Ministro do STF nega mais um pedido de liberdade a Lula 21-02-2019 » SUV 'acupêzado' | Renault Arkana é registrado no Brasil e deve sair até 2021 21-02-2019 » Impasse continua | Globo aceita exibir parceiros da Conmebol apenas na TV paga 21-02-2019 » Caso Daniel | Audiência tem risada de réu e acenos da família Brittes; advogado faz críticas 21-02-2019 » Em São Bernardo | Governo de SP diz que buscará comprador para fábrica da Ford 21-02-2019 » Antimusa do Carnaval | Lívia Andrade rejeita ser 'certinha': 'Empoderada? Minha vida me fez assim' 21-02-2019 » Mulheres em profissões 'invisíveis' | 'Se some algo, sempre suspeitam de quem faz a limpeza'; leia relatos 21-02-2019 » Buscas continuam em Brumadinho | 'Quanto mais tempo passa, mais difícil', diz bombeiro símbolo de MG
Publicidade
27 de julho de 2018

Bahia e São Paulo lideram casos de assalto a carros-fortes

Foto Rede Acontece

A Bahia e São Paulo lideram casos de assalto a carros-fortes no primeiro semestre de 2018 com 10 ataques, cada estado, segundo dados da Associação Brasileira de Transporte de Valores e da Confederação Nacional dos Trabalhadores de Segurança Privada divulgados pelo G1.

De acordo com as instituições, o país teve 75 ataques a carros-fortes de janeiro a junho de 2018. No mesmo período do ano passado foram 49 ocorrências e, nos primeiros seis meses de 2016, foram 22 ações.

O levantamento revela ainda que, nos últimos dois anos, a região Nordeste é a que mais acumula casos de roubos e tentativas de assalto a carros-fortes. Foram 34 ataques em 2016, 56 ações em 2017 e a tendência persiste em 2018, quando, de janeiro a junho, quadrilhas atacaram 46 carros-fortes.


VOLTAR