Eleições 2018: idosos dão show de cidadania e fazem questão de votar em Brumado » Rede Acontece
Últimas
19-10-2018 » 2º turno em SP | Por apoio a França, prefeitos saem do PSDB em São Paulo 19-10-2018 » Denúncias de eleitores | Vídeos com urna que autocompleta voto a presidente são falsos 19-10-2018 » Denúncia na campanha presidencial | Disparo de mensagens contra o PT no WhatsApp constrange o TSE 19-10-2018 » Mais eleições nas redes | Candidatos declaram gasto de R$ 3 milhões com WhatsApp 19-10-2018 » Pesquisa Datafolha | Eleitores de esquerda ampliam vantagem de Bolsonaro 19-10-2018 » Em boate de Barcelona | Após dispensar Bruna, Neymar Jr. é flagrado com ex-namorada 19-10-2018 » 'Quase híbrido' | Mercedes Classe C ficará mais caro por pegadinha do IPI 19-10-2018 » Jogadora de vôlei | 'Só está rolando reclamação porque eu sou boa', diz Tifanny 19-10-2018 » Veja quem oferece | Chave inteligente cobra até R$ 6 mil para abrir, ligar e estacionar carro 19-10-2018 » Nega briga política | Marquezine confirma fim de namoro com Neymar: "Decisão dele" 19-10-2018 » Destruiu placa de Marielle | Mais votado para Alerj quer PSL na Comissão de Direitos Humanos 19-10-2018 » Brasileirão | Corinthians liga alerta sobre rebaixamento, mas risco é tão alto? 19-10-2018 » França e Doria disputam governo | 'Crau', Bolsonaro 'coitado' e bronca do mediador: as frases do debate em SP 19-10-2018 » Previsão de chegada é 2025 | Europa e Japão lançam sua 1ª missão com a meta de explorar Mercúrio 19-10-2018 » R$ 6,7 milhões | BNDES libera verba para fazer rede de recarga de carros elétricos no país
Publicidade
7 de outubro de 2018

Eleições 2018: idosos dão show de cidadania e fazem questão de votar em Brumado

Foto Rede Acontece

Os idosos chamaram a atenção nessas eleições de 2018 na capital do minério. Segundo apurou o site Rede Acontece, os idosos fizeram questão de exercer seu papel na sociedade e não abriram mão de votar mesmo não sendo obrigados pela lei. O seu Arthur Pereira, que, aos 101 anos de idade, lúcido e cheio de disposição, compareceu ao local de votação acompanhado da esposa, dona Lindaura, e da filha, a professora Artulita. “Enquanto eu tiver vida e saúde quero sim dar o meu voto. Quero continuar apostando que aparecerá alguém para mudar o rumo desse nosso país e nos colocar nos trilhos certos da democracia. Por isso nunca vendi o meu voto, pois o voto é a ferramenta mais poderosa que temos para, de alguma forma, tentarmos direcionar os interesses do bem comum da nossa sociedade”, declarou o idoso.

Foto Rede Acontece

Já o casal de músicos, senhor Lucílio Meira, 77 anos, e Dona Joselita, a professora Zezé, 74 anos, foram juntos ao local de votação. “Queremos ter o prazer de ajudar a tirar o Brasil da situação em que se encontra. Nosso voto é consciente, pois acompanhamos de perto todas as propostas ao governo do estado e à presidência. Não encontramos o candidato que possamos chamar de bom, mas encontramos um a quem demos uma nota média, acreditando que pior do que está não pode ficar”, frisaram.


VOLTAR