Desemprego aumenta entre os trabalhadores mais qualificados » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 17-01-2020 » Cajati (SP) | Jovem escorrega e morre em cachoeira ao tentar fazer selfie 17-01-2020 » Placar de 3 a 1 | Copinha: São Paulo vence Coritiba e está nas quartas de final 17-01-2020 » Com aval de Ciro e Maia | DEM e PDT firmam alianças e miram reduto do PT no Nordeste 17-01-2020 » Ministra de Bolsonaro | Especialistas: Política de abstinência sexual de Damares é ineficaz 17-01-2020 » 'Acreditei em sonho' | Joice chama Bolsonaro de 'botequeiro de 5ª' e diz estar arrependida 17-01-2020 » Família Bolsonaro | Livro relata sumiços e chantagens emocionais de Carlos com o pai 17-01-2020 » Novo modelo da emissora | Corinthians e São Paulo ganham menos em novo contrato com a Globo; entenda 17-01-2020 » Estudo do Banco Mundial | Caixa eletrônico é caro porque bancos não deixam outras instituições usarem 17-01-2020 » Conselho deve apurar o caso | 'Merece a sarjeta': jovem relata ataques homofóbicos feitos por psicóloga 17-01-2020 » Para poucos | Por R$ 12.999, Galaxy Fold é o 1º celular dobrável à venda no Brasil 17-01-2020 » Previdência | Está esperando o INSS dar a aposentadoria? Veja o que dá para fazer 17-01-2020 » Educação | Notas dos candidatos do Enem 2019 são divulgadas; veja como consultar 17-01-2020 » Secretário da Cultura | Em vídeo, Alvim parafraseia Goebbels e provoca onda de repúdio nas redes 17-01-2020 » Transtornos na capital paulista | Isenção de IPTU e mais: o que pedem os afetados pela chuva em São Paulo 17-01-2020 » Esporte | 'Futebol embranquece o negro', diz Roger Machado, técnico do Bahia 17-01-2020 » Carros | Testamos: Novo Versa vem 'turbinado' para deixar de ser só 'carro de Uber' 17-01-2020 » Tensão no Oriente Médio | Em rara aparição, líder supremo do Irã chama Trump de 'palhaço' 17-01-2020 » Ritmo mais lento | PIB da China sobe 6,1% em 2019 e tem o crescimento mais baixo em 29 anos 17-01-2020 » Conflito de interesses | Auxiliares de Bolsonaro querem que Wajngarten afaste gestor de empresa 17-01-2020 » Ao menos 3 contratações | Cúpula da PGR nomeia amigos para cargos sem concurso no órgão
Publicidade
23 de fevereiro de 2016

Desemprego aumenta entre os trabalhadores mais qualificados

Foto: Guanambi Acontece

Foto: Guanambi Acontece

A rápida deterioração do mercado de trabalho já atinge os trabalhadores mais qualificados. Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego, mostram que em 2015 foram fechados 115 mil postos com carteira assinada para trabalhadores com ensino superior incompleto ou concluído. O levantamento foi publicado ontem pelo jornal O Estado de São Paulo. O número representa uma mudança de tendência. Entre 2004 e 2014, o país criou empregos para os mais escolarizados. No auge, em 2010, quando o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro cresceu 7,6%, houve abertura de 306 mil empregos com carteira assinada para trabalhadores com ensino superior completo ou incompleto. A demanda das empresas foi tão grande que tivemos um apagão de mão de obra qualificada no país.O cenário começou a mudar com a Operação Lava Jato e com a crise econômica. Segundo o jornal, na esteira da retração do PIB, o mercado de trabalho piorou num curto espaço de tempo, diz o professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), João Saboia. “Normalmente, os empregados com mais qualificação são os últimos a perder o emprego porque as empresas seguram ao máximo esses profissionais, temendo dificuldade para recontratá-los no futuro”, falou. Ele afirma que historicamente o mercado de trabalho é o último a reagir numa retomada da economia. (Correio)


VOLTAR