Arquivos Economia » Brumado Acontece
CENTRO SÃO GABRIEL PROS GRADUAÇAO INTERSOFT GRAFICA LAB CLINICA MASTER supermercado central
18-05-2018

Financiamentos de veículos novos crescem 39,2%

Foto Rede Acontece

Foto Rede Acontece

O financiamento de veículos novos no Brasil cresceu 39,2% em abril ante igual mês do ano passado, com a realização de 174,3 mil vendas a crédito, mostra levantamento da B3, que considera os segmentos de automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus e motocicletas. O aumento é expressivo porque abril deste ano contou com três dias úteis a mais que abril do ano passado. Na comparação com março, que teve o mesmo número de dias úteis, foi verificada queda de 2,5%. Entre os usados, os financiamentos somaram 292,1 mil unidades no quarto mês do ano, alta de 23,4% em relação a igual mês do ano passado, mas recuo de 1,9% na comparação com março. Das modalidades de financiamento, o Crédito Direto ao Consumidor (CDC) foi o que apresentou o maior crescimento em abril ante igual mês do ano passado, a um ritmo de 32%. Com isso, passou a representar 84,5% do total de unidades financiadas. Consórcio e leasing, que tiveram alta de 18,2% e queda de 12,6%, respectivamente, agora correspondem a 13,9% e 0,7% do total.

17-05-2018

Política de preços da gasolina é perversa, dizem donos de postos

Foto Rede Acontece

Foto Rede Acontece

Com a escalada dos preços dos combustíveis, a federação que reúne os donos de postos de gasolina decidiu expor publicamente insatisfação com a atual política de preços da Petrobras e a carga tributária. Em carta divulgada nesta quarta (16), a Fecombustíveis (Federação do Comércio de Combustíveis e Lubrificantes) diz que a política é perversa e que vem gerando dificuldades financeiras no setor de revenda. Desde outubro de 2016, a Petrobras passou a acompanhar mais de perto a variação das cotações internacionais e do câmbio. No fim de junho de 2017, anunciou que os reajustes passariam a ser diários, para competir com a importação por terceiros. Segundo a Fecombustíveis, entre 1º de julho de 2017 e 15 de maio de 2018, diz a entidade, a gasolina nas refinarias teve aumento de 42,25%.Nas bombas, o aumento acumulado é de 21,28%, segundo dados da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis). “A política de preços adotada pela Petrobras em suas refinarias está trazendo prejuízo para famílias e empresas brasileiras que dependem de um bem prioritário”, diz a Fecombustíveis. Nas últimas semanas, com a escalada do petróleo e do câmbio, os reajustes têm se intensificado. Entre o dia 30 de março e o dia 15 de abril, por exemplo, a alta da gasolina nas refinarias foi de 17%. No diesel, foram 20%. A Petrobras alega que não tem poder de formação de preços e que não deixará de vender combustíveis abaixo das cotações internacionais, política que gerou perdas bilionárias durante os governos petistas. A Fecombustíveis reconhece que a gestão da estatal tem melhorado suas contas e a atração de investidores, mas questiona o Leia mais »

Tags:
15-05-2018

Caixa Econômica Federal fecha agências e vende imóveis de olho em lucro de R$ 9 bilhões

Foto Rede Acontece

Foto Rede Acontece

A Caixa aprovou uma meta de lucro para 2018 de R$ 9 bilhões, resultado que será alcançado graças a um corte de custos operacionais de R$ 2,6 bilhões. Boa parte desse enxugamento virá do fechamento de agências. Serão encerradas as atividades de cerca de 100 agências cujas operações são consideradas insustentáveis ou aquelas que disputam clientes em endereços muito próximos. Com isso, o banco passará a possuir 4,1 mil agências, segundo pessoas que participam das conversas. A meta foi aprovada pelo conselho de administração da instituição, que se reuniu na última quinta-feira (10). A mudança de curso na Caixa rumo à profissionalização do banco será um dos temas de evento que a instituição organizará no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, nesta quarta-feira (16). O encontro reunirá 6 mil gerentes de todo o país, com show de axé e o ex-jogador de futebol Cafu como palestrante motivacional, como mostrou reportagem da Folha de S.Paulo. A ideia é transmitir aos gestores que a instituição, daqui para a frente, terá que atuar com uma independência maior do governo federal. Para isso, o banco precisa ser eficiente e estar atento a riscos e retorno das operações. A nova postura começa a Leia mais »

