Bandeira tarifária da conta de energia continua no patamar vermelho em setembro » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 11-08-2020 » Campeonato brasileiro | Clubes dividirão R$ 219 mi em contrato internacional 11-08-2020 » Disputa em SP | Datena tem que deixar TV e rádio hoje se quiser vice de Covas 11-08-2020 » O motoboy e o racista | Por que o racismo, além de tudo, é ruim para a economia? 11-08-2020 » R$ 59 mil | União terá que pagar Dallagnol por ofensas de Gilmar Mendes 11-08-2020 » Caso Luan | Grêmio cobra Corinthians por atraso e dívida em negócio 11-08-2020 » Direito ao esquecimento | É possível deletar o passado de alguém na mídia? 11-08-2020 » Sul-Americana | 'Melhor que Godín', brasileiro cogita se naturalizar uruguaio 11-08-2020 » Reviravolta em GO | Polícia descarta ação de padrasto em morte de criança de 7 anos 11-08-2020 » Morto em ação em SP | 'Estou destruída e querendo a morte', diz esposa grávida de PM 11-08-2020 » Márcia Kambeba | Sociedade é que tem que se integrar a indígenas, diz escritora 11-08-2020 » Após suspensão no Iphan | Blogueira assume cargo de coordenação na Funarte 11-08-2020 » Aposentadoria antecipada | Articulador político do governo, Ramos tira férias para se despedir do Exército 11-08-2020 » Deixou 220 mortos em Beirute | Presidente e premiê do Líbano foram alertados em julho sobre risco de explosão, mostra relatório 11-08-2020 » Pandemia pelo país | Com restrições, Porto Alegre flexibiliza hoje as atividades econômicas 11-08-2020 » Reforma Tributária | Arrecadação de CPMF não banca todas as promessas de Guedes 11-08-2020 » Nickollas sentiu a falta de jogos | Palmeiras devolve alegria ao garoto na pandemia e o ajuda nos estudos 11-08-2020 » Pandemia da covid-19 | Rússia registrou primeira vacina contra o coronavírus, afirma Putin 11-08-2020 » Universa | É preciso estar atento? Como negros podem cuidar da saúde mental quando há racismo por tudo? 11-08-2020 » Mov | 'Política não é só Lula e Bolsonaro', diz Fábio Porchat no 'Cá Entre Nós' 11-08-2020 » Carros | Territory encara rivais Compass e Equinox; veja qual é o melhor
Publicidade
31 de agosto de 2019

Bandeira tarifária da conta de energia continua no patamar vermelho em setembro

Foto: Rede Acontece

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) informou na sexta-feira (30) que a bandeira tarifária para setembro de 2019 continuará na cor vermelha no Patamar 1, a mesma de agosto. Isso significa que haverá uma cobrança extra de R$ 4 para cada 100 quilowatts-hora consumidos. Em julho vigorou a cobrança da bandeira tarifária amarela, na qual há um acréscimo de R$ 1,50 a cada 100 kWh consumidos. As informações são da Agência Brasil. De acordo com a Aneel, a decisão de manter a bandeira no patamar vermelho 1 foi tomada devido ao fato de uma parcela significante da energia ser fornecida por meio de usinas termelétricas, que têm custo de geração de energia mais alto. Também pesou na decisão a diminuição do volume de chuvas, com a intensificação da estação seca. “Setembro é um mês típico do final da estação seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN). A previsão hidrológica para o mês sinaliza permanência do quadro de estiagem, com vazões abaixo da média histórica”, disse a Aneel. Criado pela Aneel, o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o bom uso da energia elétrica. O funcionamento das bandeiras tarifárias é simples: as cores verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) indicam se a energia custará mais ou menos com base nas condições de geração. O cálculo para acionamento das bandeiras tarifárias leva em conta, principalmente, dois fatores: o risco hidrológico -GSF, na sigla em inglês- e o preço da energia (PLD). Segundo a agência, o cenário favorável reduziu o preço da energia para o patamar mínimo, o que “diminui os custos relacionados ao risco hidrológico e à geração de energia de fontes termelétricas”, possibilitando a manutenção dos níveis dos principais reservatórios próximos à referência atual. No dia 21 de maio, a agência aprovou um reajuste no valor das bandeiras tarifárias. Com os novos valores, caso haja o acionamento, o acréscimo cobrado na conta pelo acionamento da bandeira amarela passou de R$ 1 para R$ 1,50 a cada 100 kWh consumidos. Já a bandeira vermelha patamar 1 passou de R$ 3 para R$ 4 a cada 100 kWh e, no patamar 2 da bandeira, passou de R$ 5 para R$ 6 por 100 kWh consumidos. A bandeira verde não tem cobrança extra. Os recursos pagos pelos consumidores vão para uma conta específica e depois são repassados às distribuidoras de energia para compensar o custo extra da produção de energia em períodos de seca.


VOLTAR