Encontrado em caixão de santo, livro mais antigo da Europa será exibido » Rede Acontece
Últimas
19-10-2018 » 2º turno em SP | Por apoio a França, prefeitos saem do PSDB em São Paulo 19-10-2018 » Denúncias de eleitores | Vídeos com urna que autocompleta voto a presidente são falsos 19-10-2018 » Denúncia na campanha presidencial | Disparo de mensagens contra o PT no WhatsApp constrange o TSE 19-10-2018 » Mais eleições nas redes | Candidatos declaram gasto de R$ 3 milhões com WhatsApp 19-10-2018 » Pesquisa Datafolha | Eleitores de esquerda ampliam vantagem de Bolsonaro 19-10-2018 » Em boate de Barcelona | Após dispensar Bruna, Neymar Jr. é flagrado com ex-namorada 19-10-2018 » 'Quase híbrido' | Mercedes Classe C ficará mais caro por pegadinha do IPI 19-10-2018 » Jogadora de vôlei | 'Só está rolando reclamação porque eu sou boa', diz Tifanny 19-10-2018 » Veja quem oferece | Chave inteligente cobra até R$ 6 mil para abrir, ligar e estacionar carro 19-10-2018 » Nega briga política | Marquezine confirma fim de namoro com Neymar: "Decisão dele" 19-10-2018 » Destruiu placa de Marielle | Mais votado para Alerj quer PSL na Comissão de Direitos Humanos 19-10-2018 » Brasileirão | Corinthians liga alerta sobre rebaixamento, mas risco é tão alto? 19-10-2018 » França e Doria disputam governo | 'Crau', Bolsonaro 'coitado' e bronca do mediador: as frases do debate em SP 19-10-2018 » Previsão de chegada é 2025 | Europa e Japão lançam sua 1ª missão com a meta de explorar Mercúrio 19-10-2018 » R$ 6,7 milhões | BNDES libera verba para fazer rede de recarga de carros elétricos no país
Publicidade
3 de outubro de 2018

Encontrado em caixão de santo, livro mais antigo da Europa será exibido

Foto Reprodução

Um importante santo medieval do Nordeste da Inglaterra, São Cuteberto morreu em 687. Ele viraria uma espécie de lenda algum tempo mais tarde, porque seu corpo foi encontrado intacto mais de dez anos depois de morto no lugar que é hoje a borda da Inglaterra com a Escócia.

Diante deste “milagre”, oferendas foram feitas e um exemplar do Evangelho de São Cuteberto foi colocado em seu caixão, no ano de 698.

O pequeno livro vermelho, considerado o livro intacto mais antigo da Europa, foi encontrado em sua tumba no ano de 1104, durante a transferência de seus restos mortais para a Catedral de Durham, no Reino Unido.

O livro de 1300 anos mantém suas páginas e encadernação originais. Foi adquirido pela Biblioteca Britânica em 2012, e estará exposto ao público em uma mostra nesta instituição a partir de 19 de outubro.

Graças ao seu ótimo estado de conservação, o Evangelho é um importante exemplar da chamada arte insular, que foi criada nas Ilhas Britânicas e na Irlanda entre os anos 600 e 900, após o Império Romano.


VOLTAR