14-05-2018

Feira de Santana: vereador vai a cavalo para Câmara em protesto contra preço de combustíveis

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

O vereador Edvaldo Lima (PP) fez um protesto inusitado nesta segunda-feira (14) para se deslocar até o prédio da Câmara Municipal de Feira de Santana. Como prometido pelo parlamentar na semana passada, o roteiro normalmente feito com seu veículo seria modificado, pois ele chegaria montado em um cavalo. Com cartazes que indicavam irritação com mais um aumento de combustíveis, Edvaldo declarou que não vai parar por aí e fará outros protestos nos próximos dias. “Eu ainda não sei como, se chegarei de bicicleta, andando ou de outra maneira, porém não podemos ficar de braços cruzados com uma gasolina custando quase R$ 5,00?, disse. O vereador do partido progressista afirma ainda que se for possível vai comprar um cavalo, isso porque precisou de apenas 20 minutos para sair de sua casa até o centro da cidade.

14-05-2018

Após cinco anos em queda, mortes no trânsito têm alta de 23% em 2017

Foto Rede Acontece

Foto Rede Acontece

O Brasil voltou a registrar aumento no número de mortes relacionadas ao trânsito. Em 2017, foram 41.151 vítimas de acidentes envolvendo veículos automotores, ante 33.547 em 2016, uma alta de 23%. O dado, obtido com exclusividade pelo Estado via DPVAT (seguro obrigatório de automóveis), interrompe uma sequência de cinco anos na queda da letalidade nas ruas, avenidas e estradas do País. A última alta, observada em 2012, havia sido de 5% – um salto para 60.752 óbitos na ocasião. Com isso, a violência do trânsito provocou um impacto econômico de R$ 199 bilhões no ano passado, ou 3,04% do Produto Interno Bruto (PIB) do País. O valor corresponde ao que seria gerado pelo trabalho das vítimas, caso não tivessem se acidentado, segundo dados do Centro de Pesquisa e Economia do Seguro (Cpes), órgão da Escola Nacional de Seguros. O fator que mede a perda da capacidade produtiva é chamado de Valor Estatístico da Vida (VEV), ou seja, o quanto cada brasileiro é capaz de produzir em vida.
De acordo com os dados do DPVAT, o número de mortes em 2017 seguiu na contramão das estatísticas totais com cobertura do seguro, que registra apenas os casos com óbitos e sequelas permanentes. Nos últimos três anos, o volume de acidentes caiu pela metade, saindo de 763,4 mil em 2014 para Leia mais »

14-05-2018

Copom deve voltar a reduzir taxa Selic nesta semana

Foto Rede Acontece

Foto Rede Acontece

Com a inflação baixa, o mercado financeiro espera pelo último corte na taxa básica de juros (Selic) no atual ciclo de redução, na próxima quarta-feira (16). A terceira reunião do ano do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC), começa na terça-feira (15) e segue até o dia seguinte, quando será anunciada a taxa Selic. Em março, o Copom reduziu a Selic pela décima segunda vez seguida, de 6,75% ao ano para 6,5% ao ano, o menor nível desde o início da série histórica do Banco Central, em 1986. A taxa básica de juros é usada nas negociações de títulos públicos no Sistema Especial de Liquidação e Custódia (Selic) e serve de referência para as demais taxas de juros da economia. Ao reduzir os juros básicos, a tendência é diminuir os custos do crédito e incentivar a produção e o consumo. Para cortar a Selic, a autoridade monetária precisa estar segura de que os preços estão sob controle e não correm risco de subir. Na última reunião do Copom, o BC sinalizou que faria mais uma redução da Selic em maio e encerraria os cortes na taxa. O economista sênior da Tendências Consultoria, Silvio Campos Neto, acredita que a taxa Selic terá mais um corte de 0,25 ponto percentual, nesta reunião, como indicado pelo BC em março. “Continuamos com a expectativa de mais uma queda de 0,25 ponto percentual, que vai ser a última, nesse nosso cenário. A situação ainda é confortável do ponto de vista da inflação” Leia mais »

