Caiado toma posse em Goiás; rombo nas contas públicas será o maior desafio » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 21-05-2019 » Mundial na França | Seleção feminina embarca para Copa e quer honrar pioneiras 21-05-2019 » Pode levar câmera? | Veja os itens proibidos pela organização para o show do BTS 21-05-2019 » Está com Marcola | Nº 2 do PCC pede para sair de presídio federal por falta de dignidade 21-05-2019 » Presos por corrupção | José Dirceu e Eduardo Cunha estão dividindo cela em Curitiba 21-05-2019 » Carro se partiu em 15 | Homem morre ao dirigir a 220 km/h e bater em carreta no Maranhão 21-05-2019 » Na Brasilândia | PM afasta suspeitos de agredir homem com voadora em SP 21-05-2019 » Ação de Impeachment no RJ | Empresas envolvidas em acusação contra Crivella foram negativadas após contrato ser renovado 21-05-2019 » Aviação | Câmara deve votar hoje MP que libera aérea estrangeira e mala grátis, diz líder do governo 21-05-2019 » Temem aumento da violência | Em carta aberta, 14 governadores pedem o cancelamento do decreto sobre armas 21-05-2019 » Criticou Olavo | Gritar "fora, Mourão" é uma burrice, diz general em evento pró-Bolsonaro no DF 21-05-2019 » Ação do Exército no Rio | Músico foi baleado por militares 8 vezes mesmo desacordado, diz denúncia 21-05-2019 » Barão de Cocais (MG) | "Brumadinho não sai da cabeça": como é a vida à sombra de mina que pode desmoronar 21-05-2019 » Transmissão na TV | Globo topa não multar Palmeiras e acordo se aproxima 21-05-2019 » Regras para 2020 | Conmebol veta times de 2ª divisão na Libertadores e Sul-Americana 21-05-2019 » Estreia no festival de Cannes | Crítica: Era Uma Vez em Hollywood, filme de Tarantino, é uma decepção monumental 21-05-2019 » Atos em 170 cidades | Planalto vê risco de ato pela educação afetar apoio à Reforma da Previdência 21-05-2019 » Atos marcados para domingo | Bolsonaro decide não ir a atos e orienta ministros a não participarem 21-05-2019 » Juca Kfouri | Moro não mexeu na cumbuca do futebol 21-05-2019 » Clóvis Rossi | Nicolás Maduro ganhou, oposição se rende 21-05-2019 » Diogo Schelp | Cristina Kirchner imita Putin com nomeação
Publicidade
INTERSORFT 100 MEGA
corretora de seguros
2 de janeiro de 2019

Caiado toma posse em Goiás; rombo nas contas públicas será o maior desafio

Foto Reprodução

Ronaldo Caiado (DEM) e o seu vice, Lincoln Tejota (PROS), tomaram posse para o primeiro ano de mandato à frente do estado de Goiás. A cerimônia foi realizada na manhã desta terça-feira (1º) na Assembleia Legislativa do estado. Em uma rede social, Caiado disse que vai governar para todos os goianos. “Não sou governador apenas dos que me elegeram, sou governador de todos os goianos e todos que habitam no estado de Goiás. Saberei respeitá-los. Nosso compromisso é de resgate da cidadania, de apoio, de dignidade”, escreveu na mensagem. O novo governador afirmou que tem muitos desafios pela frente, como diminuir o rombo nas contas do estado que, segundo ele, atingiu R$ 3,4 bilhões. Para isso, Caiado planeja atrair empresas dos setores de agronegócio, mineração e turismo. “Queremos atrair empresas de todo o mundo”, disse. Com 69 anos dos quais 30 como político, Caiado foi eleito governador de Goiás com 59,7% dos votos (1,7 milhão). José Eliton (PSDB), que era candidato à reeleição, teve 13,73% (407,5 mil), e o deputado federal Daniel Vilela (MDB), 16,14% (479,1 mil). O democrata protagonizou, em setembro de 2018, uma polêmica no debate realizado pelo jornal O Popular e pela CBN Goiânia. “Beijava minha mão”, disse ele sobre José Litonde, afirmando que o governador derrotado nas urnas vivia lhe agradecendo por ajudá-lo a ascender na vida pública.


Tags:
VOLTAR