Corpo de George H. W. Bush é velado em Washington » Rede Acontece
Últimas
16-12-2018 » Programa Mais Médicos | Saída de cubanos deixa bairro pobre do Rio sem médicos: Agora, só Jesus 16-12-2018 » Não passe perrengue | Bebidas, remédios, bichos? Veja o que pode trazer do exterior na mala 16-12-2018 » 50 anos de trabalho na Amazônia | 'Perdoei o índio isolado que me flechou no rosto', conta ex-sertanista 16-12-2018 » Alvos da facção em SP | PCC planeja matar deputado da bancada da bala e secretário, diz Gaeco 16-12-2018 » Consumidor é quem ganha | Maior concorrência de fintechs com bancos ajudará juro a cair, diz entidade 16-12-2018 » Novo técnico | Sampaoli cita gringos, brasileiros e pede para Santos 'segurar' saídas 16-12-2018 » Troca de acusações | Jovens pedem comida após sonho frustrado de jogar na Europa 16-12-2018 » 'Nunca tinha apanhado' | Apresentadora lembra de agressões em La Bombonera 16-12-2018 » Questão de identidade | Após saída de Gentil, Globo freia mudanças no Esporte Espetacular 16-12-2018 » Estreia antecipada | Por que Aquaman faz tanto sucesso nos cinemas da China? 16-12-2018 » Citado em relatório do Coaf | Ex-assessor de Flávio Bolsonaro, PM ganhou bônus por coragem 16-12-2018 » Novo governo | Futuro chanceler diz que Maduro não foi convidado para posse de Bolsonaro 16-12-2018 » UOL esteve na cidade | Em Abadiânia (GO), ninguém fala sobre o caso João de Deus 16-12-2018 » 50 anos do Ato Institucional | Produto do AI-5, DOI-Codi foi símbolo da repressão e da tortura na ditadura 16-12-2018 » Impacto da crise econômica no país | Número de passageiros em voos cai ao patamar do início da década
Publicidade
4 de dezembro de 2018

Corpo de George H. W. Bush é velado em Washington

Foto Reprodução

O ex-presidente norte-americano George H. W. Bush, morto na última sexta-feira (30), aos 94 anos, está sendo velado desde a noite desta segunda-feira (3) na capela do Capitólio, em Washington, em cerimônia que durará quatro dias.

O caixão com o corpo do ex-chefe de estado foi carregado por militares até ao rotunda da sede do Congresso dos Estados Unidos, coberto com a bandeira norte-americana.

O presidente Donald Trump esteve na cerimônia, acompanhado pela primeira-dama, Melania. Os dois ficaram próximos ao caixão com os olhos fechados por alguns momentos e anunciaram que irão receber a família Bush em sua casa de convidados. “Ansioso para estar com a maravilhosa família Bush na Blair House (casa de convidados da presidência) hoje”, tuitou o magnata republicano. Melania Trump também mostrará a decoração de Natal da Casa Branca aos hóspedes. Trump decretou luto oficial nos Estados Unidos por trinta dias.

O presidente do Congresso norte-americano, Paul Ryan, disse que Bush era um “grande homem” com um “espírito gentil”. A rainha Elizabeth II, do Reino Unido, o classificou como “um patriota, que serviu ao seu país com honra e distinção”.”Foi um grande líder, que fez uma grande diferença na vida desta nação”, disse o vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence.

A atual diretora da Central de Inteligência norte-americana (CIA), Gina Haspel, junto com outros diretores da entidade, compareceu ao funeral para homenagear o único ex-agente de inteligência a tornar-se presidente.

O corpo de Bush já havia sido velado em Houston, no Texas, onde ele morreu, na última sexta-feira (30). Ele foi transportado pelo avião presidencial, o “Força Aérea 1” para Washington, mas retornará à terrra natal, onde será enterrado na próxima quinta-feira (6) na Universidade A&M, do Texas.

Mandatário dos EUA entre 1989 e 1993, o pai do também ex-presidente George W. Bush terá um funeral de Estado na Catedral Nacional de Washington nesta quarta-feira (5). “Bush pai”, como era chamado, liderou a Casa Branca entre 1989 e 1993, em um período marcado pelo fim da Guerra Fria e pela Guerra do Golfo. O republicano também foi vice-presidente durante o governo de Ronald Reagan, diretor da CIA e congressista. (ANSA)


VOLTAR