Tags:
12-05-2018

Embasa reajusta conta de água em 4,09%

Imagem Divulgação

Imagem Divulgação

Será publicado no Diário Oficial do Estado deste sábado (12) reajuste tarifário de 4,09% no valor dos serviços de água e esgoto prestados pela Embasa – Empresa Baiana de Águas e Saneamento. O reajuste anual, que visa recompor as perdas inflacionárias dos custos de prestação dos serviços, foi autorizado pela Agência Reguladora de Saneamento Básico do Estado da Bahia – Agersa, órgão responsável pela fiscalização do setor. O percentual será aplicado de forma linear sobre as tarifas vigentes e passa a vigorar 30 dias depois da data de publicação do reajuste. Previsto em lei, o reajuste tem correção anual e visa recompor a variação da inflação do período, corrigido pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), e índices inflacionários variáveis ligados aos insumos da atividade da Embasa, a exemplo de energia elétrica, um dos principais custos operacionais da prestadora. Com o reajuste, o valor da tarifa mínima residencial social passará de R$ 12,30 para R$ 12,80; a mínima residencial intermediária será majorada de R$ 24,20 para R$ 25,20; e a mínima residencial normal subirá de R$ 27,50 para R$ 28,60.

11-05-2018

Preço médio da gasolina na Bahia chega a R$ 4,33

Foto Rede Acontece

Foto Rede Acontece

Com valor médio de R$ 4,27 o litro, a gasolina tem aumentado cada vez mais de preço e vem sofrendo alterações constantes em todo o país. Na Bahia, o preço médio do combustível é de R$ 4,33, de acordo com dados levantados pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) entre os dias 29 de abril e 5 de maio. O aumento do preço levou o Ministério Público da Bahia (MP-BA) a instaurar um inquérito civil para investigar os sucessivos aumentos nos postos de gasolina em Salvador. Entre os municípios baianos, Feira de Santana é o lugar onde o consumidor pode comprar gasolina a um preço mais “acessível”, com a média de custo de R$ 4,04. Já o local onde é mais caro abastecer com gasolina é na cidade de Porto Seguro, onde a o combustível pode ser adquirido a média de R$ 4,763 o litro. Comparado a dezembro de 2017, quando o líquido a base de petróleo custava R$ 4,621 na cidade, o preço teve um aumento de R$ 0,14. No ano passado, Porto Seguro foi, pela quinta vez consecutiva, o município baiano onde a gasolina tinha o preço mais elevado. Quando se trata de margem de lucro para os donos de postos, a média estadual é de R$ 0,54, sendo Juazeiro o município com melhor rendimento, garantindo vantagem de R$ 0,85 para os empresários a cada litro de gasolina. Desde o ano passado, o município localizado no Vale do São Francisco tem sido o melhor lugar na Bahia para se vender combustível. Já a cidade com a menor margem de lucro é Serrinha, com proveito de R$ 0,32 por litro. Em Salvador, a média de preço da gasolina é de R$ 4,126, com uma margem de lucro de R$ 0,40 para os donos de postos. De acordo com o diretor executivo da Sindicombustíveis, Marcelo Travesso, todo esse processo de reajuste nos preços do combustível começou em julho de 2017, quando a Petrobras mudou a sua forma de tramitar os seus produtos. De fevereiro até hoje, o reajuste foi de 15% no preço do combustível, aumentando 5,5% nos postos de Salvador. “A gente está vendo reclamação e preocupação pelo preço porque as pessoas estão estabelecendo como referência a última semana de abril, quando a concorrência estava muito acirrada entre os postos”, afirma. Segundo diretor, o preço do combustível é determinado a partir do mercado internacional, acompanhando o valor do dólar, e se os preços estão altos é porque estão acompanhando o mercado internacional. Isso tudo se reflete nos preços dos postos que, como são concorrentes, acaba aumentando o preço da gasolina para sobreviver Leia mais »

