Eleição pode livrar Lúcio da cassação, admite presidente do Conselho de Ética » Rede Acontece
Últimas
22-07-2018 » Uma mulher morreu | Polícia prende atirador que fez reféns em supermercado nos EUA 22-07-2018 » Cidade da Flórida queria proibir | Pais pintam casa como Van Gogh para filho autista não se perder 22-07-2018 » Notícia durante clássico com SP | Pyramids (EGI) leva Rodriguinho,que fala em voltar ao Corinthians um dia 22-07-2018 » Choque no clássico Fla x Bota | Jefferson sofre trauma no tórax, quebra 2 dentes e vai a hospital 22-07-2018 » Ninguém foi ferido com ataque | Torcida do SP quebra vidro de ônibus do Corinthians no Morumbi 22-07-2018 » Crítica a ele na Copa foi injusta? | "Pegaram no pé de quem sofre a falta, e não de quem faz", diz Neymar 22-07-2018 » Eleições 2018 | PSOL lança Guilherme Boulos como candidato a presidente 22-07-2018 » Brasileirão | São Paulo faz 3 no Corinthians com "olé" e falha de Cássio; assista aos gols 22-07-2018 » Mais futebol | Fla bate Bota e garante liderança; veja gols 22-07-2018 » Concurso 2.061 | Mega-sena acumula e vai a R$ 72 mi; confira dezenas 22-07-2018 » Atriz é ativista | Supergirl faz história com 1ª heroína trans da TV 22-07-2018 » YouTuber ostentação | Whindersson posa ao lado de jatinho particular e filosofa 22-07-2018 » Dirigiu "G. da Galáxia" | James Gunn fez vídeo "quase pornô" com Sasha Grey 22-07-2018 » Foi se exibir | Homem faz gracinha e estraga Lamborghini 21-07-2018 » "Meta é a F-1" | Aos 17 anos, neto de Fittipaldi já honra nome da família na Ferrari 21-07-2018 » Trufas, champanhe e ouro | Conheça o sundae de R$ 5.800 vendido em hotel de Nova York 21-07-2018 » Opinião | Stycer: Virada de Rosa em Segundo Sol foi ponto alto da novela 21-07-2018 » 1 morte a cada 6 seg no mundo | Só 1 em cada 4 brasileiros acha o diabetes problema grave 21-07-2018 » Culpou assessores | Após crise com centrão, Alckmin diz avaliar imposto sindical
Publicidade
centro medico sao gabriel grafica bandeirante lab laboratorio intersorft supermercado centrel clinica master
7 de julho de 2018

Eleição pode livrar Lúcio da cassação, admite presidente do Conselho de Ética

Foto Rede Acontece

O presidente do Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, Elmar Nascimento (DEM-BA), admitiu ao GLOBO que os processos de cassação contra os deputados Lúcio Vieira Lima (MDB-BA) e Nelson Meurer (PP-PR) poderão não ser concluídos até o fim do ano em função da campanha eleitoral. Por falta de quórum para realizar as reuniões, o conselho deve livrar os parlamentares da possível perda de mandato e da consequente inelegibilidade. Caso nenhuma decisão seja tomada pelo colegiado até o fim de dezembro, quando acaba a atual legislatura, os processos abertos contra os parlamentares serão arquivados. “O problema é o quórum nesse período. Vai depender muito da pauta que o presidente da casa vai colocar. Se não tiver nada no Plenário, vai ser muito difícil reunir a comissão e conseguir quórum. Então isso pode comprometer um pouco”, afirmou o deputado democrata. Lúcio Vieira Lima é processado por quebra de decoro parlamentar porque é acusado de reter parte dos salários de seu ex-assessor Job Ribeiro Brandão e de lavar dinheiro mediante ocultação no caso dos R$ 51 milhões encontrados pela Polícia Federal em um apartamento atribuído a seu irmão, o ex-ministro Geddel Vieira Lima, em Salvador. Já Nelson Meurer responde por quebra de decoro parlamentar por ter sido o primeiro político com foro privilegiado condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no âmbito da Lava-Jato. Ele foi condenado pela Corte a 13 anos, nove meses e dez dias de prisão, em regime inicialmente fechado, pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A representação contra Lúcio, apresentada pelo PSOL e pela Rede Sustentabilidade, tramita desde fevereiro. Porém, as oitivas de testemunhas de defesa e acusação arroladas no caso ainda não começaram. O plano de trabalho do deputado Hiran Gonçalves (PP-RR), relator da representação contra o emedebista baiano, indica que 24 testemunhas devem falar no processo. O colegiado costuma ouvir três testemunhas por reunião, o que deve atrasar ainda mais o processo. “Quem tem receio disso (de ser condenado) faz outro tipo de defesa, que é procrastinar ao máximo o processo. O que é legítimo. Não posso impedir que eles façam isso (apresentem testemunhas)”, disse Elmar. Entre os convocados para falar no processo contra o emedebista baiano estão seus irmãos, Geddel e Afrísio Vieira Lima, o ex-executivo da Odebrecht Cláudio Melo Filho, o doleiro Lúcio Funaro e Job Ribeiro Brandão.


VOLTAR