Cármen Lúcia assume pela 2ª vez a Presidência da República » Rede Acontece
Últimas
22-07-2018 » Uma mulher morreu | Polícia prende atirador que fez reféns em supermercado nos EUA 22-07-2018 » Cidade da Flórida queria proibir | Pais pintam casa como Van Gogh para filho autista não se perder 22-07-2018 » Notícia durante clássico com SP | Pyramids (EGI) leva Rodriguinho,que fala em voltar ao Corinthians um dia 22-07-2018 » Choque no clássico Fla x Bota | Jefferson sofre trauma no tórax, quebra 2 dentes e vai a hospital 22-07-2018 » Ninguém foi ferido com ataque | Torcida do SP quebra vidro de ônibus do Corinthians no Morumbi 22-07-2018 » Crítica a ele na Copa foi injusta? | "Pegaram no pé de quem sofre a falta, e não de quem faz", diz Neymar 22-07-2018 » Eleições 2018 | PSOL lança Guilherme Boulos como candidato a presidente 22-07-2018 » Brasileirão | São Paulo faz 3 no Corinthians com "olé" e falha de Cássio; assista aos gols 22-07-2018 » Mais futebol | Fla bate Bota e garante liderança; veja gols 22-07-2018 » Concurso 2.061 | Mega-sena acumula e vai a R$ 72 mi; confira dezenas 22-07-2018 » Atriz é ativista | Supergirl faz história com 1ª heroína trans da TV 22-07-2018 » YouTuber ostentação | Whindersson posa ao lado de jatinho particular e filosofa 22-07-2018 » Dirigiu "G. da Galáxia" | James Gunn fez vídeo "quase pornô" com Sasha Grey 22-07-2018 » Foi se exibir | Homem faz gracinha e estraga Lamborghini 21-07-2018 » "Meta é a F-1" | Aos 17 anos, neto de Fittipaldi já honra nome da família na Ferrari 21-07-2018 » Trufas, champanhe e ouro | Conheça o sundae de R$ 5.800 vendido em hotel de Nova York 21-07-2018 » Opinião | Stycer: Virada de Rosa em Segundo Sol foi ponto alto da novela 21-07-2018 » 1 morte a cada 6 seg no mundo | Só 1 em cada 4 brasileiros acha o diabetes problema grave 21-07-2018 » Culpou assessores | Após crise com centrão, Alckmin diz avaliar imposto sindical
Publicidade
lab laboratorio clinica master centro medico sao gabriel intersorft supermercado centrel grafica bandeirante
18 de junho de 2018

Cármen Lúcia assume pela 2ª vez a Presidência da República

Imagem Reprodução

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, assumirá nos próximos dias pela segunda vez o comando do Palácio do Planalto, com as viagens ao exterior do presidente Michel Temer (MDB) e dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), e do Senado, Eunício Oliveira (MDB). Temer vai a Assunção na segunda-feira (18) para participar da Cúpula do Mercosul. A primeira vez que Cármen assumiu foi em abril, quando o presidente viajou ao Peru. Isso tem acontecido porque não há vice na linha sucessória e toda vez que Temer viaja ao exterior, Maia e Eunício também são obrigados a se ausentar do País por causa da legislação eleitoral. Pelas regras, quem quiser disputar a eleição não pode exercer função no Executivo no período de seis meses anteriores ao pleito. Para evitar um problema com a Justiça Eleitoral, Maia vai viajar no fim de semana para Portugal e Eunício, para Buenos Aires.
O presidente da Câmara chegou a apresentar uma consulta ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para saber se pode assumir o Planalto quando o emedebista estiver em missão oficial no estrangeiro, mas a Corte Eleitoral ainda não decidiu sobre o tema. Na segunda Cármen despachará diretamente do Planalto, conforme agenda pública divulgada no site do STF. Às 11h, ela se reúne com o governador do Pará, Simão Jatene (PSDB). Às 14h30, Cármen tem audiência com o embaixador João Gomes Cravinho, da União Europeia. O último compromisso previsto éàs 16h, com a ministra-chefe da Advocacia-Geral da União (AGU), Grace Mendonça. Em agosto de 2016, na véspera de assumir a Presidência do STF, Cármen deixou claro que prefere ser chamada de presidente, e não “presidenta”, como Dilma Rousseff. “Eu fui estudante e sou amante da língua portuguesa e acho que o cargo é de presidente, não é?”, disse Cármen durante sessão na Corte. Mineira, Cármen foi indicada ao tribunal em 2006 pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A ministra foi advogada, procuradora do Estado de Minas Gerais e se tornou a segunda presidente mulher do Supremo. Em 19 de maio de 2017, quando a delação da J&F veio à tona, Cármen rebateu rumores de que poderia assumir a Presidência da República e afirmou que pretende continuar na magistratura “até o último dia”. “Estou no lugar que eu tenho a obrigação constitucional de estar e estarei com muito gosto”, disse a ministra. As informações são do jornal.


VOLTAR