Donald Trump e Kim Jong-um fazem encontro histórico em Singapura » Rede Acontece
Últimas
21-08-2018 » Brasileirão | Vasco sai na frente, mas Ceará marca e empata partida: 1 a 1; veja gols 21-08-2018 » Segundo Sol | Crítica: Remy toca o terror e destaca talento de Brichta em novela 21-08-2018 » Mais Eleições 2018 | Minha tentação é fechar agências reguladoras, afirma Ciro Gomes 21-08-2018 » Deputado é filho do presidenciável | Eduardo Bolsonaro aumenta seu patrimônio em 432% em 4 anos 21-08-2018 » O que pode influenciar no voto | CNT/MDA: Eleitor quer candidato a favor de menos imposto e contra arma 21-08-2018 » Suposta poupança de US$ 108 mi | Projeto Comprova: Não há evidências de fortuna de Lula em Luxemburgo 21-08-2018 » Durante evento no Clube Militar | Magistrado que manteve Lula preso trata vice de Bolsonaro como amigo 21-08-2018 » Papo sério ou maluquice? | Ciência ainda se divide sobre transferir a mente humana para computador 21-08-2018 » Até rivais suspeitaram | Como Ferrari usou tecnologia de ruas para ter melhor motor da F-1 21-08-2018 » Eleições 2018 | Ibope: Sem Lula, Bolsonaro tem 20%; Marina, 12%; Ciro, 9%; e Alckmin, 7% 21-08-2018 » Da família real | Catar põe à venda luxuoso Boeing 747-8 por R$ 2,5 bi 21-08-2018 » Hospedagem | Esses lugares para dormir em viagens não são dos mais usuais 21-08-2018 » Defendem interesses específicos | 70% da bancada do lobby na Câmara vão tentar se reeleger 20-08-2018 » TAB #170 - Aprovado pelo Queen | Brasileiro é cover oficial de Freddie Mercury e faz turnê mundial 20-08-2018 » Ao lado de Carlinhos | Após Pânico, Bola até depila homens em novo reality 20-08-2018 » TV cita 'renovação' | Domingão do Faustão tem cinco bailarinas demitidas 20-08-2018 » Após oito anos | Narrador do SporTV é dispensado: 'Fui pego de surpresa' 20-08-2018 » Nina Lemos | Quarentões: jovens não transam tanto quanto se imagina 20-08-2018 » Disputas estaduais | Doria e Skaf têm empate técnico em SP, diz Ibope 20-08-2018 » Crise no Norte do Brasil | Presidenciáveis defendem 'solução rápida' em RR
Publicidade
clinica master lab laboratorio centro medico sao gabriel intersorft
12 de junho de 2018

Donald Trump e Kim Jong-um fazem encontro histórico em Singapura

Foto: Reprodução

O presidente americano, Donald Trump, e o ditador norte-coreano, Kim Jong-un apertaram as mãos em Singapura na manhã desta terça-feira (12; noite de segunda em Brasília), dando início a um encontro histórico e até há pouco inimaginável após décadas de tensões provocadas pelas ambições nucleares de Pyongyang.

É a primeira vez que um presidente dos EUA em exercício da função se encontra com um líder da Coreia do Norte.

Minutos após se encontrarem no hotel Capella, na ilha de Sentosa, os dois posaram para fotos e se dirigiram a um salão com seus tradutores. Em breve dec laração à imprensa, Trump afirmou que esperava que a cúpula fosse “um sucesso” e desse início a “uma excelente relação”, ao que Kim assentiu com um sorriso.

Após os cumprimentos, os dois devem permanecer juntos por 45 minutos, até as 23h (horário de Brasília). Em seguida, a reunião passará a ser acompanhada por assessores dos dois lados, e os líderes participarão de um almoço.

A expectativa é que os dois concedam uma entrevista coletiva às 4h desta terça (hora de Brasília).

Apesar da aproximação diplomática dos últimos meses, persistem muitas dúvidas sobre a cúpula entre os dois dirigentes.

Trump, que tem pouco mais de 500 dias na Casa Branca, vive um dos momentos mais importantes de sua Presidência no cenário internacional, onde tem desagradado muitos líderes, inclusive alguns dos aliados dos Estados Unidos.

Em uma série de tuítes postados horas antes do evento em Singapura, Trump indicou que os preparativos do encontro “iam bem”.

“Em breve todos saberemos se pode haver ou não um acordo real, diferentemente dos do passado”, tuitou, antes de atacar em outra mensagem os “haters e perdedores” que consideram uma concessão arriscada a Kim, com quem o presidente americano trocou ameaças e insultos durante meses.

O encontro em Singapura deve ser apenas o início de negociações que podem durar meses e até ano para serem finalizadas. Isso se elas forem bem-sucedidas.

Antes do encontro, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, afirmou que o encontro entre Trump e Kim iria estabelecer os parâmetros para o trabalho duro que vai acontecer na sequência.

“Vamos ver até onde conseguimos ir”, disse Pompeo.

Pouco antes do encontro, Trump afirmou que o principal assessor econômico da Casa Branca, Larry Larry Kudlow, havia sofrido um ataque cardíaco e estava internado em hospital nos EUA.


VOLTAR