Capital baiana terá 1,7 mil voos extras durante o verão » Rede Acontece
Últimas
16-01-2019 » Se diz explorada | Rihanna abre processo contra o próprio pai, Ronald Fenty; entenda 16-01-2019 » Contas | Veja 7 dicas para economizar na compra de material escolar 16-01-2019 » Loterias | Mega acumula e pode pagar R$ 27 milhões na quinta; veja dezenas 16-01-2019 » Copa São Paulo | Figueirense elimina Palmeiras, que mantém jejum na competição 16-01-2019 » Fim de contrato | Acusado de assédio, José Mayer deixa a Globo após 35 anos 16-01-2019 » Medida é considerada ilegal | Sindicatos querem tirar reajuste salarial de quem não pagar contribuição 16-01-2019 » Italiano preso | Bolívia descarta atuação brasileira em captura de Battisti 16-01-2019 » Querem implantar no Brasil | Bancada do PSL vai à China importar sistema que reconhece rostos 16-01-2019 » Ministro da Justiça | Para Moro, críticas indicam que decreto de posse de arma foi "ponderado" 16-01-2019 » Presidência da Câmara | Esquerda não chega a acordo e pode liberar voto de deputados 16-01-2019 » Assinado por Bolsonaro | Decreto frustra defensores de acesso a armas; indústria aprova 16-01-2019 » 1ª visita de chefe de Estado | Macri vem ao Brasil e discute com Bolsonaro Mercosul e Venezuela 16-01-2019 » Antes de tomar posse | Bolsonaro recebeu R$ 33,7 mil de auxílio-mudança da Câmara 16-01-2019 » Combustível feito em um único local | Parada em refinaria da Petrobras deixa aviões agrícolas sem gasolina 16-01-2019 » 'Frankenstein' de 2018 | Misturamos modelos de celulares para criar o 'aparelho dos sonhos' 16-01-2019 » Interpretação de mapa astral | Para de ser doida! Sense Márcia analisa a vida da youtuber Evelyn Regly
Publicidade
9 de janeiro de 2019

Capital baiana terá 1,7 mil voos extras durante o verão

Foto Rede Acontece

Salvador registra este ano a chegada de 1.774 voos extras durante a temporada de verão, o que representa crescimento de 12% sobre a oferta registrada no ano anterior, de acordo com os dados da Vinci Airports, concessionária que administra o terminal aeroportuário. A ampliação das frequências pelas companhias aéreas visa a atender a grande demanda de turistas brasileiros e estrangeiros. A circulação de turistas pelos pontos turísticos da cidade deixa como resultado a movimentação de 53 segmentos produtivos (atividade direta, indireta e induzida) que ganham com o verão, como os bares, restaurantes, serviços de transporte, eventos e comunicação, dentre outros. Na rede hoteleira, a expectativa é de ocupação média ao longo de janeiro em torno de 90% a 93%, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (Abih-BA). “O dinamismo desse setor contribui para a chegada de novas unidades hoteleiras”, afirma o secretário do Turismo da Bahia, José Alves. Entre as novidades, o aporte de R$ 85 milhões feito pela Prima Empreendimentos, no Hotel Fasano Salvador. Primeira unidade da rede Fasano no Nordeste, o hotel é de alto padrão e foi inaugurado no dia 08 de dezembro, contribuindo para revitalizar e valorizar o Centro Histórico. O Fasano Salvador gera 320 novas vagas e bons resultados em sua fase inicial. O hotel registra alta ocupação durante toda a temporada, operando em quase 100% (nos andares que estão prontos; alguns quartos ainda passam por minucioso trabalho de restauro). Localizado na Praça Castro Alves, o Fasano funciona no edifício que abrigou a primeira sede do jornal A Tarde, hoje tombado como Patrimônio Histórico da

Recém-inaugurado, o Riviera Premium Hotel é um dos mais novos hotéis da cidade. Situado na Praia de Amaralina, o empreendimento é responsável pela geração de 22 empregos diretos, informa a gerente Cláudia Mota. “Estamos começando bem. A média da ocupação prevista para janeiro é de 78%”, disse. “Significa dizer que a nossa oferta de praticidade – aliada aos conceitos de qualidade e conforto – foi muito bem recebida por baianos e turistas”.

Polo Turístico

Berço da arte e da cultura brasileira, mundialmente conhecida, a capital baiana é o principal polo turístico do Estado. Uma das principais atrações – o Pelourinho – guarda o maior conjunto arquitetônico colonial da América Latina, o que atrai diariamente grande número de visitantes.

Entre os destaques dos roteiros está uma das mais importantes construções sacras do Brasil Colonial, a Catedral Basílica de Salvador, totalmente restaurada. Foram investidos mais de R$17,8 milhões por meio do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Nas estreitas ruas do Pelourinho, é fácil encontrar visitantes vindos da própria Bahia, São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, muitos dos quais usuários do Serviço de Atendimento ao Turista (SAT), mantido pela Bahiatursa/Setur. Grande parte dos turistas estrangeiros é de argentinos, franceses, italianos, chilenos e alemães. No SAT, eles dispõem de informações turísticas sobre a capital baiana e demais regiões do Estado.


VOLTAR