Brasil cai sete posições em ranking global da corrupção » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 16-06-2019 » Schwartsman | Critérios errados de escolha levam a chefes ruins 16-06-2019 » Deysi Cioccari | A eleição de Bolsonaro para além da facada 16-06-2019 » Coworking | Empresa faz ponte entre corporações e startups 16-06-2019 » Tostão | Seleção não empolgou nem decepcionou 16-06-2019 » Angela Alonso | Só não viram deslizes os cegos de ódio pelo vilão 16-06-2019 » Reinaldo Lopes | O que pode explicar o fim de povos amazônicos 16-06-2019 » Padiglione | Paródia de Moro compensa timidez editorial da Globo 16-06-2019 » PVC | Copa América deixou uma coleção de lendas 16-06-2019 » Stycer | Emissoras usam confusão entre ator e personagem 16-06-2019 » Marcos Lisboa | Não se sabe como os vazamentos terminam 16-06-2019 » Fernanda | O totalitarismo iguala Hitler, Mao, Mussolini, Stálin 16-06-2019 » Antonio Prata | O maior caso de delírio coletivo da história humana 16-06-2019 » Pediu demissão após fala de Bolsonaro | CPI do BNDES quer que Levy explique demissão e 'caixa preta' 16-06-2019 » Mais Copa feminina | Após sofrer 17 gols, Tailândia marca e leva comissão às lágrimas 16-06-2019 » A cara do bebê real | Meghan e príncipe Harry mostram o rosto de Archie pela 1ª vez 16-06-2019 » Não deve ficar no PSG | Livre no mercado, Dani Alves avisa que 'não tem medo de desafios' 16-06-2019 » Caso Neymar | Novo advogado diz que Najila é vítima de 'fanáticos do futebol' 16-06-2019 » Delis Ortiz | Repórter da Globo dá uma Bíblia a Bolsonaro após café no Planalto 16-06-2019 » Mortos no Rio em abril | MPF apela a Dodge para investigar militares que fuzilaram músico e catador 16-06-2019 » Mais sobre vazamentos | 'Chat secreto' e envio de arquivos levaram MPF a adotar Telegram
Publicidade
27 de janeiro de 2016

Brasil cai sete posições em ranking global da corrupção

Imagem Reprodução

Imagem Reprodução

O Brasil caiu sete posições na edição deste ano do ranking global da corrupção divulgado pela ONG Transparência Internacional nesta quarta-feira (27). Como refere a Folha de S. Paulo, as economias emergentes continuam se esforçando para eliminar a corrupção, diz a organização em seu informe anual. A ONG destaca que no Brasil houve um aumento da percepção de corrupção após o escândalo da Lava Jato. “Não é de se surpreender que o Brasil, em meio ao maior escândalo de corrupção de sua história no caso Petrobras, tenha sido o país da América que mais caiu no índice este ano”, cita o relatório. A ONG realiza anualmente o estudo que mede a percepção do fenômeno da corrupção. A instituição destacou que tanto na América Latina como em outras regiões houve significativo avanço nas investigações e na punição de pessoas que, há apenas 12 meses, pareciam intocáveis. A reportagem esclarece que os países latino-americanos menos corruptos, segundo a ONG, são o Uruguai, na 21ª colocação, Chile, na 23ª, e Costa Rica, na 40ª. A pior pontuação na região é da Venezuela, na 158ª posição, atrás de países como Cuba, na 56ª, México, na 95ª, e Argentina, na 107ª. O ranking é encabeçado por três países nórdicos –Dinamarca, Finlândia e Suécia. Já os governos repressivos e países que sofrem conflitos estão nas últimas posições, como Afeganistão, Coreia do Norte e Somália.


VOLTAR