Conselho do MP arquiva investigação contra Dallagnol por conversas com Sérgio Moro » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 21-02-2020 » Ex-governador do Rio | Delação de Cabral não reduz pena de 282 anos, decide Fachin 21-02-2020 » Câmbio | Dólar fecha em alta de 0,04%, a R$ 4,393, e bate novo recorde 21-02-2020 » Reforço para o ataque | Palmeiras anuncia a contratação de Rony, que se destacou no Athletico Paranaense 21-02-2020 » Crítica a Damares | Mariana Varella: Abstinência sexual não serve como política de saúde 21-02-2020 » No meio da rua | Munik Nunes faz ensaio de mágica sexy em SP antes do Carnaval 21-02-2020 » Festa eclética | DJ no frevo e jazz! Carnaval de PE abraça todos os sons 21-02-2020 » 'É possível' | Luisa Mell relembra 'fantasia maravilhosa sem crueldade' 21-02-2020 » Nada de folia | Blocos te dão urticária? Calma, dá para curtir o recesso em São Paulo 21-02-2020 » Degundo Febraban | Bancos vão ficar fechados na segunda e na terça de Carnaval 21-02-2020 » Em Salvador | Claudia Leitte vai se vestir de Madonna: 'Sonho de infância' 21-02-2020 » Por trabalho social | Simone dá adeus à bateria da Dragões e é premiada em Paris 21-02-2020 » Destaque na Sapucaí | Julianne Trevisol faz ensaio sensual antes de cair no samba no Rio 21-02-2020 » Veja fotos | Mangueira faz último teste em alegoria com negro crucificado 21-02-2020 » Após Caixa | Bancos privados preparam crédito imobiliário com juros fixos 21-02-2020 » Freira aponta gargalos no SUS | Pioneira em saúde da família em SP, missionária canadense deixa o Brasil 21-02-2020 » Opinião - Posse de Bola | Por que Dudu é um dos dez mais do Palmeiras 21-02-2020 » Preso na Espanha | Membro da Máfia Chinesa acusado de mortes é extraditado ao Brasil 21-02-2020 » São Paulo | Cuidadora assume ter participado de assalto que deixou idoso morto 21-02-2020 » Crime em Águas Claras | Jovem é vítima de estupro coletivo ao voltar para casa no DF 21-02-2020 » Remunerações extras | Água chega com odor e gosto estranhos em SP
Publicidade
28 de junho de 2019

Conselho do MP arquiva investigação contra Dallagnol por conversas com Sérgio Moro

Foto : Reprodução

O corregedor do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), Orlando Rochadel, determinou na última quinta-feira (27) o arquivamento da investigação contra o procurador da República Deltan Dallagnol e outros integrantes da força-tarefa da Operação Lava Jato, por suposta “falta funcional”, após o vazamento de mensagens trocadas com o ministro da Justiça, Sérgio Moro. O portal “The Intercept” reproduziu neste mês diversas conversas no aplicativo Telegram atribuídas a Dallagnol e Moro, então juiz da Lava Jato em Curitiba. De acordo com o site, eles trataram de assuntos investigados pela operação e, segundo o site, Moro orientou ações dos procuradores e cobrou novas operações. De acordo com o G1, ao decidir pelo arquivamento, o corregedor Rochadel ententeu que há elementos que apontam que as mensagens divulgadas pelo site foram obtidas de forma ilícita. Ele afirmou ainda que não há indícios de infração funcional nos diálogos. Ao CNMP, Deltan Dallagnol e outros integrantes da força-tarefa da Lava Jato afirmaram, em suas defesas, que “houve ilicitude dos elementos do pedido de apuração porque ‘as supostas mensagens foram obtidas de forma ilícita, com violação ao sigilo das comunicações'”. Eles ainda argumentaram que não há motivos para prosseguimento da apuração “em razão de descrição deficiente de fatos” e que “não houve infração funcional ‘por ausência de conluio com o magistrado mencionado nas representações’.


VOLTAR