Diplomacia “com sangue e alma” marca aproximação do Brasil com EUA e Israel, explica Araújo » Rede Acontece
Últimas
>>> Ouça a Web Rádio Acontece <<< 05-06-2020 » Procurador-geral | Aras envia parecer ao STF e defende retorno de Ramagem à Abin 05-06-2020 » Ministro da educação | Para aliados de presidente, se Abraham Weintraub cair, Bolsonaro minimiza crise com STF e Congresso 05-06-2020 » Indígenas na pandemia | 'Me decepcionei com Bolsonaro', diz indígena que integrou comitiva na ONU 05-06-2020 » Comprova | Fala de médicos sobre vírus perder força não tem apoio de órgãos de saúde 05-06-2020 » Estados Unidos | Memória de George Floyd marca 10º dia de protestos 05-06-2020 » Preso em Brasília | Depressão de Marcola se agravou, diz família; condição preocupa autoridades 05-06-2020 » Suspeito é detido pela polícia | Ataque a faca em supermercado na China deixa 3 mortos e 7 feridos 05-06-2020 » 'Me destroem' | Fabio Assunção sobre vício: Há quem torça para que eu ceda 05-06-2020 » Ela é camgirl | Ex-BBB Clara: Tem cliente que paga só para me ver dormindo 05-06-2020 » Após descobrir sexo | De Férias: ex de Flávia tira satisfação com Novinho 05-06-2020 » TV Paga | CNN define substituto de Gottino e faz dança das cadeiras 05-06-2020 » Sonho virou pesadelo | Na Bélgica, homem recebe pizza há dez anos sem pedir 05-06-2020 » Durante pandemia | Roberto Carlos vende iate Lady Laura 4 por R$ 25 milhões 05-06-2020 » Em sinal a Trump | Putin detalha política para uso de armas nucleares 05-06-2020 » No UOL | João Gabbardo, chefe do centro de combate à covid de SP, fala às 15h 05-06-2020 » Combate ao coronavírus | Potencial vacina brasileira contra covid-19 começa a ser testada em animais 05-06-2020 » Presidente do TSE | Eleitor deve usar álcool gel após votar e não antes, diz ministro Barroso 05-06-2020 » Pandemia pelo Brasil | Brasil se torna terceiro país com mais mortes registradas por coronavírus 05-06-2020 » Fernando Holiday | A direita que não vê racismo 05-06-2020 » Reinaldo Azevedo | Diante de recorde de mortes, general se acovarda
Publicidade
10 de abril de 2019

Diplomacia “com sangue e alma” marca aproximação do Brasil com EUA e Israel, explica Araújo

Foto Reprodução

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, deu uma palestra no Conselho Argentino para as Relações Internacionais (Cari), nesta quarta-feira (10), em Buenos Aires. Ao falar sobre a prioridade estabelecida pelo governo Jair Bolsonaro com países com Estados Unidos e Israel faz parte do desejo do governo e “reconectar com o Ocidente democrático”, algo que foi deixado de lado nas últimas décadas. “A diplomacia sem sangue e sem alma não funcionou como parte de um projeto de país… o que tivemos foi um país que perdeu batalhas, a corrida tecnológica. Mas agora temos uma política determinada pelo presidente Bolsonaro que nos leva aos principais centros tecnológicos (do mundo) como EUA e Israel . Trata-se de recuperar o tempo perdido”, assegurou. Diante de um grupo de intelectuais, ex-embaixadores e acadêmicos argentinos, o chanceler deixou claro: “O que estamos tentando fazer (no Brasil) é desbloquear energias e ideias”. Também destacou algumas mudanças no tom adotado pelo governo brasileiro nos encontros com lideranças mundiais. Araújo mencionou, por exemplo, que Bolsonaro “deve ser o primeiro presidente que mencionou a palavra Deus” em Davos, na reunião do Fórum Econômico Mundial, em fevereiro deste ano.


VOLTAR