Brasil volta a ter voo direto para Israel após sete anos » Rede Acontece
Últimas
26-03-2019 » Novos smartphones | Tira foto da Lua! Huawei lança celular P30 com super zoom 26-03-2019 » Com a mulher | Bolsonaro foi ao cinema de manhã e só iniciou agenda às 11h30 26-03-2019 » Fará participações | TV Gazeta contrata Alckmin para programa de Ronnie Von 26-03-2019 » Valores na CLT | Veja o ranking das folhas de pagamento dos clubes da Série A 26-03-2019 » Amistoso em Praga | Brasil enfrenta a República Tcheca às 16h45; siga o pré jogo 26-03-2019 » PEC da Previdência | Líderes da Câmara anunciam veto a BPC e aposentadoria rural na reforma 26-03-2019 » Mandato vai até setembro | Chefe da Procuradoria Militar faz lobby para suceder Dodge na PGR 26-03-2019 » Mudança na equipe | Carlos Bolsonaro deve perder espaço com troca na comunicação do Planalto 26-03-2019 » Lance no Paulistão | Como polêmica sobre VAR extrapola guerra entre Palmeiras e FPF 26-03-2019 » 'Uma crise atrás da outra' | Derrotas de Moro e dúvida no STF deixa PF em alerta 26-03-2019 » Programa faz 30 anos | Quem é a mulher que comanda as 200 bailarinas do Faustão 26-03-2019 » Coisa Mais Linda, da Netflix | F. Vasconcellos vive vítima de violência em série: 'Me coloquei no lugar dela' 26-03-2019 » Governo: modo de usar | Como 'nova política' de Bolsonaro rejeita articulação e ameaça Previdência 26-03-2019 » Em recuperação judicial | Avianca Brasil decide fechar 21 rotas, 40% do total; veja destinos afetados 26-03-2019 » Ela é dona do jogo | Renata Fan: 'Não testariam homens como me testaram' 26-03-2019 » Pressão dos parceiros | Mulheres contam como transavam sem vontade por violência psicológica 26-03-2019 » Zona de risco em BH | UOL.DOC: Medo de rompimento assombra condomínios de luxo
Publicidade
corretora de seguros
INTERSORFT 100 MEGA
14 de dezembro de 2018

Brasil volta a ter voo direto para Israel após sete anos

Foto Rede Acontece

Desde novembro de 2011, quando a companhia israelense El Al cancelou a rota São Paulo-Tel Aviv, o Brasil não tinha uma ligação direta com Israel. A história muda a partir desta quarta-feira (12), quando a Latam inaugura o voo ligando Guarulhos ao aeroporto internacional Ben Gurion, o único direto entre a América Latina e Israel. É ainda a primeira operação da Latam para o continente asiático.

A rota terá três frequências por semana, saindo de Santiago -antes da escala no Brasil- às segundas, quartas e sábados. Operado por um Boeing 787 Dreamliner, o voo tem duração estimada de 14 horas no trecho entre Guarulhos e Tel Aviv. Serão 217 assentos na classe econômica e 30 na executiva Premium Business.

A nova rota foi apresentada à imprensa na noite desta terça (11), no Clube Hebraica, em São Paulo, em evento que contou com a presença do embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley.

“Estamos agora em um momento histórico, com essa troca de governo, com o carinho que tem o novo governo por Israel, vai ser sensacional”, afirmou Shelley em seu discurso, referindo-se ao presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), que ensaia uma aproximação entre Brasil e Israel.

“Tudo acontece com um dedo de Deus, não existe coincidência”, disse à reportagem o embaixador quando questionado sobre o novo momento entre os dois países.

O gerente de negócios da GRU Airport, concessionária que administra o aeroporto de Guarulhos, João Pita, destacou que o novo voo “não é uma rota óbvia, é uma rota importante, necessária, mas não é evidente”.

O forte turismo religioso de Brasil, Argentina e Chile foi apontado por André Sena, gerente sênior de vendas da Latam, como um dos fatores que levaram a companhia a planejar a rota aproveitando o espaço deixado pela El Al.

Tel Aviv é o sétimo novo destino da Latam neste ano, que inaugurou voos para Boston, Las Vegas, Lisboa e Roma, entre outros.

Para o ano que vem, a companhia já iniciou a venda de passagens do voo São Paulo-Munique, que começa a operar em junho, e anunciou que vai operar voos para Montego Bay (Jamaica), a partir de Lima, e Mount Pleasant (Falklands/Malvinas), a partir de São Paulo.


VOLTAR