Deputado pede que PF investigue possível venda de mandato de Jean Wyllys » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 23-08-2019 » Meio ambiente | Bolsonaro convoca gabinete de crise para tratar da Amazônia 23-08-2019 » Desmatamento | Atos pela Amazônia devem ocorrer em pelo menos 40 cidades do Brasil 23-08-2019 » Julgamento foi suspenso | STF forma maioria contra redução de jornada e salário de servidor público 23-08-2019 » Encontro de delegados na BA | Policiais da PF elevam críticas a Bolsonaro e não poupam nem Moro 23-08-2019 » Por Previdência | Um terço do que governo quer remanejar é corte da Educação 23-08-2019 » Plateia no RS ficou indignada | Em Gramado, chefe da Ancine diz que suspensão de edital foi 'convite ao diálogo' 23-08-2019 » Veja como | Seguro do seu carro pode baixar mais de 10% com peça paralela 23-08-2019 » Veja detalhes | Entramos no Taycan, 1º Porsche elétrico: meta é ser um esportivo único 23-08-2019 » Segundo secretaria | SP receberá vacinas, e campanha contra sarampo está mantida 23-08-2019 » Defesa nega | Atriz acusa diretor de filme de Marquezine de assédio: 'Foi horrível' 23-08-2019 » Ilegal e perigoso | Mais de 4 milhões têm 'gatonet'; veja os riscos das caixas de TV pirata 23-08-2019 » Filho do presidente | Flávio usou casa penhorada por dívida em entrevista a TV 23-08-2019 » Santos está na ponta | Quem vai terminar 1º turno do Brasileiro na liderança? Blogueiros opinam 23-08-2019 » 'Essa coisa não é simples' | Relator da reforma da Previdência no Senado adia entrega de parecer 23-08-2019 » Flexibiliza regra trabalhista | Entenda as principais mudanças da MP da Liberdade Econômica 23-08-2019 » Educação | MEC troca chefia de órgão que cuida do Enem pela 4ª vez e nomeia general 23-08-2019 » Laura Carvalho | Abaixo do piso, há a barbárie dita por Drauzio Varella 23-08-2019 » Sakamoto | Bolsonaro queima o filme do Brasil com o mundo 23-08-2019 » Menon | Rodrigo Caio colocou Guerrero no bolso 23-08-2019 » Schneider | Fundeb no fim: quanto vale a educação?
Publicidade
13 de junho de 2019

Deputado pede que PF investigue possível venda de mandato de Jean Wyllys

Foto: Bernardo Caram

Membro da Bancada Evangélica, o deputado José Medeiros (PODE-MT) suspeita que o ex-deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) pode ter vendido seu mandato para o suplente, David Miranda (PSOL-RJ). Medeiros protocolou um ofício para a Procuradoria-Geral da República (PGR) e para a Polícia Federal (PF) reforçando o pedido de investigação. Wyllys deixou o cargo alegando perseguição e ameaças, abrindo caminho para que David assumisse na Câmara dos Deputados. Por isso, José Medeiros pede que os sigilos fiscais de Wyllys e do jornalista Glenn Greenwald sejam quebrados. O jornalista é o companheiro de David, e responsável por vazar ilegalmente conversas entre o ex-juiz Sergio Moro e o procurador Deltan Dallagnol. Editor-chefe do site The Intercept, Glenn Greenwald é próximo de Wylys e não esconde seu desafeto pelo presidente Jair Bolsonaro, que também é alvo de críticas do ex-deputado. O norte-americano já usou o Twitter para afirmar que seria preciso uma “estratégia eficaz para bater Bolsonaro”. Esses diálogos entre integrantes da força-tarefa da Lava Jato foram obtidos de maneira anônima, mas não se descarta ligação do jornalista com hackers responsáveis pela invasão dos celulares das autoridades. “Tem que parar de ser ingênuo. Há um claro objetivo político de desestabilizar tudo, parar a Lava Jato e impedir a reforma da Previdência. Estamos em guerra contra uma quadrilha”, disse José Medeiros ao O Antagonista. Para o deputado, Glenn também pode ter financiado os ataques contra as autoridades, pagando hackers para invadir os celulares dos procuradores e posteriormente alegando que a fonte da matéria é anônima. Para ele, trata-se de uma “invasão cibernética promovida e patrocinada por estrangeiros”.


VOLTAR