Espanha desarticula rede sexual liderada por brasileiro » Rede Acontece
Últimas
24-03-2019 » Começou com ex-pastor evangélico | Islã ganha seguidores e muda cara de cidade no interior nordestino 24-03-2019 » Profissionais não deixaram o Brasil | Cubanos que ficaram após fim do Mais Médicos relatam dificuldades 24-03-2019 » Para alunos de medicina e odontologia | Alckmin ressurge como professor Geraldo em 'aulas-discurso' em SP 24-03-2019 » Reforma da Previdência | Partidos saem em defesa de Maia após crise com governo 24-03-2019 » Aos 82 anos | Morre no Rio de Janeiro o ator e diretor Domingos de Oliveira 24-03-2019 » Presidente do STF | Toffoli: 'Solução' para o país virá pelo diálogo, não pelo Judiciário ou militares 24-03-2019 » Campeonato Paulista | Federação revela ângulo usado no VAR e vê 'gol legal'; Palmeiras rebate 24-03-2019 » Brasil 1 x 1 Panamá | Tite se preocupa com criatividade, mas não vê Brasil abaixo do esperado 24-03-2019 » Cruzeiro no mar da Noruega | Vídeos mostram tensão de passageiros à espera de resgate em navio à deriva 24-03-2019 » Na Infraestrutura | Ministro Tarcísio de Freitas vira 'queridinho' de Bolsonaro 24-03-2019 » Assista aos gols | Bangu vira nos acréscimos e vence Vasco em São Januário 24-03-2019 » IR 2019 | Pague menos imposto com deduções de dependente e saúde 24-03-2019 » Ajuda de apps | Quer gravar as ligações que faz no celular? Saiba como fazer 24-03-2019 » Reclamação | Colecionadores: Placa Mercosul não tem o 'charme da placa preta' 24-03-2019 » Quartas do Paulistão | Santos tem gol anulado pelo VAR, mas vence Red Bull e abre vantagem 24-03-2019 » Prisão do ex-presidente | Anônimo tentou depositar R$ 20 mi em dinheiro para empresa de amigo de Temer
Publicidade
INTERSORFT 100 MEGA
corretora de seguros
1 de novembro de 2018

Espanha desarticula rede sexual liderada por brasileiro

Foto Reprodução

A polícia espanhola comunicou nesta quarta-feira (31) que desarticulou uma rede de tráfico sexual comandada por um brasileiro que obrigava jovens transexuais a se prostituírem no exterior.

Segundo nota da polícia, a operação prendeu 13 supostos membros do grupo, apreendeu objetos usados para a prática de magia negra e santeria, usados para coagir as vítimas, além de ter resgatado 15 transexuais.

A investigação começou em fevereiro deste ano, a partir da denúncia de um desses jovens, que recebiam muitas vezes ameaças e eram agredidos fisicamente.

O líder brasileiro do grupo criminoso agia da Espanha e, com a ajuda de colaboradores, capturava no Brasil jovens em situação econômica precária, que eram levados ao país sob falsos pretextos de oportunidade de trabalho.

O compatriota arcava com os custos do translado, e assim a vítima já adquiria uma elevada dívida com ele. O jovem, então, era obrigado a se prostituir, consumir e vender drogas, sendo muitas vezes preso no quarto e impedido de sair, para que saldasse seu débito.

As ações aconteciam principalmente em um apartamento pertencente ao brasileiro, localizado no centro de Múrcia, na Espanha. A investigação ainda revelou uma conexão com outros prostíbulos da cidade e de regiões próximas, nos quais os donos trocavam entre eles as vítimas de exploração sexual.

Os 13 presos têm entre 19 e 60 anos e são de nacionalidade brasileira, colombiana, peruana, romena e espanhola.


VOLTAR