Construção da Ferrovia Oeste Leste deve ser suspensa » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 18-11-2019 » Ministro do STF | Gilmar diz que quer julgar ainda este ano condenações de Moro contra Lula 18-11-2019 » Jogo no DF | Seleção brasileira derrota o México por 2 a 1 e conquista o Mundial Sub-17 18-11-2019 » Maior desde 2008 | Amazônia teve entre 9 mil e 11 mil km² de desmatamento, indica dado anual 18-11-2019 » Queda de jatinho na BA | Corpo do ex-piloto Tuka Rocha será enterrado em São Paulo na terça-feira 18-11-2019 » Campeonato Brasileiro | Fla luta para repetir feito alcançado apenas pelo Santos de Pelé no Brasil 18-11-2019 » Tilt | Brasileira de 18 anos tem 34 medalhas e é superatleta das exatas 18-11-2019 » Perdeu 2 milhões desde 1980 | O país europeu que vê população minguar ano após ano 18-11-2019 » Ecoa | Iniciativa de Bill Gates transforma cocô em água limpa 18-11-2019 » "Dívida histórica" | Atriz Jéssica Ellen critica revisionismo e defende cotas 18-11-2019 » Representatividade e racismo | Mariana Xavier: "É necessário reconhecer meu privilégio branco" 18-11-2019 » Bebida doada na Cracolândia | SP: Homem seria 9ª vítima de intoxicação em Barueri 18-11-2019 » A Fazenda | Reality tem reclamação e tag de 1 milhão de tweets 18-11-2019 » Presidente do Tribunal | Josias: Toffoli e seu grupo acreditam em orquestração anti-STF 18-11-2019 » No Castelão | Fortaleza domina CSA e dá grande passo para ficar na 1ª divisão 18-11-2019 » Entenda como funciona | Por que é errado chamar o motor do avião de turbina? 18-11-2019 » Preocupação | Veneza está em alerta máximo com previsão de subida da água 18-11-2019 » Em Curitiba | Athletico vence e deixa Bota à beira da zona do rebaixamento 18-11-2019 » Opinião - Leo Dias | Saída do Brasil é mais uma decisão de Anitta após ano negativo 18-11-2019 » Líder do governo | Racha do PSL é melhor coisa que poderia ter ocorrido, diz Vitor Hugo 18-11-2019 » League of Legends | Veja os melhores momentos da CNB, time que vai deixar saudades
Publicidade
8 de outubro de 2019

Construção da Ferrovia Oeste Leste deve ser suspensa

Foto Sudoeste Acontece

Com a ação, o MPF pretende evitar a malversação e emprego indevido de recursos públicos federais já que os terminais portuários – ponto final da ferrovia – ainda não têm viabilidade ambiental certificada. O Ministério Público Federal (MPF) em Ilhéus (BA) propôs uma ação civil pública com pedido liminar para suspender, imediatamente, todas as ações relativas à construção do sub trecho Barreiras – Ilhéus da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), até que os procedimentos de licenciamento ambiental do Porto Sul e do Terminal de Uso Privativo – TUP da Bamin sejam concluídos. A VALEC Engenharia, Construções e Ferrovias, réu na ação do MPF, foi a empresa que obteve a outorga de construção, uso e gozo da ferrovia. Orçada em 4,5 bilhões de reais, de acordo com informações do Tribunal de Contas da União (TCU), a Fiol vai transportar grãos e minérios por um trajeto que começa em Figueirópolis (TO), atravessa os Estados de Goiás e Bahia e termina na cidade de Ilhéus, onde os produtos serão exportados por meio dos futuros Porto Sul e Terminal de Uso Privativo da Bahia Mineração. Com a liminar, o MPF pretende evitar a malversação e emprego indevido de recursos públicos federais uma vez que o Ibama não concluiu os procedimentos de licenciamento ambiental do Porto Sul e do TUP da Bamin, e, portanto, não certificou a viabilidade ambiental desses empreendimentos, tampouco autorizou a sua localização na região de Ponta da Tulha, local onde a VELEC pretende instalar o trecho final da ferrovia. Autores da ação civil pública, os procuradores da República Eduardo El Hage e Flávia Arruti afirmam que o MPF não é contrário à construção da ferrovia ou à utilização desse meio de transporte, que, comprovadamente, é mais econômico e moderno. “O objetivo da ação é apenas evitar que o dinheiro público seja desperdiçado pela construção de uma ferrovia que não tem ponto final definido”. De acordo com os procuradores, considerando que a Fiol transportará grãos e minérios do Oeste do País até a cidade de Ilhéus/BA, para serem exportados pelo porto público, e que a construção deste porto ainda não possui licença ambiental nem localização exata, “o início das obras da ferrovia pode significar o desperdício de bilhões de reais em recursos públicos federais, que serão, simplesmente, jogados no lixo, caso o porto não seja construído no local em que o trajeto da ferrovia será finalizado”, afirmam. Da mesma forma que o porto público, o terminal de uso privativo da Bamin não possui qualquer licença ambiental, nem localização definitiva. O procedimento de licenciamento ambiental do TUP da Bamin encontra-se na fase de análise do EIA/RIMA apresentados pela empresa interessada ao Ibama. Além disso, a autarquia federal negou a licença prévia para a construção do terminal privado. Na ação, o MPF pede que a Justiça conceda liminar determinando a imediata suspensão de todas as ações referentes à construção do sub trecho Barreiras – Ilhéus da Fiol, tendo em vista que a licença de instalação do empreendimento foi expedida em novembro do ano passado e as ordens de serviço para o inícios das obras jã foram emitidas.


VOLTAR