Caixa vai financiar até 80% de imóveis usados para servidores públicos » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 23-05-2019 » Proposta afeta o Mais Médicos | Após "atravessar" acordo do pai, Eduardo Bolsonaro recua sobre Revalida 23-05-2019 » Policial e advogada indiciados | PF conclui que houve obstrução à investigação da morte de Marielle 23-05-2019 » Jogadores brasileiros | Futebol europeu: veja quem está em alta e em baixa na temporada 23-05-2019 » Atacante lesionado | Palmeiras rescinde com Ricardo Goulart; atleta voltará para time chinês 23-05-2019 » Novidade na aviação | Nome da Embraer na aviação civil vira Boeing Brasil - Commercial 23-05-2019 » Massa de manobra? | Lobão sobre Bolsonaro: ataque a estudantes foi 'coisa de imbecil' 23-05-2019 » Briga no Rio | Lutador é preso por matar homem e publicar foto no Instagram 23-05-2019 » Promessa de Trump | EUA mudam de postura e apoiam a candidatura do Brasil à OCDE 23-05-2019 » Conheça a programação | Vem aí Universa Talks, um encontro de mulheres que transformam o mundo 23-05-2019 » Texto vai para o Senado | Acordo exclui ação de auditores, e Câmara aprova MP dos ministérios 23-05-2019 » Acordo com a Globo | Palmeiras cola em Flamengo e Corinthians em cotas de TV e se isola de SP 23-05-2019 » Faziam turismo em Santiago | Família de brasileiros mortos no Chile voltariam ao Brasil para velório 23-05-2019 » Quem fica com o Coaf | Votação que tirou Coaf de Moro abre crise no centrão; PSD é ameaçado 23-05-2019 » Risco em Barão de Cocais | Mar de lama pode atingir 10 mil pessoas em três cidades de Minas Gerais 23-05-2019 » 1,6 mi de mortes em 10 anos | Trânsito mata cinco pessoas por hora no Brasil e custa R$ 3 bilhões ao SUS 23-05-2019 » 'Você é boa na pistola' | Repórter conta o que fez e ouviu para obter posse de arma em 74 dias 23-05-2019 » Cresceu 20 vezes em 10 anos | Energia eólica já é 10% da matriz nacional; veja estados que lideram 23-05-2019 » Ex-zagueiro fala de títulos e polêmicas | Lúcio sobre narração de Galvão na Copa de 2002: 'Totalmente equivocado' 23-05-2019 » Marcio Atalla | 10 dicas para quem já corre ou vai começar 23-05-2019 » Clóvis Rossi | Não fugiu da raia: Cristina Kirchner grita truco
Publicidade
INTERSORFT 100 MEGA
corretora de seguros
12 de junho de 2018

Caixa vai financiar até 80% de imóveis usados para servidores públicos

Foto Rede Acontece

Os servidores públicos poderão financiar um valor maior ao comprarem imóveis usados por meio da Caixa Econômica Federal. O banco elevou, de 70% para 80%, o limite de financiamento, igualando o teto com o usado na compra de unidades novas.

Os demais clientes continuarão a financiar até 70% do valor de imóveis usados e 80% no caso de imóveis novos. Em nota, o banco informou que o aumento do limite para os servidores públicos tem como objetivo beneficiar o segmento com a mais baixa inadimplência e estimular o relacionamento de longo prazo com a instituição financeira.

Tradicionalmente, os servidores públicos, por terem estabilidade no emprego, pagam juros menores e têm condições mais favoráveis de crédito por terem menor risco de inadimplência. Atualmente, a Caixa tem R$ 43,2 bilhões emprestados para servidores públicos em todo o país.

Essa é a segunda alteração no crédito imobiliário da Caixa nos últimos dois meses. Em abril, o banco, que concentra 70% do mercado no setor, reduziu os juros nas linhas para a compra da casa própria com recursos da poupança.

As taxas mínimas do Sistema Financeiro da Habitação (SFH) – que financia imóveis de até R$ 800 mil na maioria do país e de R$ 950 mil em São Paulo, no Rio de Janeiro, em Minas Gerais e no Distrito Federal – caíram de 10,25% para 9% ao ano. Para o Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI), que financia a compra de imóveis acima desse valor, os juros mínimos foram reduzidos de 11,25% para 10% ao ano.


VOLTAR