Entre deputados, 42% são pró e 31% contra o impeachment » Rede Acontece
Últimas
17-06-2018 » Coração meio a meio | Famílias se dividem entre Brasil e Suíça em cidade do jogo de estreia 17-06-2018 » Mascote bravo? Nada! Paz e amor | Canarinho Pistola tira foto com torcedor da Suíça antes do jogo do Brasil 17-06-2018 » Sorte? Talvez! | Sem ingresso, argentino viaja 23 dias para a Copa e ganha camisa de Messi 17-06-2018 » Busto de CR7 é trocado mais uma vez em aeroporto. E ninguém sabe o motivo 17-06-2018 » Goleiro belga compara técnico da Costa Rica com Wagner Moura em Narcos 17-06-2018 » Parlamentar canadense descobre que é parente de 22 jogadores da seleção islandesa 17-06-2018 » Fernanda Gentil faz discurso motivacional antes de jogo do Brasil e viraliza na web 17-06-2018 » Só craques? Não! | Sete jogadores da Copa que atuam em times de 2ª divisão 17-06-2018 » Qatar-2022 | Assista à próxima Copa ao vivo guardando menos de R$ 230/mês 17-06-2018 » Pode vir, espião | Técnico da Coreia troca número de jogadores para confundir Suécia 17-06-2018 » Livro discute questão | Alex? Dener? Qual o maior craque que nunca jogou Copa? 17-06-2018 » Atropelamento em Moscou | Motorista que feriu pedestres diz que passou 20 horas dirigindo 17-06-2018 » Grupo do Brasil | Sérvia supera Costa Rica do goleiro Navas com gol de falta 17-06-2018 » "Nem precisa voltar" | Maradona ataca Sampaoli e sai em defesa de Messi 17-06-2018 » Acompanhe agora os lances de Alemanha x México 17-06-2018 » Hoje às 15h | Brasil estreia em estádio de R$ 1 bi cercado por barracos, ratos e ruínas 17-06-2018 » Mensagem à torcida | "Não tenho medo nenhum de sonhar grande", afirma Neymar 17-06-2018 » "Estamos focados" | Brasil não deve ter facilidades, afirma goleiro da Suíça 17-06-2018 » Chegou a hora | Tite teve autonomia e estrutura inédita para formar seleção 17-06-2018 » Mujique | Uma palavra russa que está no dicionário brasileiro e não é vodca
Publicidade
centro medico sao gabriel intersorft grafica bandeirante clinica master supermercado centrel lab laboratorio
21 de dezembro de 2015

Entre deputados, 42% são pró e 31% contra o impeachment

Foto: Guanambi Acontece

Foto: Guanambi Acontece

Há mais parlamentares decididos a votar a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff do que os que anunciam ser contrários ao afastamento dela, de acordo com pesquisa Datafolha feita com deputados federais. Nenhum dos dois lados, no entanto, já tem os votos suficientes para sair vencedor. Segundo o levantamento, a decisão está na mão de uma parcela de 27% dos deputados, o equivalente a 138 parlamentares, que ainda não se definiram ou não responderam à pesquisa. No estudo, realizado entre os dias 7 e 18 de dezembro, 42% dos deputados afirmaram que são favoráveis ao afastamento, o equivalente a 215 votos. Para o impeachment passar na Câmara, são necessários, ao menos, 342 votos, ou dois terços do total. Faltam, portanto, 127 votos.Do outro lado da disputa, 31% dos parlamentares afirmaram que votariam contra a aprovação do impeachment da presidente. Projetando-se esse percentual ao total de votantes, seriam 159 votos garantidos pró-Dilma. Faltam 12 apoios confirmados para que a presidente atinja a marca de 171 votos, suficiente para sobreviver no cargo. Se aprovado na Câmara, o impeachment vai ao Senado, onde maioria simples é necessária para que vire um processo. Nesse momento, a presidente seria afastada. Dilma ainda não tem a garantia do mínimo necessário por problemas em sua própria base. A pesquisa mostra que 26% dos deputados dos partidos formalmente governistas pretendem votar pelo impeachment. No PMDB, a taxa sobe para 33%.


VOLTAR