Benjamin Netanyahu comemora “vitória incrível” nas eleições em Israel » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 23-07-2019 » Tragédia completa 6 meses | Cruzamento de dados ajuda em buscas e resgata histórias em Brumadinho (MG) 23-07-2019 » Brasil líder de preservação? | Cientistas questionam 'guru ambiental de Bolsonaro' 23-07-2019 » Novo primeiro-ministro | Pró-Brexit, Boris Johnson é eleito e será o novo premiê do Reino Unido 23-07-2019 » Acordo Mercosul-UE | Eurodeputados desconfiam de promessas ambientais assumidas pelo Brasil 23-07-2019 » Vítima de parada cardíaca | Jornalista esportivo Juarez Soares morre aos 78 anos 23-07-2019 » Inauguração na Bahia | Após fala sobre NE, Bolsonaro diz ter sangue 'cabra da peste' na família 23-07-2019 » Nova regra de agência | Anvisa adota risco de morte como único critério para classificar agrotóxicos 23-07-2019 » Reinaldo Azevedo | A política do ódio aplicada ao meio ambiente 23-07-2019 » Costa e Silva | A atriz rotulada como 'mulata exportação' 23-07-2019 » Cecilia Machado | O FGTS é um benefício ou um custo? 23-07-2019 » Vera Iaconelli | O trabalho infantil é demérito do Estado 23-07-2019 » Lia Bock | Escolho o casamento aberto. Mas só pra mim 23-07-2019 » Flávio Ricco | Programação coloca Gazeta em situação difícil 23-07-2019 » Juca Kfouri | Um milhão nas ruas e a Terra plana 23-07-2019 » Tales Faria | Somos todos vítimas da intransigência 23-07-2019 » Marcel Rizzo | Libertadores: brasileiros temem pressão argentina 23-07-2019 » Cantuaria | A influencer não vê mais sentido em postar 23-07-2019 » Pablo Ortellado | Presidente parece se divertir com a indignação 23-07-2019 » Sakamoto | Bolsonaro parece governar um quartel 23-07-2019 » Suspeito depôs no RJ | Jovem descobre que foi dopada e vítima de estupro coletivo em vídeo na web
Publicidade
10 de abril de 2019

Benjamin Netanyahu comemora “vitória incrível” nas eleições em Israel

Foto Reprodução

As eleições em Israel este ano acabaram sendo uma escolha sobre a continuidade de Benjamin Netanyahu no comando do país. Na noite da última terça-feira (9) o líder do partido de direita Likud usou as redes sociais para comemorar o que chamou de “vitória incrível”. As pesquisas de boca-de-urna apontavam que o novo premiê seria Benjamin Gantz, do partido Azul e Branco. Ele, aliás, chegou a se declarar vitorioso, mas a apuração indica que o Netanyahu tem 28% dos votos, contra 25% de Gantz. Em seu perfil do Twitter, Netanyahu escreveu: “O bloco de direita liderado pelo Likud obteve uma vitória clara. Agradeço aos cidadãos de Israel por sua confiança. Irei começar a formar um governo de direita com nossos parceiros naturais hoje à noite”. Em seu discurso de comemoração, perto das duas da manhã na capital Jerusalém, o primeiro-ministro reeleito declarou que a ‘mídia tendenciosa’ tentou desacreditá-lo. Assegurou ainda que, “governará para todos”. Na reta final de sua campanha Netanyahu vinha prometendo anexar assentamentos que ficam na Cisjordânia, território reivindicado pelos palestinos. “Vou estender a soberania [israelense] para Judeia e Samaria”, anunciou ele na televisão. Também prometeu não dividir Jerusalém” e garantir que Israel “controle o território a oeste do Rio Jordão”. Como tem o apoio de Donald Trump, o próximo período de governo de Netanyahu deverá ser marcado pelo anúncio do “plano de paz definitivo”, prometido pelo governo dos Estados Unidos.


VOLTAR