Copa enfrenta ameaça de ataques de 'extremistas ucranianos' » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 19-05-2019 » Evento Cultural em SP | Virada tem arrastões e denúncias de assédio durante a madrugada 19-05-2019 » Risco de rompimento em MG | Simulado em Barão de Cocais tem protesto contra Vale 19-05-2019 » Por causa de Hitler | O dia em que o Tottenham 'declarou guerra' à Inglaterra 19-05-2019 » Especulações | Coutinho, Hazard e mais 8 agitam mercado europeu; confira 19-05-2019 » Saiu! | Ouça Paula Fernandes e Luan cantando a versão de Shallow 19-05-2019 » Bolsonaro quer corte | F-1: Petrobras não gasta R$ 782 mi em publicidade na McLaren 19-05-2019 » Jovem volta a brilhar | Fluminense faz 4 e goleia Cruzeiro no Maracanã; veja os gols 19-05-2019 » Contestadas | 30 medidas do governo Bolsonaro já são alvo de ações no Supremo 19-05-2019 » Usou detector de metal | Italiano acha moedas históricas do Brasil em AL e é detido por tentar vendê-las 19-05-2019 » Katia Rubio | Educar tem capacidade de transformar 19-05-2019 » Daniel Buarque | Brasil tem imagem externa de ser ingovernável 19-05-2019 » Cozinha Bruta | Quem zomba da mortadela tem nojo de pobre 19-05-2019 » Rodrigo Zeidan | Inflação e recessão já estão virando a rua 19-05-2019 » Daniel Castro | Justus e diretor da Band disputam fofoqueiro 19-05-2019 » Renato S. de Lima | Vida de 5 milhões de pessoas feridas é ignorada 19-05-2019 » D. Magnoli | Prazo de validade de presidente é 2020 19-05-2019 » Paola Machado | Por que não avacalhar a dieta no fim de semana 19-05-2019 » Perrone | Carille paga por fraco desempenho de Boselli 19-05-2019 » Flávio Ricco | Prateleira de novos programas pesa na Band 19-05-2019 » Jean Wyllys | Deu esperança e orgulho ver os atos por educação
Publicidade
corretora de seguros
INTERSORFT 100 MEGA
12 de junho de 2018

Copa enfrenta ameaça de ataques de ‘extremistas ucranianos’

Foto: Reprodução

Extremistas ucranianos podem organizar ataques à Rússia durante a Copa do Mundo, que tem início na quinta-feira (14). As informações são da entidade Football Against Racism in Europe (Futebol contra o racismo na Europa, ou “Fare”, na sigla em inglês), citada pelo jornal russo “Izvestia”. Além das provocações entre torcedores de outras seleções, os ucranianos podem tentar levar aos estádios bandeiras nazistas e outros símbolos proibidos pela Fifa. “Neste caso, a Fifa se veria obrigada a sancionar os organizadores do Mundial”, explicou Yanis Kuzins, representante da Fare. Além disso, segundo ele, “o fato de que a Ucrânia não disputará a Copa poderia servir de motivação adicional”. Por outro lado, o Comitê Organizador do Mundial garantiu que os serviços de segurança estão preparados para evitar todo tipo de provocação. O temor de “desordem” se baseia no congelamento das relações entre Rússia e Ucrânia após a anexação da Crimeia por parte de Moscou e a sucessiva guerra na região de Donbass. As autoridades de Kiev condenaram, mais de uma vez, a Copa da Rússia, convocando um boicote internacional à competição. Além disso, há um mal-estar envolvendo o cineasta ucraniano Oleg Sentsov, preso em colônia penal em terras russas e que está realizando uma greve de fome contra o presidente Vladimir Putin. Sentsov exige a libertação de “presos políticos” por Moscou após a anexação da Crimeia pela Rússia.


VOLTAR