Bolsonaro recebe prêmio nos EUA e diz que ser presidente foi ‘milagre’ » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 12-07-2020 » Opinião | Adnet se supera com imitação de Lula, Ciro, Marina e Dilma 12-07-2020 » Covid na gestação | Mariana Weickert não beija o filho sem máscara 12-07-2020 » Preso desde 2019 | Morre de covid-19 o 1º deputado condenado pelo STF na Lava Jato 12-07-2020 » Lia Assumpção | Opinião: lei das sacolinhas não mudou nosso comportamento 12-07-2020 » Treino para astronauta | Jovem brasileira de 17 anos conquista vaga em curso da Nasa 12-07-2020 » Veja números | Mega-Sena acumula e vai a R$ 44 milhões em semana especial 12-07-2020 » Fronteiras fechadas | Cuba, Cabo Verde e mais: os voos que resgataram brasileiros 12-07-2020 » Na Justiça | Roberto Carlos recupera direito sobre obras de 1960 a 1990 12-07-2020 » Estreia como atriz | 'Estou adorando descobrir novidades', diz Lud sobre atuação 12-07-2020 » Na TV | R. Vasconcellos canta música de Emicida: 'Quase grito de guerra' 12-07-2020 » 'Totalmente Demais' | Germano dá surra em Dino para defender Eliza 12-07-2020 » De Kanye West a Joe Exotic | 6 celebridades que quiseram ser presidente dos EUA 12-07-2020 » Famosos | Jennifer Aniston será madrinha de filha de Katy Perry, diz jornal 12-07-2020 » Cantoras, sim. Já atrizes... | Veja sete artistas da música que desafinaram na hora de atuar 12-07-2020 » Segunda prova da temporada | Hamilton vence com folga na Estíria; Verstappen luta, mas não segura Bottas 12-07-2020 » Na primeira curva | Leclerc bate em Vettel e ambos saem: 'Joguei o esforço da Ferrari no lixo' 12-07-2020 » 'Sandy e Junior: A História' | Doc traz visão sobre vida real que parece ficção 12-07-2020 » UFC | Aldo levou 59 socos na cabeça em 3 minutos antes de ser nocauteado 12-07-2020 » Base política | Partido de Bolsonaro registra mortos e tem só 3% das assinaturas necessárias 12-07-2020 » Esporte | Isaquias: 'Quando é do Sul, é brasileiro. Mas quando é da Bahia, tem que ser baiano?'
Publicidade
17 de maio de 2019

Bolsonaro recebe prêmio nos EUA e diz que ser presidente foi ‘milagre’

Foto: Isac Nóbrega

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (16) que ter sido eleito para chefiar o Palácio do Planalto foi um “milagre”. Em visita a Dallas, no Texas, onde recebeu o o prêmio de Personalidade do Ano da Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos, ele discursou durante 13 minutos. Em sua fala, Bolsonaro comentou sobre a aproximação de seu governo com os Estados Unidos, criticou setores de esquerda e governos anteriores. “Realmente aconteceu o que eu chamo de milagre, no Brasil. Ou melhor, dois milagres. Um, eu agradeço a Deus pela minha sobrevivência. E o outro, pelas mãos de grande parte dos brasileiros, alguns morando aqui nos Estados Unidos, me deram a missão de estar à frente desse grande país, que tem tudo para ocupar um local de destaque no mundo, mas que, infelizmente, por políticas nefastas de gente que tinha ambição pessoal acima de tudo, não nos deixaram ascender”, afirmou. Bolsonaro disse que, no começo, até dentro de casa havia dúvidas sobre sua ambição que, segundo ele, nunca foi pessoal. “Com verdade, comecei andando sozinho por todo o Brasil. Às vezes, gente da própria casa achava que tinha algo errado comigo, tendo em vista o que eu almejava. Mas não almejava por mim, sabia dos problemas”. O presidente comparou a situação do Brasil com a de Israel e se colocou com um “ponto de inflexão” para que o país alcance um melhor patamar de desenvolvimento. “Eu sempre dizia nas minhas andanças: olhe o que Israel não tem e veja o que eles são. Agora olhe o que o Brasil tem e o que nós não somos. Onde está o erro? Onde está o ponto de inflexão? E eu me apresentei para ser esse ponto de inflexão”, disse.


VOLTAR