Colegiado debaterá riscos vividos pela arbitragem das ligas amadoras » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 01-06-2020 » Pandemia de coronavírus | Brasil bate 500 mil casos e torna-se epicentro da covid-19 no mundo 01-06-2020 » Domingo de manifestações | Bolsonaro sobre passeio a cavalo em ato no DF: 'Estarei onde o povo estiver' 01-06-2020 » Manifestações | Confrontos entre atos anti e pró-Bolsonaro marcam domingo tenso no país 01-06-2020 » Bandeira de grupo em ato | Associação entre bolsonaristas e a Ucrânia gera incômodo na Rússia 01-06-2020 » Contrariando Código Penal | Abraham Weintraub teve privilégio ao prestar depoimento dentro de ministério 01-06-2020 » Benefício de R$ 600 | Mais de 27 mil foragidos tiveram auxílio emergencial aprovado, revela TV 01-06-2020 » Nave da SpaceX | Após viagem de 19 horas, astronautas da Nasa chegam à ISS com capsula Dragon 01-06-2020 » Mostrado pela Globo | Youtuber desafia polícia a 200 km/h e diz que velocidade é 'fake' 01-06-2020 » Dados da Anatel | Na quarentena, TV paga perde 55 mil assinantes em abril 01-06-2020 » Perrone | Escapadas de F. Luís e Diego mostram reflexo negativo de treinos 01-06-2020 » Em área nobre de SP | Empresário acusado de violência doméstica xinga e ameaça PM 01-06-2020 » Televisão | Com menos destaque aos atos nos EUA, CNN perde da GloboNews 01-06-2020 » Mauricio Stycer | Cinco situações críticas para o jornalismo em apenas sete dias 01-06-2020 » Suspeita de covid-19 | Ex-juiz Nicolau dos Santos Neto morre aos 91 anos em São Paulo 01-06-2020 » Reprisado na SporTV | 'Quando o BR se acha favorito, é problema', diz Muricy sobre 7 a 1 01-06-2020 » De volta ao Flu | Fred pede volta de T. Silva, e Bittencourt apela para torcida 01-06-2020 » Sobre coronavírus | Como se manter informado sem sofrer 'overdose' de notícias 01-06-2020 » Tinham 19 e 20 anos | Dois ex-jogadores de futsal morrem em acidente de carro no PR 01-06-2020 » Briga entre os poderes | Gilmar: 'Votos não autorizam Bolsonaro a descumprir a Constituição' 01-06-2020 » Caso George Floyd | Motorista avança caminhão contra manifestação antirracista nos EUA
Publicidade
9 de maio de 2019

Colegiado debaterá riscos vividos pela arbitragem das ligas amadoras

Foto Rede Acontece

A Comissão Especial de Desporto, Paradesporto e Lazer, da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), aprovou, em reunião na manhã desta quarta-feira (8), uma nova série de audiências públicas a serem realizadas até o fim deste ano. O primeiro encontro terá como tema a situação de risco vivenciada pelos árbitros do futebol amador, que atuam na capital e interior. Para esta audiência, serão convidadas associações e ligas de arbitragem, assim como representantes da Secretaria de Segurança Pública (SSP) e da Polícia Militar (PM). De acordo com o deputado Bobô (PC do B), presidente da comissão, a audiência pública está prevista para o dia 29 de maio e é resultado de uma demanda crescente da categoria. “São mais de mil árbitros somente em Salvador. Enquanto muita gente está se divertindo, seja no final de semana ou até durante a semana, eles estão trabalhando. Apitar partidas é o trabalho do árbitro e precisa ser respeitado. Muitas vezes, eles são alvo de agressões, não apenas psicológicas como físicas. Ficam vulneráveis. É preciso pensar em uma solução para isto”, afirmou. Também foram aprovadas as audiências públicas para tratar de temas como a utilização de equipamentos esportivos públicos e sua função social; as mulheres no esporte em geral; as políticas públicas para o incentivo, promoção e desenvolvimento da prática de artes marciais na Bahia; e a precarização do futebol feminino. “A Copa de Futebol Feminino já teve todos os ingressos esgotados na França, e a grande importância do futebol feminino tem se estendido aos jogos escolares no interior. Penso que deveremos conversar com o Governo do Estado para propor essa discussão. Ou a gente fomenta através da estrutura pública um aporte para o futebol feminino ou o futebol feminino ainda não terá a condição de se sustentar sozinho, como acontece com os clubes do futebol masculino”,

Segundo Bobô, outra questão importante a ser debatida pelo colegiado é a profissionalização do futebol feminino, que já tem legislação que a autorize, mas ainda engatinha em cenário nacional. Conforme divulgou o parlamentar, um convite já foi feito ao superintendente de Futebol Feminino da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para discutir o assunto, entretanto, devido ao Mundial de Futebol Feminino que acontecerá no próximo mês, ficou combinado de agendar uma data a posteriori. “Nós tivemos a curiosidade de saber da CBF quando as meninas vão ter a carteira assinada como atleta profissional de futebol. Falei com Marco Aurélio Cunha. Nós sugerimos depois do mundial fazer um grande debate aqui na AL-BA”, contou.

Os convites ao secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), Davidson Magalhães, e ao presidente da Superintendência dos Desportos da Bahia (Sudesb), Vicente Neto, requeridos pela deputada Olívia Santana (PC do B), também foram aprovados durante a reunião ordinária. “Penso que já é tempo de conhecermos mais a fundo as políticas de esportes da secretaria estadual no segundo governo de Rui Costa”, afirmou a comunista.

ESPORTE E LAZER NO CAB

No início da reunião desta quarta-feira, o deputado Bobô divulgou como andam os desdobramentos de uma reunião entre a Comissão de Desporto com o secretário estadual da Administração, Edelvino Góes, sobre a possibilidade de fechamento do Centro Administrativo da Bahia (CAB), aos domingos, para as práticas esportivas e de lazer. Atualmente, os parlamentares aguardam que os procedimentos burocráticos sejam resolvidos entre município e Estado. Para Tiago Correia (PSDB), que também esteve no encontro, a expectativa é a melhor possível.

“Foi uma reunião muito produtiva com o secretário. Ele se colocou prontamente disposto a avançar com esse projeto, que já vem sendo defendido pelo deputado Bobô há mais de três anos. Tem aspectos internos que ainda vão ser definidos, por conta do acesso a alguns órgãos que poderiam ficar prejudicados. O secretário ficou de realizar reuniões internas. Eu acho que tem tudo para dar certo”, afirmou.

Sugerida por Olívia Santana, a data de experimento do novo espaço de lazer deverá ser no dia 5 de junho, quando também é comemorado o Dia do Meio Ambiente. “São cerca de 3 quilômetros que poderiam ser colocados à disposição da população, seja para o ciclismo como para o atletismo até uma simples caminhada. Vamos esperar para ter uma posição definitiva”, disse.

Quem mora hoje em Salvador já vê atividades semelhantes sendo desenvolvidas aos domingos na Avenida Magalhães Neto. “Inicialmente foi um processo simples e agora tomou corpo, e hoje todos têm ali uma relação de pertencimento”, concluiu Bobô.


VOLTAR