Contas das câmaras de Maragogipe e Buritirama são rejeitadas pelo TCM » Rede Acontece
Últimas
26-03-2019 » Solto por decisão do TRF-2 | Ex-presidente Michel Temer é solto no Rio após 4 dias de prisão 26-03-2019 » Encontro em Boston | Mourão vai se reunir com imigrantes brasileiros nos EUA 26-03-2019 » Nego Ney | Como funkeiro mirim embala o Fla em fase decisiva da temporada 26-03-2019 » SP e Curitiba | Justiça nega entrada de menores de 10 anos em show de P. McCartney 26-03-2019 » Aposentadoria | Brasileiro vive quase tanto quanto alemão e para 10 anos antes 26-03-2019 » Governador do Rio | Witzel é intimado por dívida de R$ 115 mil com ex-sogra 26-03-2019 » Tríplex do Guarujá (SP) | Lula pede que STJ anule condenação e envie caso à Justiça Eleitoral 26-03-2019 » Conflito pela reforma | Líder do PSL critica articulação do governo na Previdência 26-03-2019 » Ministro da Casa Civil | Onyx encomenda extinção de conselhos participativos do Meio Ambiente 26-03-2019 » Ele diz que vai recorrer | Tribunal afasta ex-ministro Carlos Marun do Conselho de Itaipu 26-03-2019 » Baixa no alto escalão da pasta | Secretária de Educação Básica pede demissão do MEC 26-03-2019 » Chef duas estrelas Michelin | O sonho do restaurante normalmente vira pesadelo, diz Ivan Ralston 26-03-2019 » Barragem da Vale em alerta | Moradores de Barão de Cocais (MG) relatam noites sem sono 26-03-2019 » 'Ele era meu melhor amigo' | Jovem revela como usou o Facebook para avô confessar abuso 26-03-2019 » Amistoso em Praga nesta 3ª | Mauro Cezar: Crédito popular pré-Copa de Tite acabou, e Brasil precisa "performar" 26-03-2019 » Celebração em 31 de março | Bolsonaro determinou "comemorações devidas" do golpe de 1964, diz porta-voz
Publicidade
INTERSORFT 100 MEGA
corretora de seguros
8 de novembro de 2018

Contas das câmaras de Maragogipe e Buritirama são rejeitadas pelo TCM

Foto Rede Acontece

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) rejeitou, em sessão realizada nesta quarta-feira (7), as contas das câmaras municipais de Buritirama e Maragogipe.

Os conselheiros substitutos, Antônio Emanuel de Souza e Cláudio Ventin, que funcionaram como relatores dos pareceres, respectivamente, aplicaram multas aos gestores.

As contas da Câmara de Buritirama, de responsabilidade do vereador João Luiz Ramos de Oliveira, foram rejeitadas em razão do descumprimento ao limite de 7% estabelecido para despesas do Legislativo.

O gestor promoveu despesas no montante de R$1.631.977,76, ou seja, em valor acima do máximo permitido de R$1.620.987,47. Além disso, durante a análise, foi identificada a ausência de remessa de dados e informação pelo sistema SIGA, ao TCM. O vereador foi multado em R$1,5 mil.

Sob a responsabilidade do vereador José Benedito Souza da Hora, as contas do legislativo de Maragogipe também foram rejeitadas, visto que a despesa realizada com a folha de pagamento, incluído o gasto com subsídios dos Vereadores, foi de R$ 2.574.129,58, correspondente a 75,27% da receita da câmara, quando o máximo permitido é 70%.

Além disso, houve utilização de créditos adicionais suplementares sem o correspondente decreto executivo de abertura. A ele, foi aplicada uma multa no valor de R$4 mil.


VOLTAR