Câncer de mama já matou 217 pessoas somente neste ano » Rede Acontece
Últimas
19-12-2018 » Política internacional | Bolsonaro critica pacto de migração: Vida na França ficou 'insuportável' 19-12-2018 » Após polêmica | Imagens sacras ficarão no Alvorada, diz Bolsonaro 19-12-2018 » Inclui Sesc e Sesi | O que é o sistema S e por que sua verba causa polêmica 19-12-2018 » Impacto R$ 9,5 mi ao ano | CNJ recria auxílio-moradia a parte dos juízes mesmo com gastos acima do teto 19-12-2018 » Comentou caso João de Deus | Para líder de vítimas de padres, relação com Deus é disfarce para abusadores 19-12-2018 » Fique ligado | Empresas têm até amanhã para pagar 2ª parcela do 13º; veja se tem direito 19-12-2018 » MP abriu mercado de aviação | Chegada de estrangeiros não vai baratear passagem área, dizem analistas 19-12-2018 » Decisão está a cargo do STJ | Governo de SP quer criminalizar dívida de ICMS de 16 mil empresários 19-12-2018 » Contas públicas | Estatais de saúde e pesquisa são as que mais gastam dinheiro público 19-12-2018 » Pedido do juiz Bretas | Iate de luxo de Eike Batista é vendido em leilão por R$ 14,4 mi 19-12-2018 » Presente da fábrica | Dona anda no mesmo Fusca desde 1967... e ganhou restauração 19-12-2018 » Tome cuidado | 10 dicas para evitar problemas no carro com as chuvas de verão 19-12-2018 » A pedido da CBF | Globo oficializa horário das 21h30 para jogos de futebol em 2019 19-12-2018 » Copa da Liga Francesa | Sem Neymar, PSG bate Orléans por 2 a 1 e leva vaga para as quartas 18-12-2018 » Como os relatos contra João de Deus | Por que lei pode dificultar processar casos ocorridos há mais de 6 meses 18-12-2018 » Medida de segurança | Protesto de madeireiros obriga Ibama a fugir de cidade do Amazonas 18-12-2018 » Lobby das bombas de insulina | Justiça paulista favorece fabricante em decisões evolvendo diabéticos
Publicidade
29 de setembro de 2018

Câncer de mama já matou 217 pessoas somente neste ano

Foto Reprodução

O câncer de mama já matou 217 pessoas de janeiro a setembro deste ano, de acordo com informações da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Para combater o tipo de neoplasia que mais matam mulheres em idade fértil em Salvador, a Prefeitura vai intensificar as ações de diagnóstico precoce e prevenção.

Contudo, das 65 mil vagas disponibilizadas esse ano na rede municipal para a realização de mamografias, apenas 25 mil foram preenchidas.

Segundo a SMS, para ter acesso ao procedimento basta que as interessadas procurem um dos 126 postos da rede municipal munidas do documento de identificação com foto e o cartão SUS para avaliação médica e de enfermagem. No local, serão feitos os encaminhamentos necessários para atender à necessidade de saúde apresentada.

As ações terão a presença de profissionais de saúde, para realizar o agendamento de exames clínicos e mamografia para mulheres de 50 a 69 anos.

“Se conseguirmos identificar um câncer de mama em estágio precoce, a chance de cura é acima de 90%. Por isso, é importantíssimo que as mulheres que fazem parte do grupo de risco, que são aquelas acima de 50 anos de idade ou com histórico da patologia na família, procurem periodicamente o serviço de saúde para realização do exame”, alertou Mirelle França, coordenadora do setor materno-infantil da SMS.

“A taxa de mortalidade por câncer de mama continua elevada no município por conta do diagnóstico tardio, geralmente, quando a doença está em estado avançado”, afirma a prefeitura.

Programação – O início oficial da campanha acontece na segunda-feira (1º), com a iluminação do Elevador Lacerda na cor rosa, e prosseguirá com diversas atividades durante todo o mês.

Dos dias 8 a 11, as mulheres podem conferir a Loja Rosa instalada no Shopping Center Lapa, no Centro, das 9h às 17h. O local ofertará serviços e orientações na área de saúde da mulher. Neste mês, ainda será realizado um passeio de bike no Dique do Tororó para sensibilizar a população sobre a doença.

Nos 12 distritos sanitários do município serão realizadas mamografias, busca ativa de pacientes, além de palestras, salas de espera e distribuição de material educativo que incentivam o diagnóstico precoce. O objetivo é estimular o acompanhamento periódico de saúde e a realização do autoexame das mamas.


VOLTAR