'Eu tive que manter o equilíbrio da chapa', diz Rui ao justificar a exclusão de Lídice » Rede Acontece
Últimas
23-09-2018 » Renda mínima ajuda a empreender | Autor holandês defende a utopia do dinheiro de graça para todos 23-09-2018 » Lança livro no Brasil | 'Melhor jeito de se rebelar é ser conservador', diz paladino gay de Trump 23-09-2018 » Os mascates do Rio | Periferia sem crédito mantém vendedor de porta em porta 23-09-2018 » Brasileirão | SP empata com América-MG; veja gols 23-09-2018 » Reta final | Presidenciáveis intensificam campanha perto do 1º turno 23-09-2018 » Associação com PT | Doria ataca Márcio França com imagem do governador obeso 23-09-2018 » "Mesmo comportamento" | Ciro compara parte do PT a "fascistas de direita" 23-09-2018 » Incendiário | Conheça o homem que tentou parar a Renascença 23-09-2018 » Mudança comportamental | Síndrome do Pequeno Poder: veja como lidar com o problema 23-09-2018 » Abalo mental | Discriminação na infância influencia saúde de jovens 23-09-2018 » Saiba como | Latam ajuda cliente saber se mala tem tamanho certo 23-09-2018 » Venda recorde | Carro popular evolui e atende pessoas com deficiência 23-09-2018 » Alexandra Gurgel | 'Homens querem a gorda na cama, mas ninguém pode saber' 23-09-2018 » Ex-ministro de Itamar | Eleição não acabará com crise, diz Ricupero 23-09-2018 » Intervenção federal | Rio tenta gastar melhor R$ 1 bi em material da polícia 23-09-2018 » Educação | Ensino ruim piora desigualdade e violência 23-09-2018 » Resposta a Bolsonaro | Alckmin: "Covardia é desrespeitar mulher, negro, pobre" 22-09-2018 » Viagem de filho | Bolsonaro mobilizou Itamaraty para resolver assunto pessoal em 2011 22-09-2018 » Não é só fast-food | Shoppings de São Paulo ganham restaurantes famosos 22-09-2018 » Espanhol | Real vence Espanyol com VAR e Marcelo e Bale poupados
Publicidade
27 de junho de 2018

‘Eu tive que manter o equilíbrio da chapa’, diz Rui ao justificar a exclusão de Lídice

Foto Rede Acontece

O governador Rui Costa (PT) justificou, na manhã da última terça-feira (26), a formação principal da sua chapa para concorrer à reeleição em outubro deste ano. Durante entrevista coletiva no Hospital Roberto Santos, em Salvador, o petista afirmou que buscou o equilíbrio entre nomes de esquerda e de centro ao montar o grupo majoritário.

Com o petista na cabeça da chapa, a vice continuou com o João Leão, do PP. Ou seja, esquerda e centro. Para o Senado, a lógica, explica Rui, foi a mesma: Angelo Coronel (PSD) representa o centro e Jaques Wagner (PT) representa a esquerda.

Ao lançar a explicação, o governador quis convencer o PSB, que teve a senadora Lídice da Mata ‘excluída’ da chapa. A socialista pleiteava a vaga para buscar sua reeleição ao Senado.

No entanto, segundo Rui, para atender ao pleito do PSB, teria que desbancar Wagner, já quem ambos têm o mesmo perfil de esquerda. “Se a esquerda gostaria de discutir um nome, é na vaga do ex-governador [Jaques Wagner], porque esse nome é de esquerda. Assim como eu sou de esquerda, Leão é de centro. Então, o governador é vermelho e o vice é azul”, disse.

“Eu tive que manter o equilíbrio da chapa para manter a unidade. Isso tem uma força simbólica grande do ponto de vista da identidade política das pessoas. Todas as lideranças políticas da Bahia se identificam ou com um perfil mais do azul ou com perfil mais do vermelho. Elas precisam se ver mais na chapa”, apontou o governador.


VOLTAR