Desembargador determina imediato cumprimento de soltura de Lula » Rede Acontece
Últimas
23-09-2018 » Renda mínima ajuda a empreender | Autor holandês defende a utopia do dinheiro de graça para todos 23-09-2018 » Lança livro no Brasil | 'Melhor jeito de se rebelar é ser conservador', diz paladino gay de Trump 23-09-2018 » Os mascates do Rio | Periferia sem crédito mantém vendedor de porta em porta 23-09-2018 » Brasileirão | SP empata com América-MG; veja gols 23-09-2018 » Reta final | Presidenciáveis intensificam campanha perto do 1º turno 23-09-2018 » Associação com PT | Doria ataca Márcio França com imagem do governador obeso 23-09-2018 » "Mesmo comportamento" | Ciro compara parte do PT a "fascistas de direita" 23-09-2018 » Incendiário | Conheça o homem que tentou parar a Renascença 23-09-2018 » Mudança comportamental | Síndrome do Pequeno Poder: veja como lidar com o problema 23-09-2018 » Abalo mental | Discriminação na infância influencia saúde de jovens 23-09-2018 » Saiba como | Latam ajuda cliente saber se mala tem tamanho certo 23-09-2018 » Venda recorde | Carro popular evolui e atende pessoas com deficiência 23-09-2018 » Alexandra Gurgel | 'Homens querem a gorda na cama, mas ninguém pode saber' 23-09-2018 » Ex-ministro de Itamar | Eleição não acabará com crise, diz Ricupero 23-09-2018 » Intervenção federal | Rio tenta gastar melhor R$ 1 bi em material da polícia 23-09-2018 » Educação | Ensino ruim piora desigualdade e violência 23-09-2018 » Resposta a Bolsonaro | Alckmin: "Covardia é desrespeitar mulher, negro, pobre" 22-09-2018 » Viagem de filho | Bolsonaro mobilizou Itamaraty para resolver assunto pessoal em 2011 22-09-2018 » Não é só fast-food | Shoppings de São Paulo ganham restaurantes famosos 22-09-2018 » Espanhol | Real vence Espanyol com VAR e Marcelo e Bale poupados
Publicidade
9 de julho de 2018

Desembargador determina imediato cumprimento de soltura de Lula

Foto: Reprodução

O desembargador plantonista Rogério Favreto determinou, em segundo despacho (veja aqui a primeira decisão), a soltura imediata do ex-presidente Lula (PT). A primeira decisão do desembargador já tinha sido proferida na manhã de hoje (8).

Juiz de primeiro grau, Sergio Moro argumentou que o juiz era incompetente para decidir no caso. O novo despacho de Favreto diz que “qualquer agente federal” deve soltar o ex-presidente, sob pena de desobediência de decisão judicial.

O ex-presidente pode ser solto a qualquer momento.

O desembargador registra ainda “que sem adentrar na funcionalidade interna da Polícia Federal, o cumprimento do Alvará de Soltura não requer maiores dificuldades e deve ser efetivado por qualquer agente federal que estiver na atividade plantonista, não havendo necessidade da presença de Delegado local”.

“Pelo exposto, determino o IMEDIATO cumprimento da medida judicial de soltura do Paciente, sob pena de responsabilização por descumprimento de ordem judicial, nos termos da legislação incidente”, escreveu.

“Comunique-se os Impetrantes, remetendo a presente decisão à Polícia Federal para imediato atendimento da ordem judicial”, concluiu.


VOLTAR