Tags:
10-05-2018

Lucro do Banco do Brasil cresce 20,3% de janeiro a março

Foto Rede Acontece

Foto Rede Acontece

O Banco do Brasil registrou lucro ajustado de R$ 3,02 bilhões entre janeiro e março, valor 20,3% superior ao registrado em igual período do ano passado e 5,1% inferior ao três meses imediatamente anteriores. Os dois principais fatores a motivar o incremento, segundo o Uol, foram os segmentos de pequenas e médias empresas e o financiamento automotivo. O vilão, por outro lado, foi o encolhimento de 22,2% no crédito na comparação anual.

10-05-2018

Mercosul e União Europeia podem fechar acordo de livre comércio

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

O Mercosul e a União Europeia estão “muitos próximos” de assinar um acordo de livre comércio. O embaixador da União Europeia (EU) no Brasil, João Cravinho, disse acreditar que o acordo deve sair entre junho e julho deste ano. O fechamento do acordo, segundo ele, depende apenas que os dois lados superem algumas diferenças nos setores agroindustrial e industrial. A declaração do embaixador foi feita em meio ao início em todo o Brasil da 14ª edição da Semana Europeia, que começou nesta quarta-feira (9), data de celebração do Dia da Europa. Cravinho não quis entrar em detalhes sobre as diferenças que existem entre as propostas da União Europeia e as do Mercosul. “Isso faz parte do segredo do negócio”, argumentou. Admitiu, porém que as diferenças atrasam o processo de negociação, uma vez que “têm algum impacto e algum valor para o lado europeu e para o lado brasileiro, e o lado do Mercosul em geral”. O embaixador afirmou que, apesar das dificuldades em curso, tanto os consumidores europeus quanto os do Mercosul terão muitos benefícios com o acordo, lembrando que os produtores brasileiros poderão colocar café, carne e inúmeros outros artigos nas prateleiras do comércio varejista da Europa, de Leia mais »

10-05-2018

Polícia prende dono da marca de refrigerantes Dolly

Reprodução/Facebook/Dolly Refrigerantes

Reprodução/Facebook/Dolly Refrigerantes

O empresário Laerte Codonho, um dos sócios da companhia de refrigerantes Dolly, foi preso na manhã desta quinta-feira (10), em sua casa, na Granja Viana, em Cotia, na Grande São Paulo. A Polícia Militar foi acionada pelo Ministério Público de São Paulo e acompanhou a prisão do executivo. Segundo a PM, não houve resistência. Ele deve ser levado para o 77º DP, na região central de São Paulo. A reportagem apurou que a operação que resultou na prisão de Codonho está sob o guarda-chuva do Gedec (grupo especial do Ministério Público que investiga crimes contra a ordem econômica). Segundo a TV Globo, investigações apontaram fraude fiscal estruturada, organização criminosa e lavagem de dinheiro, num total desviado de R$ 4 bilhões. A Justiça considerou, de acordo com informações preliminares, que a empresa comandada por Codonho demitiu funcionários e os recontratou em outra companhia para fraudar o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Procurada, a Dolly ainda não se posicionou.

10-05-2018

Preço da cesta básica caiu em 16 capitais no mês de abril

Foto Rede Acontece

Foto Rede Acontece

Dados do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) revelam que o valor da cesta básica sofreu quedas em 16 capitais em abril. A Pesquisa Básica de Alimentos do mês, que avalia os preços em 20 cidades, mostrou que as maiores reduções foram registradas em três capitais do Nordeste: João Pessoa (4,02%), Recife (2,73%) e Fortaleza (2,58%). Outro resultado positivo foi o dos preços nos últimos 12 meses, que diminuíram em todas as capitais. De acordo com o levantamento, as seis cestas mais baratas foram encontradas em capitais do Nordeste. João Pessoa foi a cidade com variação mais expressiva (-12,22%), seguida por Salvador (-11,24%) e Fortaleza (-10,42%). As cestas mais baratas foram encontradas em Salvador (R$ 325,42), Recife (R$ 333,11) e João Pessoa (R$ 335,77). Entre março e abril, açúcar, tomate e óleo de soja ficaram mais em conta: o quilo do açúcar refinado caiu em 16 cidades, e os preços do tomate e do óleo caíram em 15 cidades.

