Bahia pode ficar sem transmissão de jogos na TV no Brasileirão 2019 » Rede Acontece
Últimas
15-01-2019 » Reforço alviverde | Como Felipão vai usar Ricardo Goulart? Escale seu Palmeiras 15-01-2019 » Senador investigado | Renan chama Deltan Dallagnol, da Lava Jato, de 'possuído' 15-01-2019 » Brexit | Parlamento britânico rejeita acordo para saída da UE; veja os próximos passos 15-01-2019 » Segurança | Ação da Taurus tomba 22% após decreto que facilita posse de armas 15-01-2019 » Decreto assinado hoje | Facilitação da posse de arma é 'apenas primeiro passo', diz Bolsonaro 15-01-2019 » Copa São Paulo | Guarani bate Botafogo por 1 a 0 e garante vaga nas quartas 15-01-2019 » Deputados federais | Túlio Gadêlha publica foto com Rodrigo Maia e revolta famosos 15-01-2019 » Se diz explorada | Rihanna abre processo contra o próprio pai, Ronald Fenty; entenda 15-01-2019 » Fique de olho! | Falha no WhatsApp apaga mensagens antigas no Android 15-01-2019 » Aberto da Austrália | 5 razões para crer na vitória de Bia Haddad sobre nº 2 do mundo 15-01-2019 » Veja o treino e a dieta dele | Falso magro, Rafael perdeu 10 kg em 3 meses com medidas simples 15-01-2019 » Interpretação de mapa astral | Para de ser doida! Sense Márcia analisa a vida da youtuber Evelyn Regly 15-01-2019 » Após prisão da executiva da Huawei | Canadense condenado à morte na China revela crise diplomática 15-01-2019 » Troca de farpas | Maior organizada do Corinthians rebate Conmebol e faz cobranças à entidade 15-01-2019 » Estreia da semana | Novo Como Treinar o Seu Dragão encerra história do 1° filme e fala sobre perdas
Publicidade
14 de setembro de 2018

Bahia pode ficar sem transmissão de jogos na TV no Brasileirão 2019

Foto: Reprodução

O Bahia pode ficar sem a transmissão dos jogos do Campeonato Brasileiro de 2019 por causa do imbróglio referentes aos contratos de exibição das partidas. De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, a TV Globo, que tem os direitos de transmissão, já admite a possibilidade de a competição ser “desfalcada” e não ter todos os 380 confrontos transmitidos. Além do Esquadrão de Aço, passam pelo mesmo problema Atlético-PR e Palmeiras.

A situação envolve os contratos para exibição de jogos no período de 2019 a 2024 na TV aberta e nos canais pay-per-view (PPV), sistema em que o consumidor pode comprar uma partida avulsa ou o pacote completo do campeonato. O Esporte Interativo, que tem contrato para transmissão em TV fechada com o tricolor, anunciou o fim das operações no Brasil em agosto.

De acordo com a Lei Pelé, os direitos de transmissão pertencem às duas equipes envolvidas em cada jogo. Com isso, a situação atual é de que 108 dos 380 jogos (28%) do Brasileirão de 2019 não poderão ser transmitidos nem pelo PPV nem pela TV aberta.

Segundo o presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, o tricolor já planeja as finanças sem o acordo com a emissora carioca. “Em 2018 vamos ter um faturamento perto de R$ 128 milhões. No ano que vem, sem a Globo, deve cair para R$ 95 milhões. Será uma queda, claro, mas temos de conviver com isso”, afirmou. “Se tiver mesmo de acontecer de ficar sem jogos na televisão, vejo como um processo natural”, disse.

“É possível considerar o cenário no qual a gente transmita o campeonato parcialmente”, afirmou ao jornal o diretor de direitos esportivos da TV Globo, Fernando Manuel Pinto. Ele explicou que tenta fechar acordo com as equipes que restam: “Logicamente, só transmitiremos os jogos sobre os quais tenhamos os direitos, remunerando os clubes sob um acordo que esteja vigente.”


VOLTAR