Brasil já é o segundo maior exportador mundial de milho » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 23-07-2019 » Tragédia completa 6 meses | Cruzamento de dados ajuda em buscas e resgata histórias em Brumadinho (MG) 23-07-2019 » Brasil líder de preservação? | Cientistas questionam 'guru ambiental de Bolsonaro' 23-07-2019 » Novo primeiro-ministro | Pró-Brexit, Boris Johnson é eleito e será o novo premiê do Reino Unido 23-07-2019 » Acordo Mercosul-UE | Eurodeputados desconfiam de promessas ambientais assumidas pelo Brasil 23-07-2019 » Vítima de parada cardíaca | Jornalista esportivo Juarez Soares morre aos 78 anos 23-07-2019 » Inauguração na Bahia | Após fala sobre NE, Bolsonaro diz ter sangue 'cabra da peste' na família 23-07-2019 » Nova regra de agência | Anvisa adota risco de morte como único critério para classificar agrotóxicos 23-07-2019 » Reinaldo Azevedo | A política do ódio aplicada ao meio ambiente 23-07-2019 » Costa e Silva | A atriz rotulada como 'mulata exportação' 23-07-2019 » Cecilia Machado | O FGTS é um benefício ou um custo? 23-07-2019 » Vera Iaconelli | O trabalho infantil é demérito do Estado 23-07-2019 » Lia Bock | Escolho o casamento aberto. Mas só pra mim 23-07-2019 » Flávio Ricco | Programação coloca Gazeta em situação difícil 23-07-2019 » Juca Kfouri | Um milhão nas ruas e a Terra plana 23-07-2019 » Tales Faria | Somos todos vítimas da intransigência 23-07-2019 » Marcel Rizzo | Libertadores: brasileiros temem pressão argentina 23-07-2019 » Cantuaria | A influencer não vê mais sentido em postar 23-07-2019 » Pablo Ortellado | Presidente parece se divertir com a indignação 23-07-2019 » Sakamoto | Bolsonaro parece governar um quartel 23-07-2019 » Suspeito depôs no RJ | Jovem descobre que foi dopada e vítima de estupro coletivo em vídeo na web
Publicidade
10 de maio de 2019

Brasil já é o segundo maior exportador mundial de milho

Foto Rede Acontece

O Relatório da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO), publicado nessa quinta-feira (9), em Roma, aponta que o Brasil consolidou sua rápida ascensão na produção de milho, tornando-se o segundo maior exportador mundial do cereal. Há 10 anos, o país detinha apenas 1% do mercado global e agora já é responsável por 25% do total mundial das vendas do produto. O estudo da FAO destaca também que a Índia foi, pela segunda vez consecutiva, o maior produtor mundial de açúcar, destronando uma vez mais o Brasil. Ainda assim, o país sul-americano continua a ser o maior exportador mundial do produto. Uma das razões que explicam o aumento da produção de milho brasileira está na utilização do produto para a fabricação de etanol. Segundo dados apresentados recentemente pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), dos 30,3 bilhões de litros de etanol que serão produzidos no Brasil nesta safra, 1,4 bilhão será fabricado a partir do milho. A informação consta no 1º Levantamento da Safra 2019/2020 de cana-de-açúcar da Conab, que traz dados sobre o etanol produzido a partir da cana e do milho. Apesar de ainda representar um percentual baixo, na comparação com o total produzido (4,62%), a extração de etanol a partir do milho é vista de forma positiva pelo potencial de crescimento em termos de mercado, e pela possibilidade de ser mais uma opção de escoamento da produção brasileira do cereal, que é uma das maiores do mundo.


VOLTAR