10-05-2018

Chapada Diamantina: PM frustra suposta tentativa de ocupação no Parque da Cachoeira do Buracão

Foto Divulgação

Foto Divulgação

Uma operação que contou com apoio das guarnições da (34 CIPM), CIPE/Central e CIPPA/Lençóis, impediu que um grupo tentasse uma ocupação irregular no Parque da Cachoeira do Buracão na divisas dos municípios Ibicoara e Iramaia na Chapada Diamantina. Foram feitas feitas inúmeras abordagens a transeuntes e veículos, para fins de coibir uma possível ocupação irregular. Nessa diligência, os militares incursionaram a pé por cerca de 5 km, chegando até a divisa entre os municípios onde confirmaram a veracidade das denúncias que foram relatadas à Secretaria de Meio Ambiente e Turismo de Ibicoara. As denúncias trataram da criação clandestina de vias de acesso ao parque, com uso, inclusive, de maquinários pesados, como tratores, além da tentativa de danificar o marco de delimitação territorial do local, o que não ocorreu por conta da intervenção policial realizada.

10-05-2018

Alta do petróleo prejudica companhias aéreas

Foto Rede Acontece

Foto Rede Acontece

A recente alta do petróleo é motivo de comemoração para petrolíferas e outras empresas que têm seu ganho atrelado à matéria-prima, e de preocupação para companhias aéreas, que sofrem com a perspectiva de que a alta encareça o combustível que usam, elevando seus custos. A decisão dos Estados Unidos de deixarem o acordo nuclear com o Irã fez o petróleo subir 3% nesta quarta-feira (9), para US$ 77. No ano, o barril do Brent, negociado em Londres e referência internacional, acumula valorização de 15,5%. O WTI, dos Estados Unidos, sobe 17,9%. A alta da cotação da commodity se refletiu na forte valorização das ações da Petrobras e de outras petroleiras nesta sessão. Os papéis mais negociados da estatal dispararam 8,16%, para R$ 24,78. As ações com direito a voto tiveram desempenho ainda mais expressivo: alta de 10,02%, para R$ 27,22. “É natural que as petrolíferas se beneficiem, porque são empresas cujas receitas estão atreladas ao preço do petróleo. Agora quem tem o petróleo e derivados como insumos tende a se prejudicar”, avalia Ronaldo Patah, estrategista de investimentos do UBS Wealth Management. Nesse bolo estão as companhias aéreas, cujos papéis se desvalorizaram nesta sessão: a Azul perdeu 6,32%, e a Gol despencou 9,85%, também afetada pela queda de 9,3% no lucro líquido no primeiro trimestre, para R$ 147,5 milhões. “Elas têm uma correlação com o custo com o óleo. São dois agravantes: o dólar para cima e petróleo para cima. O combustível fica mais caro e é pago em dólar”, afirma Raphael Figueredo,

10-05-2018

Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 30 milhões nesta quinta

imagem reprodução

imagem reprodução

O concurso 2.039 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 30 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h (horário de Brasília) desta quinta-feira (10) na cidade de Santa Terezinha de Itaipu (PR). De acordo com a Caixa Econômica Federal, com o valor integral do prêmio, o ganhador poderá comprar dez apartamentos de luxo. Se quiser investir na poupança, receberá mensalmente R$ 111 mil em rendimentos. Excepcionalmente, serão três concursos nesta semana, como parte da “Mega Semana das Mães”. Além do sorteio de quinta, houve um na terça (8); o último será no sábado (12). Normalmente, os sorteios ocorrem às quartas e sábados.


“Qual o seu maior desejo para 2018?”

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

AQUIVO ACONTECE

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com