CNJ já acumula seis representações contra plantonista e uma contra Moro » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 22-09-2019 » Criança baleada no Rio | Ágatha Félix será enterrada hoje; corpo foi liberado com atraso 22-09-2019 » Mensagens vazadas | Lava Jato poupou donos da Odebrecht de medidas duras para fechar delação 22-09-2019 » Economia | Cliente da Caixa tem até hoje para liberar saque do FGTS e receber na sexta 22-09-2019 » Fórmula 1 | Vettel vence GP de Singapura e acaba com jejum na temporada 22-09-2019 » Crossover de porte médio | Avaliação: novo Escape Hybrid é o anti-RAV4 da Ford 22-09-2019 » Conheça a Burgay | Hamburgueria LGBT traz divas pop, pão rosa e muito, muito glitter 22-09-2019 » 'Sou mais forte do que imaginava' | Jogadora de vôlei que teve tumor no coração sonha com Olimpíada 22-09-2019 » Ferreirinha | PM que mentiu em Caso Marielle matou ao menos 2 pessoas a mando de milícia 22-09-2019 » Impacto da lama no Rio Doce | Há 4 anos, Vale ignora 2.000 pessoas afetadas pelo desastre de Mariana 22-09-2019 » Brasileirão | Inter vence a Chapecoense por 1 a 0 e ganha fôlego após vice da Copa do Brasil 22-09-2019 » Oscar da TV | É hoje! Confira todos os indicados ao Emmy 2019 22-09-2019 » Tradição da Assembleia | FHC só abriu ONU uma vez; Lula perdeu duas; Bolsonaro estreia terça 22-09-2019 » Exige cuidado, sim! | 7 erros que jamais devemos cometer ao dirigir carro automático 22-09-2019 » Grana está curta? | Veja dicas de apps que ajudam na organização financeira 22-09-2019 » Prévia do Rock in Rio | SP: Scorpions mostra com quantas baladas se faz um bom show 22-09-2019 » Janio de Freitas | Veremos quem no Supremo está à altura desse nome 22-09-2019 » Nós | Clima: última geração a viver com conforto? 22-09-2019 » Porta 23 | Facebook: dilema com privacidade e portabilidade 22-09-2019 » Samuel Pessôa | Chegou o dia seguinte da Previdência 22-09-2019 » Ruy Castro | Imprevisível: o que acontecerá e se haverá Brasil
Publicidade
10 de julho de 2018

CNJ já acumula seis representações contra plantonista e uma contra Moro

Imagem Reprodução

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) recebeu seis representações contra o desembargador Rogério Favreto, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, até a manhã dessa última segunda-feira (9).

Todas elas pedem apuração sobre possível infração disciplinar do magistrado ao aceitar habeas corpus a favor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado pelo colegiado do TRF-4 e preso na Operação Lava Jato. Outra, protocolada ainda no domingo, tem como alvo o juiz federal Sérgio Moro.

A decisão de Favreto, que estava no plantão da Corte, foi vista no meio jurídico como uma quebra de hierarquia, pois instâncias superiores já haviam negado pedidos semelhantes feitos pela defesa do petista.

Apesar da decisão do desembargador, Lula continua preso porque o presidente do TRF-4, Thompson Flores, manteve a decisão do desembargador João Pedro Gebran Neto, relator da Lava Jato no tribunal, que vetou a saída do petista da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, onde está preso desde abril.

Antes disso, o próprio Moro divulgou despacho em que recomendava o não cumprimento da decisão de Favreto.

De acordo com o Estadão, a primeira representação ao CNJ foi feita domingo, pela ex-procuradora do DF Beatriz Kicis. No documento, ela afirma que cabe aplicação de medida disciplinar contra Favreto, a fim de “resguardar tanto a moralidade que deve ser inerente ao Poder Judiciário como a segurança jurídica”.


VOLTAR