Bizarro: Vaca grávida é condenada à morte por passar fronteira ilegalmente » Rede Acontece
Últimas
15-02-2019 » Mudanças na Previdência | Idade inicial, capitalização e transição ainda são dúvidas na reforma 15-02-2019 » Líderes foram transferidos | Cúpula do PCC só soube que iria para presídio federal ao embarcar em avião 15-02-2019 » 'Onde estiver estarei' | A história de amor que movia Christian, morto no CT do Flamengo 15-02-2019 » Confissões de Carnaval | 'Os artistas que eu olhava na televisão já peguei todos', diz Gabi Prado 15-02-2019 » 'A gente parou de se falar' | Marcelo Falcão conta por que não foi ao enterro de Yuka, da banda O Rappa 15-02-2019 » Crise no governo | Chamado de mentiroso por Bolsonaro, Bebianno tem OK para manter cargo 15-02-2019 » Na Câmara do RJ | Carlos Bolsonaro apoia medalha a Mourão após crítica a 'discussão' 15-02-2019 » Ricardo Feltrin | Record rompe acordo e tira profissionais do SBT; Silvio vai retaliar 15-02-2019 » Reclamou de contexto | Damares aconselha pais de meninas a fugirem do Brasil 15-02-2019 » Teria de cobrar R$ 4 | SP desafia decisão da Justiça e mantém tarifa de ônibus a R$ 4,30 15-02-2019 » Senadora líder da CCJ | Tebet: 'Estou com as mulheres, mas sou contra o aborto' 15-02-2019 » Ela estará no CarnaUOL, em SP | Humor: Blogueirinha sugere derrubar bebida e se desculpar ao ver famoso na festa 15-02-2019 » UOL já viu o filme | Crítica: Marighella é um produto do Brasil polarizado pós-2013 15-02-2019 » Presidente dos EUA | Trump declara emergência nacional para construir muro na fronteira com o México 15-02-2019 » Morto em supermercado do RJ | Mãe viu filho levar 'gravata' de vigia e diz que ele iria para clínica
Publicidade
3 de junho de 2018

Bizarro: Vaca grávida é condenada à morte por passar fronteira ilegalmente

Foto: Reprodução

Uma vaca grávida foi condenada à morte depois de passar a fronteira da União Europeia. Penka, que deveria dar à luz daqui a cerca de três semanas, afastou-se do seu rebanho perto da aldeia búlgara de Kopilovtsi e atravessou a fronteira para a Sérvia, um país não pertencente à UE. A vaca, conta o Independent, foi devolvida ao seu dono, Ivan Haralampiev, em perfeito estado de saúde, mas as autoridades búlgaras defendem que os bovinos devem ser sacrificados por causa das rígidas regras da União Europeia. “Não cabe a nós decidir”, disse um especialista veterinário, Lyubomir Lyubomirov, ao meio de comunicação. “Estamos apenas a aplicar as regras que vêm de Bruxelas”. John Flack, deputado conservador, escreveu ao primeiro-ministro da Bulgária, Boyko Borissov, e ao presidente da União Europeia, Antonio Tajani, para destacar a situação de Penka, informa o Daily Telegraph. “Certamente este é um caso em que o pragmatismo deve prevalecer sobre uma leitura estrita das regras”, disse. Diretrizes da Comissão Europeia estipulam que as vacas devem ser apresentadas em postos de controle fronteiriços com documentos que atestem que estão saudáveis. “A certificação deve acompanhar os animais quando eles são apresentados para a entrada na UE num Posto de Inspeção de Fronteiras”. Uma petição da change.org foi iniciada para pedir ao Parlamento Europeu que abrisse uma exceção no caso de Penka.


VOLTAR