Caiado toma posse em Goiás; rombo nas contas públicas será o maior desafio » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 18-08-2019 » Assista aos gols | Bruno Henrique brilha, Diego Alves pega pênaltis, e Fla goleia Vasco por 4 a 1 18-08-2019 » 1 a 1 no Brasileirão | Grêmio empata no fim, e Palmeiras perde vice-liderança; veja gols da partida 18-08-2019 » Texto aprovado na Câmara | Bolsonaro adianta que projeto de lei de abuso de autoridade 'vai ter veto' 18-08-2019 » Argentina | Macri troca ministro da Economia para garantir pacote anticrise 18-08-2019 » Bolsonaro trocou comando | Após interferência, deputados articulam PEC que dá autonomia à PF 18-08-2019 » Em bate-boca com Freixo | Carlos Bolsonaro publica lista de transações suspeitas que inclui irmão 18-08-2019 » Com cargo ameaçado | Delegado da Receita Federal relata interferência de 'forças externas' 18-08-2019 » 2 a 0; veja gols | Apostas de Carille marcam e Corinthians vence Botafogo 18-08-2019 » Mais do Brasileirão | Athletico vence Atlético-MG por 1 a 0 em jogo com apagão; veja gol 18-08-2019 » Tinha 96 anos | Morre o ex-ministro Roberto Gusmão com insuficiência respiratória 18-08-2019 » 'Só quero trabalhar' | Após decisão judicial, Claudia espera um convite da Globo 18-08-2019 » Perdeu para americano | Raphael Assunção é anulado e se distancia de cinturão do UFC 18-08-2019 » Líder da marca | Tudo sobre Kicks, a grande aposta da Nissan no Brasil 18-08-2019 » Para Embaixada dos EUA | Indicação de Eduardo configura nepotismo, diz consultoria do Senado 18-08-2019 » 'Acabei com a masmorra' | Ex-PM condenado por matar mulher dirigiu prisão e agora dá palestra 18-08-2019 » Reportagem mais bizarra que já fiz | De drag queen, João Kléber foi assediado em programa ao vivo 18-08-2019 » Impacto nos mercados | Como turbulência eleitoral afetou os argentinos e 'aproximou' rivais 17-08-2019 » Julianna Sofia | O fantasma do 'shutdown' ronda sempre em agosto 17-08-2019 » Júlio Gomes | Barcelona sem Messi, Barcelona sem nada 17-08-2019 » Josias de Souza | Lei do Abuso se mistura ao cargo na embaixada
Publicidade
2 de janeiro de 2019

Caiado toma posse em Goiás; rombo nas contas públicas será o maior desafio

Foto Reprodução

Ronaldo Caiado (DEM) e o seu vice, Lincoln Tejota (PROS), tomaram posse para o primeiro ano de mandato à frente do estado de Goiás. A cerimônia foi realizada na manhã desta terça-feira (1º) na Assembleia Legislativa do estado. Em uma rede social, Caiado disse que vai governar para todos os goianos. “Não sou governador apenas dos que me elegeram, sou governador de todos os goianos e todos que habitam no estado de Goiás. Saberei respeitá-los. Nosso compromisso é de resgate da cidadania, de apoio, de dignidade”, escreveu na mensagem. O novo governador afirmou que tem muitos desafios pela frente, como diminuir o rombo nas contas do estado que, segundo ele, atingiu R$ 3,4 bilhões. Para isso, Caiado planeja atrair empresas dos setores de agronegócio, mineração e turismo. “Queremos atrair empresas de todo o mundo”, disse. Com 69 anos dos quais 30 como político, Caiado foi eleito governador de Goiás com 59,7% dos votos (1,7 milhão). José Eliton (PSDB), que era candidato à reeleição, teve 13,73% (407,5 mil), e o deputado federal Daniel Vilela (MDB), 16,14% (479,1 mil). O democrata protagonizou, em setembro de 2018, uma polêmica no debate realizado pelo jornal O Popular e pela CBN Goiânia. “Beijava minha mão”, disse ele sobre José Litonde, afirmando que o governador derrotado nas urnas vivia lhe agradecendo por ajudá-lo a ascender na vida pública.


Tags:
VOLTAR