Cúpula petista descarta diálogo com Temer para deter crise » Rede Acontece
Últimas
21-06-2018 » Operação na Maré | RJ: morre jovem de 14 anos baleado a caminho da escola 21-06-2018 » Julgamento no STF | Quais as chances de Lula ser solto pelo STF na próxima semana? 21-06-2018 » Imigrantes na fronteira | Brasil vai orientar os pais em ações para resgatar filhos separados nos EUA 21-06-2018 » Denunciaram abusos | Testemunhas dizem que foram procuradas pela Lava Jato para falar sobre sítio e Lula 21-06-2018 » Mais equilíbrio | Análise: Globalização acabou com a 'velha' Copa, e isso é ótimo 21-06-2018 » Montanha-Russa | Cid: 'Jogador com coque samurai não costuma ir bem' 21-06-2018 » Página Cinco | Falta um livro sobre o 'vidente' que cravou o 7 a 1 no bolão em 2014 21-06-2018 » Falha de Cobertura | Neymar treina normalmente para se jogar no chão; assista 21-06-2018 » Burger King é criticado por pedir que russas engravidem de atletas na Copa 21-06-2018 » Espanhol diz que Irã foi 'desleal'; técnico rebate e cita lance de Ramos com Salah 21-06-2018 » 'Talvez o Brasil ganhe de nós em 19 de 20 jogos', diz meia da Costa Rica 21-06-2018 » Que brilho! Anel de namorada de CR7 chama atenção durante jogo de Portugal 21-06-2018 » Cabeleireiro de Neymar bloqueia comentários após críticas ao visual na Copa 21-06-2018 » Pesquisa mundial | Comida está na mão de poucos, e agricultor fica pobre, diz estudo 21-06-2018 » Ex-BBB | Como no caso da Fani: que fazer se hackearem seu Instagram? 21-06-2018 » Mudança climática | Geleiras derretendo e tempestades: veja marcas do aquecimento 21-06-2018 » Desrespeito na Rússia | Ministério público vai investigar brasileiros que insultaram russa 21-06-2018 » Mundial ou La Liga? | Campeonato Espanhol domina gols da Copa, e hoje não foi diferente 21-06-2018 » Brasil x Costa Rica | Multicampeão e 'herói', Navas encara Alisson, seu possível sucessor 21-06-2018 » Jogo pelo grupo C | Guerrero é aposta do Peru para fazer valer a espera de 36 anos
Publicidade
supermercado centrel lab laboratorio clinica master centro medico sao gabriel grafica bandeirante intersorft
30 de maio de 2018

Cúpula petista descarta diálogo com Temer para deter crise

Foto Reprodução

Reunido na noite da última segunda-feira (28) em São Paulo, o comando do PT rechaçou qualquer gesto de condescendência para com o presidente Michel Temer, que enfrenta crise na negociação pelo fim da greve dos caminhoneiros. Após avaliação do quadro político, a cúpula petista descartou a possibilidade de qualquer gesto em favor da permanência de Temer no cargo, reafirmando que “não haverá diálogo com golpista”.  Segundo participantes, ainda que quisesse, o partido não teria condições de impedir uma queda de Temer ou nem mesmo evitar um golpe militar. O chamado conselho político do PT decidiu investir contra a manutenção de Pedro Parente à frente da Petrobras, insistindo na tese de que ele é o responsável pela crise que o país atravessa. A ideia é responsabilizar Parente pela desnacionalização da empresa, beneficiando acionistas em detrimento dos brasileiros. Na presença do presidente da CUT (Central Única dos Trabalhadores), os petistas decidiram também apoiar a paralisação dos petroleiros, programada para acontecer a partir desta quarta-feira (30) no período de 72 horas.

Pela previsão original, os petroleiros parariam durante o feriado de Corpus Christi. Mas a greve foi antecipada em decorrência do movimento dos caminhoneiros. Apesar da relutância de participantes da reunião -contrários ao movimento dos petroleiros- a conclusão dos petistas foi de que a paralisação não traria impacto já que há estoque suficiente de combustível por causa da greve dos caminhoneiros. Ainda segundo participantes, o ex-ministro Celso Amorim e o ex-presidente do PT José Genuino eram os mais preocupados ante a possibilidade de um golpe militar. Além de minimizar essa hipótese, petistas reconheceram incapacidade de evitar essa ameaça. Os dirigentes do PT decidiram apressar os preparativos para lançamento da candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no dia 9, em Belo Horizonte. Em resposta ao risco de adiamento ou antecipação das eleições -cenários também analisados- petistas definiram como mote “eleições livres e democráticas”, sem citar datas. Falar em outubro, admite um petista, seria uma demonstração indireta de solidariedade a Temer.


VOLTAR