CNI: governo avançou na pauta de comércio exterior em sete meses » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 21-02-2020 » Ex-governador do Rio | Delação de Cabral não reduz pena de 282 anos, decide Fachin 21-02-2020 » Câmbio | Dólar fecha em alta de 0,04%, a R$ 4,393, e bate novo recorde 21-02-2020 » Reforço para o ataque | Palmeiras anuncia a contratação de Rony, que se destacou no Athletico Paranaense 21-02-2020 » Crítica a Damares | Mariana Varella: Abstinência sexual não serve como política de saúde 21-02-2020 » No meio da rua | Munik Nunes faz ensaio de mágica sexy em SP antes do Carnaval 21-02-2020 » Festa eclética | DJ no frevo e jazz! Carnaval de PE abraça todos os sons 21-02-2020 » 'É possível' | Luisa Mell relembra 'fantasia maravilhosa sem crueldade' 21-02-2020 » Nada de folia | Blocos te dão urticária? Calma, dá para curtir o recesso em São Paulo 21-02-2020 » Degundo Febraban | Bancos vão ficar fechados na segunda e na terça de Carnaval 21-02-2020 » Em Salvador | Claudia Leitte vai se vestir de Madonna: 'Sonho de infância' 21-02-2020 » Por trabalho social | Simone dá adeus à bateria da Dragões e é premiada em Paris 21-02-2020 » Destaque na Sapucaí | Julianne Trevisol faz ensaio sensual antes de cair no samba no Rio 21-02-2020 » Veja fotos | Mangueira faz último teste em alegoria com negro crucificado 21-02-2020 » Após Caixa | Bancos privados preparam crédito imobiliário com juros fixos 21-02-2020 » Freira aponta gargalos no SUS | Pioneira em saúde da família em SP, missionária canadense deixa o Brasil 21-02-2020 » Opinião - Posse de Bola | Por que Dudu é um dos dez mais do Palmeiras 21-02-2020 » Preso na Espanha | Membro da Máfia Chinesa acusado de mortes é extraditado ao Brasil 21-02-2020 » São Paulo | Cuidadora assume ter participado de assalto que deixou idoso morto 21-02-2020 » Crime em Águas Claras | Jovem é vítima de estupro coletivo ao voltar para casa no DF 21-02-2020 » Remunerações extras | Água chega com odor e gosto estranhos em SP
Publicidade
19 de agosto de 2019

CNI: governo avançou na pauta de comércio exterior em sete meses

Foto Rede Acontece

Os primeiros sete meses do governo de Jair Bolsonaro registraram avanços na pauta de comércio exterior. A avaliação é da Confederação Nacional da Indústria (CNI), que analisou 22 ações da agenda do governo para a área e constatou que 13 delas tiveram melhoras, o equivalente a 59%. Entre os temas com avanço, os principais são a conclusão do acordo comercial entre o Mercosul e a União Europeia e o apoio do governo norte-americano à admissão do país à Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). O levantamento também citou como exemplos de melhora o fim da cobrança de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) no câmbio sobre exportações e a assinatura do acordo com o Uruguai para evitar a bitributação. A entidade listou ainda entre os avanços a publicação do decreto que amplia as atribuições do ombudsman de investimentos diretos (instrumento de consulta de investidores estrangeiros sobre a legislação e os processos administrativos no Brasil), a atualização das regras sobre preços de transferência para multinacionais (preços cobrados nas transações entre a sede de uma empresa no exterior e a filial brasileira) e a adesão do Brasil ao protocolo de Madri (tratado internacional que simplifica e reduz custos para o registro de marcas de empresas brasileiras em outros países).


VOLTAR