Empregador de doméstico tem até hoje para pagar encargos sem multa » Rede Acontece
Últimas
20-01-2019 » Campeonato Paulista | Na Arena, Corinthians marca no último lance e empata com São Caetano 20-01-2019 » Funcionários fantasmas | Assembleias Legislativas de 16 estados são alvo de investigações 20-01-2019 » Campeonato Carioca | Fla sai atrás após falha de R. Caio, mas vira e bate Bangu por 2 a 1 20-01-2019 » Movimentações atípicas | Caso de Flávio Bolsonaro "não tem nada" a ver com governo, diz Mourão 20-01-2019 » Músico morreu aos 53 | Corpo de Marcelo Yuka é enterrado em cemitério no Rio 20-01-2019 » "Podem ser diferentes" | 1º encontro com aliens será chocante, aposta astrofísico de Harvard 20-01-2019 » istambul basaksehir | Com Robinho, time de 'velhinhos' provoca revolução na Turquia 20-01-2019 » Campeonato Gaúcho | Fora de casa, Grêmio goleia Novo Hamburgo por 4 a 0 em sua estreia 20-01-2019 » Campeonato Mineiro | Ricardo Oliveira brilha, marca 3, e Atlético-MG goleia Boa Esporte por 5 a 0 20-01-2019 » Presidente flexibilizou posse | "Estado não está obrigando ninguém a adquirir armas de fogo", diz delegada 20-01-2019 » Carolina Ligabue conhece elite do país | Ela tuitou traições e bastidores de ricos e famosos e viralizou 20-01-2019 » Nutricionista falou no VivaBem Talks | Luta contra efeito sanfona na dieta? Confira essas 5 dicas de Veronica Laino 20-01-2019 » Queloides inflamadas no corpo | "Levei 16 anos para achar solução para as cicatrizes que me abalavam muito" 20-01-2019 » 'Temos uma cota pessoal' | Deputados do PSL montam estratégia contra parlamentares do PT e PSOL 20-01-2019 » Delação premiada | Palocci diz que Lula pediu R$ 30 mi para Delfim e Bumlai em obra de Belo Monte
Publicidade
5 de fevereiro de 2016

Empregador de doméstico tem até hoje para pagar encargos sem multa

Foto: Urandi Acontece

Foto: Rede Acontece

Patrão tem até esta sexta-feira (5) para pagar os encargos referentes ao salário de janeiro. A multa é de 0,33% ao dia, caso ocorra atraso. Quem contratou um empregado em janeiro deste ano, só poderá emitir a guia depois de efetuar o cadastramento no eSocial. FGTS, IR, INSS e seguro contra acidentes de trabalho são unificados pelo sistema. Após o salário-mínimo brasileiro ser reajustado para R$ 880, a Receita solicita aos usuários que registrem o reajuste para empregados que ganhavam menos de que esse valor até dezembro, antes de gerir a guia. Para alterar clique no menu “gestão de trabalhadores”, em “dados contratuais”, no item “alterar dados contratuais”. Defina como 1º de janeiro de 2016 a “data de início de vigência da alteração”, digite o valor do novo salário e salvar a mudança. Depois de fazer isto, reabra a folha de janeiro de 2016 para encerrar e gerar a DAE. Segundo a Folha de S. Paulo, como existem Estados que ainda não definiram o novo mínimo (como é o caso de São Paulo), o empregador deve seguir usando o valor de 2015. Os pisos estaduais já eram maiores que R$ 880,00. Para quem fecha a folha de pagamento até 20 de janeiro, o órgão pede que façam um novo encerramento, devido à atualização do sistema no dia 21 de novos valores para salário-família e cálculo da contribuição ao INSS.


Tags:
VOLTAR