Brumado: dois réus irão a júri popular na próxima terça-feira por homicídio e dupla tentativa de homicídio no Bairro São Felix » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 10-04-2020 » Durante pandemia | W. Safadão reduz os salários para manter músicos contratados 10-04-2020 » Casada com ele | Iris revela que brigou 'até judicialmente' com Silvio Santos 10-04-2020 » Porsche raro | Motorista quebra quarentena em Nova York e destrói carro 10-04-2020 » Fez xixi na sala | 'Passou dos limites', diz Tiago sobre atitudes de Flayslane 10-04-2020 » Marta Supernova | Nova namorada de Bruna Linzmeyer é DJ e artista visual 10-04-2020 » Assista e vote | Messi x Ronaldinho: quem fez os melhores gols de falta? 10-04-2020 » Coronavírus | Doria ameaça multar e prender se isolamento em SP não chegar a 60% 10-04-2020 » Exclusivo | Presidente da Fifa: 'Por nenhum jogo vale a pena arriscar uma vida' 10-04-2020 » Em tempos de pandemia... | Séries médicas mostram relevância e por que ainda fazem tanto sucesso 10-04-2020 » Josimar Melo | Há quem viva o mundo todo, mas sem sair do lugar 10-04-2020 » Atila Iamarino | Quanto nós valorizamos cada vida? 10-04-2020 » M. Goldenberg | A face mais perversa da pandemia 10-04-2020 » Torres Freire | PEC pode ajudar BC a reduzir pânico dos juros 10-04-2020 » Juca Kfouri | O mundo do futebol está com a bola parada 10-04-2020 » B. Boghossian | Coronavírus pesa em dobro sobre os mais pobres 10-04-2020 » C. Calligaris | Na pandemia, governo mente e piora situação 10-04-2020 » Lia Bock | Foi em uma quarentena que Deus fez a tela 10-04-2020 » Dan Josua | O mundo terrível que construímos a partir do noticiário 10-04-2020 » Benjamin Back | A Arena Corinthians é impagável! 10-04-2020 » Ricardo Kotscho | Bolsonaro venceu batalha de comunicação
Publicidade
7 de outubro de 2019

Brumado: dois réus irão a júri popular na próxima terça-feira por homicídio e dupla tentativa de homicídio no Bairro São Felix

Foto Sudoeste Acontece

Foram denunciados pela prática, em tese, de homicídio qualificado por motivo torpe, dissimulação e emboscada – recurso que impossibilitou a defesa da vítima, e para assegurar a vantagem de outro crime, em relação à vítima Reginaldo Cerqueira Viana, os réus Paulo Sérgio de Santana Sá e Maicon dos Santos Ramos, e mais duas tentativas de homicídio contra relação a Joab dos Santos Silva e Genivaldo Vieira Mendes. O juri acontecerá na próxima terça-feira (08) no Fórum Juíza Leonor da Silva Abreu. De acordo com a denúncia da ação penal, no dia 12 de dezembro de 2015, por volta de 18h, na Rua Chagas Diniz, 34 – Bairro São Félix, em Brumado, os acusados Paulo e Maicon mataram Reginaldo Cerqueira por motivo torpe e recurso que impossibilitou a defesa da vítima, e para assegurar a vantagem de tráfico de drogas. Ainda de acordo com a denúncia, no mesmo instante tentaram matar Joab dos Santos Silva e Genivaldo Vieira Mendes, nas circunstâncias e pelos motivos acima descritos, não consumando os homicídios porque os dois conseguiram fugir. Na data dos fatos as vítimas estavam dentro de um automóvel estacionado por falta de combustível; os acusados trafegavam de motocicleta pelo local e as vítimas pediram que eles trouxessem combustível, tendo eles negado e saído. Ocorre que minutos após retornaram, acompanhados de um adolescente, estando os três em duas motocicletas. Aproximaram-se rapidamente, Joab percebeu que estavam armados e correu, entrando em beco, tendo os elementos atirado também em sua direção. Reginaldo e Genivaldo estavam no banco do carona e os acusados, acompanhados do adolescente, começaram a atirar; Genivaldo se esquivou no assoalho do carro e, embora atingido na mandíbula, saiu correndo para um matagal; Reginaldo permaneceu dentro do automóvel e recebeu onze disparos de armas de fogo, morrendo no local. Dentro do carro havia cinquenta e quatro tubos ou pinos de cocaína, que seriam vendidos por Reginaldo em um evento no Parque de Exposições. Segundo a denúncia, a morte ocorreu porque o acusado Maicon disputava pontos de venda de drogas com a vítima, tendo o crime sido motivado para assegurar a vantagem ou lucro oriundo do tráfico de drogas.


VOLTAR